ANÁLISE DE GOLS NO CAMPEONATO PAULISTA

Por Paolo Cerruti

As estatísticas nunca tiveram tão em alta como agora, mas os números crus podem gerar falsas interpretações, ou incompletas.

O campeonato paulista chegou ao fim da sua 1° fase, com isso analisei os gols dos cinco times que estão na 1° divisão do Campeonato Brasileiro, Redbull com 18 gols, Palmeiras 17, São Paulo 19, Corinthians 15 e Santos 13.

Os gráficos são de minha autoria com uso dos dados do Sofascore.

Dividi os 90 minutos por intervalos de 15 minutos para mostrar quando os times mais tomam gols, nota-se que dos 31-45 minutos do 1° tempo (11 gols), seguido por 16-30min e 61-75min, a menor quantidade de gols saem nos primeiros 15 minutos de cada tempo onde se tem 6 gols em ambos.

Aqui temos a situação do jogo em que estes gols foram tomados. São Paulo lidera com 9 gols que fizeram com que o time ficasse atrás no placar como contra o Santos (2-1). Do outro lado temos o RB time que mais tomou gol mas continuou a frente como contra o Palmeiras (2-1).

Com a mesma divisão do gráfico 1 temos destaque para o Santos que marcou 53% de seus gols do campeonato no intervalo de 16-30min, além dos 14 gols que saíram entre os 46-60min. Destaque para o ótimo aproveitamento do RedBull e São Paulo marcando em todos os intervalos.

Ao ataque foram feitas cinco colunas para demostrar a importância dos gols, nem todos os gols tem a mesma, temos os gols marcados que a equipe continuou atrás do placar, gols que continuaram na frente do placar, gols de empates, vitória e que desempataram o placar, mas não foram da vitória.

Aqui podemos fazer uma relação dos gols e pontos. RedBull mostra porque teve a melhor campanha. O time tem 38% de seus gols como gols da vitória e 33% consolidando o placar, sendo assim um time que dificilmente perde quando abre o placar. O Palmeiras tem 41% de seus gols no campeonato quando já estava ganhando, São Paulo foi a equipe que mais tomou gols que deixaram atrás do placar (gráfico 1), mas teve a 3a maior pontuação, tendo uma grande quantidade de gols de empate (4), começando perdendo 41% de seus jogos e conseguiu 7 pontos nesses jogos com aproveitamento de 46% neles.

Vamos analisar os jogadores dessas equipes foram separados por assistentes e artilheiros, para vermos a importância deles em seus times.

Analisando os melhores assistentes do campeonato, foram separados os dois com mais participações de cada time, destaque para Fagner que tem 33% de participação em gols do Corinthians além de ter o dobro (8) de chances criadas. V.Bueno o 2° que mais criou chances (4).

E como essas assistências foram importantes nos jogos? Pegando dados dos melhores assistentes de cada time pode-se ver o peso de cada assistência, como V.Bueno. O ponta são paulino é o que menos deu passes para gol porem seus passes foram de grande importância, tendo participação em 6 pontos para o Tricolor. Do outro lado temos M.Rocha, o lateral palmeirense tem 3 assistências mas só gerou 1 ponto ao clube.

Agora os artilheiros, qual a importância de seus gols? Usando as mesmas métricas do ultimo gráfico, destaque para Ytalo o artilheiro do campeonato (7 gols) que tem 43% de seus gols como gols que deram a vitória ao clube, contribuindo de forma direta em 39% dos pontos do RedBull. Pablo teve 80% de seus quando sua equipe mais precisava marcar, seja para marcar o gol da vitória (2) ou para empatar (2) o placar como contra o Santos, onde a equipe começou perdendo e virou o jogo com o seu camisa 9 marcando os 2 gols, tendo uma grande importância na campanha do tricolor. Do outro lado temos Willian, o artilheiro do Palmeiras com 6 gols, 4 deles ampliando o placar e apenas 1 gol que gerou pontos ao time, tendo uma participação direta em 13,6% em pontos.

Pegando os gols de desses jogadores podemos analisar como eles foram, 87% dos gols marcados foram dentro da área. Pablo fez 40% destes gols de fora da área somando todos jogadores.

Esses gols foram marcados de cabeça, perna dominante ou não dominante? Apenas Artur e Marinho são canhotos, com isso se tem 76,3% dos gols saindo da perna dominante, 10,5% saindo de gols de cabeça e 13,2% saindo da perna não dominante. Ytalo é o único que consegui marcar gols de cabeça, perna não dominante e perna dominante.

Com essa analise se tem uma ideia da importância de alguns gols e de jogadores para suas equipes e como a campanha se reflete nos números.

@paolocerrutii

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s