Post fixo

CUCA NO SANTOS – Análise tática dos primeiros jogos

Por Rodrigo Costa e Rafinha Santos             Após cinco partidas de Cuca no comando, o Santos tem duas vitórias, duas derrotas e um empate, com seis gols marcados e seis sofridos e sexto lugar na tabela do Campeonato Brasileiro. Assim como os resultados, o desempenho também é irregular, tendo seus altos e baixos. Esse texto trará um resumo tático do Peixe de Cuca até então … Continuar lendo CUCA NO SANTOS – Análise tática dos primeiros jogos

O SANTOS, MAIS DO QUE NUNCA, VAI PRECISAR USAR A BASE!

Por Rodrigo Costa Os santistas já estão acostumados a verem bons jovens jogadores atuando pelo time principal da Vila Belmiro, mas nesse momento, mais uma vez, a conhecida frase veio à tona fortemente: A base salva! Esse texto deixará de lado questões de diretoria, gestão e afins, que fazem com que a necessidade do clube ser salvo por conta do talento dos Meninos da Vila, … Continuar lendo O SANTOS, MAIS DO QUE NUNCA, VAI PRECISAR USAR A BASE!

Santos: O que esperar para o restante da temporada?

Por Rodrigo Costa             O texto pretende focar nas quatro linhas, no futebol jogado, nos jogadores e em tudo que estamos com saudade nesse momento, mas para isso preciso dar algumas informações importantes para tomarmos como base para o restante do artigo e também da temporada. Quando o futebol brasileiro e sul-americano irão retornar? Não sabemos! Para resumir as últimas notícias, no início de maio … Continuar lendo Santos: O que esperar para o restante da temporada?

Pedalando rumo ao título – Análise tática de Corinthians 2 x 3 Santos – FINAL BRASILEIRÃO 2002

Por Rodrigo Costa             Num domingo, 15 de dezembro de 2002, Corinthians e Santos se enfrentaram pela segunda partida da final do Campeonato Brasileiro daquele ano. A primeira partida tinha sido 2 x 0 para a equipe santista, com show de Diego, que, lesionado, deixou o gramado logo no primeiro lance do segundo jogo, em seu lugar entrou Robert, com isso, o Santos que jogou … Continuar lendo Pedalando rumo ao título – Análise tática de Corinthians 2 x 3 Santos – FINAL BRASILEIRÃO 2002

A consagração de mais uma geração – Análise tática de Santos 2 x 1 Peñarol – FINAL LIBERTADORES 2011

Por Rodrigo Costa   Uma quarta-feira a noite, dia 22 de junho de 2011 e o Santos se sagrava tricampeão da Libertadores em cima do Peñarol, no Pacaembu lotado. Aquele time sensacional que era comandado por Muricy Ramalho jogava no 4-4-2 em losango, sendo um time mais equilibrado do que a equipe que encantou o Brasil no ano anterior. O time da final (e que … Continuar lendo A consagração de mais uma geração – Análise tática de Santos 2 x 1 Peñarol – FINAL LIBERTADORES 2011