Gol no fim é um balde de água fria em boa atuação tática do Egito

Por Sergio Santana Diante de um adversário com mais qualidade técnica e sem sua referência, Mohamed Salah, dentro de campo, o Egito investiu suas ações em se manter participativo na parte tática. No habitual 4-2-3-1, os comandados de Héctor Cuper ofereceram muita dificuldade para os uruguaios criarem, o que até trouxe poucas chances claras no primeiro tempo. Inicialmente, os egípcios se focaram em pressionar a … Continuar lendo Gol no fim é um balde de água fria em boa atuação tática do Egito

Os súditos do Rei Salah – ANÁLISE TÁTICA DO EGITO

Por Sergio Santana Dono de uma das classificações mais dramáticas das seleções classificadas para a Copa do Mundo, o Egito retorna ao principal torneio do planeta após 28 anos, já que a última participação foi em 1990, na Itália. Para conquistar essa vaga, os egípcios superaram um grupo com Uganda, Gana e Congo, vencendo quatro partidas, empatando uma e perdendo outra. É impossível não falar … Continuar lendo Os súditos do Rei Salah – ANÁLISE TÁTICA DO EGITO