Dois lados de uma final sem surpresas – ANÁLISE TÁTICA DE FLAMENGO 2 X 0 VASCO

Por Felipe Henriques e Ricardo Leite O Vasco vinha de uma semana trágica, apos duas derrotas por 2×0 para Flamengo e Santos. Valentim ameaçado no cargo e sem paciencia e confiança da torcida. O treinador buscou um time mais leve, e assim manteve Bruno Cesar e Maxi Lopez no banco. Mas algumas opçoes não surtiram efeito. Pikachu centralizado, como ja era esperado, nao rendeu. Ate … Continuar lendo Dois lados de uma final sem surpresas – ANÁLISE TÁTICA DE FLAMENGO 2 X 0 VASCO

Anúncios

Vitória natural – ANÁLISE TÁTICA SANTOS 2 x 0 VASCO

Por Rodrigo Costa e Ricardo Leite Após sofrer uma derrota dolorida e justa para o Flamengo no fim de semana, o Vasco de Valentim foi a Vila Belmiro, enfrentar o Santos, de Sampaoli pela Copa do Brasil. Além da parte psicológica e as limitações do sistema, o cruzmaltino tinha ainda mais problemas, com as ausências por lesão de Fernando Miguel, Castán e Rossi. Mesmo com … Continuar lendo Vitória natural – ANÁLISE TÁTICA SANTOS 2 x 0 VASCO

Bruno Henrique iluminado em uma final esvaziada de idéias – ANÁLISE TÁTICA VASCO 0 x 2 FLAMENGO

Por Felipe Henry Em uma final de Campeonato Carioca esvaziada no Estádio Nilton Santos, o Flamengo venceu o Vasco por 2-0 com um destaque para a variação tática na parte ofensiva, a troca de posição de alguns jogadores no último terço e um grande domínio territorial e nas ações de ataque principalmente em um 2T que a vitória poderia ter sido ainda mais larga para … Continuar lendo Bruno Henrique iluminado em uma final esvaziada de idéias – ANÁLISE TÁTICA VASCO 0 x 2 FLAMENGO

Mais intenso e menos criativo – ANÁLISE TÁTICA DE AVAÍ 0 X 1 VASCO

Por Ricardo Leite Pela Copa do Brasil, Vasco foi à Ressacada enfrentar o Avaí pelo jogo de volta. A partida em São Januário, terminou com a vantagem de 3 x 2 pra equipe cruzmaltina, e com isso, o Gigante da Colina tinha a vantagem do empate. Alberto Valentim teve que armar o time com as ausências de Castán e Rossi, lesionados. Ricardo Graça, como esperado, … Continuar lendo Mais intenso e menos criativo – ANÁLISE TÁTICA DE AVAÍ 0 X 1 VASCO

Debutantes – ANÁLISE TÁTICA VASCO 2 x 0 RESENDE

Por Ricardo Leite Após perder a invencibilidade no ano com um time misto, diante da Cabofriense, o Vasco foi a campo no Raulino de Oliveira para enfrentar a equipe do Resende. Com força máxima, à exceção de Maxi Lopez que estava viajando, Alberto Valentim escolheu Tiago Reis, o artilheiro da Copinha para substituir o argentino. Foi a primeira partida do menino como titular. No trio … Continuar lendo Debutantes – ANÁLISE TÁTICA VASCO 2 x 0 RESENDE