O que há com o Grêmio?

Por Maurício Wiklicky Nessa análise tentarei resumir o que aconteceu com o Grêmio nessa última semana, nos jogos contra o Ceará, Juventude e Atlético. Uma derrota, um empate e uma vitória, uma reconstrução de um modelo de jogo perdido ao longo do ano. Desfalques, vendas, auto-confiança, pensar que manteríamos o alto nível sem treino, e um Gauchão que sabemos que engana muitos. E o principal … Continuar lendo O que há com o Grêmio?

Efetividade Alvinegra – ANÁLISE TÁTICA BOTAFOGO 1 x 0 FORTALEZA

Por: Guilherme Monteiro e Gêra Lobo Neste domingo (5), Botafogo e Fortaleza se enfrentaram no Nilton Santos pela 3° rodada do Brasileirão. Uma partida marcada pelo desejo de protagonismo das duas equipes. Assim como na quinta-feira, o Botafogo foi mais efetivo que seu adversário e levou os 3 pontos. As equipes: Via: TacticalPad. Os 11 iniciais em relação ao último jogo, foi praticamente o mesmo. … Continuar lendo Efetividade Alvinegra – ANÁLISE TÁTICA BOTAFOGO 1 x 0 FORTALEZA

Vitória de um time em formação – ANÁLISE TÁTICA DE GOIÁS 1 X 2 SÃO PAULO

Por Pedro Galante Pela segunda rodada do Brasileirão, o São Paulo foi até Goiânia enfrentar o Goiás. Mesmo com susto no final, o tricolor garantiu os três pontos e fez uma partida interessante. A principal novidade na escalação foi a entrada de Jonas Toró na vaga de Igor Gomes. O jovem, que estreou contra o Botafogo, entrou como centroavante, Pato foi recuado para a posição … Continuar lendo Vitória de um time em formação – ANÁLISE TÁTICA DE GOIÁS 1 X 2 SÃO PAULO

Como temos observado o jogo?

Por Pedro Galante A observação é parte fundamental do método cientifico. O primeiro passo para formar conhecimento sobre qualquer objeto é observá-lo. Na sequência há o resto do processo: formulação de tese, testes, reformulações – se necessário – para chegar a uma conclusão. De qualquer forma, foquemos na observação. Para que o conhecimento produzido seja válido a observação deve ser objetiva, deve se observar o … Continuar lendo Como temos observado o jogo?

Ataque contra defesa – ANÁLISE TÁTICA SANTOS 1 x 0 CORINTHIANS

Por Jhonata Souza e Rodrigo Costa Buscando a classificação para a final do Paulistão, Jorge Sampaoli escalou um time bastante ofensivo e diferente para tentar furar a defesa corintiana, com isso o Santos entrou em campo num 4-1-4-1 que tinha Vanderlei; Ferraz, Aguilar, Gustavo Henrique e Pituca; Alison; Derlis, Sánchez, Cueva e Soteldo; Jean Mota.Defensivamente o Santos não correu risco, o Corinthians finalizou apenas 3 … Continuar lendo Ataque contra defesa – ANÁLISE TÁTICA SANTOS 1 x 0 CORINTHIANS