Na base da superação – ANÁLISE TÁTICA VASCO 2 x 1 INTERNACIONAL

Por Ricardo Leite e Luiz Juno O título é um claro trocadilho, pois mais uma vez, os jogadores provenientes da base vascaína se fizeram decisivos para uma vitória mais do que importante. Apenas 3 pontos em 21 disputados era a realidade do Vasco da Gama, último colocado do Campeonato Brasileiro. Como se os problemas de resultados não bastassem, a equipe contava com problemas de saídas … Continuar lendo Na base da superação – ANÁLISE TÁTICA VASCO 2 x 1 INTERNACIONAL

Anúncios

Vitória na Categoria- ANÁLISE TÁTICA BOTAFOGO 1 x 0 VASCO

Por Guilherme Monteiro e Ricardo Leite A manhã de domingo do carioca foi aberta pelo Clássico da Amizade, como é conhecido o confronto entre Botafogo x Vasco. Em momentos distintos e com treinadores recém assumidos, se enfrentaram no Nilton Santos. O Vasco como lanterna no campeonato e precisando urgentemente pontuar antes da Copa América. E um Botafogo buscando solidificar o seu novo modelo de jogo e … Continuar lendo Vitória na Categoria- ANÁLISE TÁTICA BOTAFOGO 1 x 0 VASCO

Correria, ineficiência e equivalência – ANÁLISE FORTALEZA 1 X 1 VASCO

Por Gêra Lobo e Ricardo Leite Pode-se dizer, sem sombra de dúvidas, que, depois da estreia desastrosa contra o Palmeiras, a partida deste domingo (26) contra o Vasco foi a partida mais irregular e abaixo da média do Fortaleza no Brasileirão. A sequência pesada de jogos pode estar sendo um fator, mas o time de Rogério Ceni errou bastante contra o time carioca, principalmente em … Continuar lendo Correria, ineficiência e equivalência – ANÁLISE FORTALEZA 1 X 1 VASCO

Nem pela graça – ANÁLISE TÁTICA VASCO 1 x 1 AVAÍ

Por Ricardo Leite Estreia de Luxemburgo como treinador, jogo em casa (cheia), semana de treinos, enfrentando um adversário que já tínhamos derrotado por duas vezes na Copa do Brasil. Tudo conspirando para a primeira vitória e respiro do Vasco no campeonato, correto? Não. Time bastante modificado: Pikachu retornou a lateral direita, posição de origem. Werley se recuperou de lesão e formou zaga com Ricardo. Henrique … Continuar lendo Nem pela graça – ANÁLISE TÁTICA VASCO 1 x 1 AVAÍ

Atuação excelente – ANÁLISE TÁTICA SANTOS 3 x 0 VASCO

Por Rodrigo Costa Para o duelo no Pacaembu, Jorge Sampaoli escalou o time no 4-3-3, que teve: Vanderlei; Ferraz, Veríssimo, Gustavo Henrique e Jorge; Pituca, Sánchez e Jean Lucas; Rodrygo, Soteldo e Sasha. O time fez uma grande partida, foi dominante. O desenho formado em campo era bastante interessante. Quando tinha a bola a equipe jogava basicamente num 2-3-2-3, que facilitava bastante para a criação … Continuar lendo Atuação excelente – ANÁLISE TÁTICA SANTOS 3 x 0 VASCO