SUPERIORIDADE DO COMEÇO AO FIM – Análise tática de Jorge Wilstermann 2 x 0 Colo Colo

Por Rafael Santos de Oliveira

Assim como foi falado no Guia Tático, a equipe aposta muito na rotatividade e dificilmente repete os 11 jogadores, são 16 titulares que jogam com frequência sendo que o zagueiro Zenteno e o meia-atacante Pochi Chavez são lideres dentro de campo.

A escalação manteve o 4-1-2-3, porem trouxe algumas novidades, o meio campo Esteban Orfano foi a campo na vaga de Alejandro Melean, Tonino Melgar deu vaga para Cristian Arano e o principal desfalque foi o goleador Gilbert Álvarez que se recupera de lesão e em sua vaga jogou Ricardo Pedriel.

Análise tática

TendênciaA proposta de jogo fez com que a tendência de jogo acontecesse pelo lado direito com o Esteban Orfano em projeção com o corredor livre.

Mapa de calor de Esteban Orfano.

Desse modo o zagueiro Zenteno fazia a cobertura do setor e o volante Justiniano não se desprendia da defesa, essa correção fez com que a equipe não ficasse vulnerável nesse setor como vinha acontecendo na temporada, por mais que o Colo-Colo não tenha pressionado tanto o sistema defensivo, mas quando tentou a marcação fechou bem os espaços pelo meio.

Mapa de calor de Leonal Justiciano.

Portanto o lado esquerdo foi pouco utilizado e o experiente Juan Aponte participou pouco do jogo ofensivo, mas defensivamente foi eficiente.

O setor de meio campo não conseguiu produzir muita coisa, Didi Torrico caindo pelo lado direito conseguiu ajudar na transição com lançamentos, mas ficou abaixo do esperado e Christian Arano foi um pouco superior saindo do lado esquerdo e atuando pela região central e principalmente nos duelos ganhos, enquanto isso ofensivamente Justiniano não fez muito coisa, mas defensivamente foi muito aplicado.

O ataque contava com a qualidade técnica da equipe, porem esse setor atuava de modo contrario o restante, Serginho pelo lado esquerdo aproveitava que Aponte não avançava e Arano vinha pelo meio, desse modo ele tinha liberdade para se movimentar em amplitude, enquanto isso Pedriel se manteve no comando de ataque com Pochi Chavez saindo da ponta para atuar como meio campo em algumas oportunidades.

Mapa de calor de Pochi Chavez.

Essa proposta fez com que as jogadas fossem articuladas pelo lado direito e no momento certo existia uma um inversão de lado fazendo com que a defesa do Colo-Colo estivesse com espaço para um jogador receber em profundida ou um jogador que vem de trás receber um cruzamento da linha de fundo.

Tendência de jogo pelo lado direito no primeiro tempo.

No segundo tempo Arano deu vaga para Arrascaita, essa mudança fez com que a equipe deixasse o Orfano ainda mais livre para atuar quase como um meio campo e Arrascaita fosse o lateral direito, mantendo Didi Torrico como responsável pelo controle de posse de bola, essa composição originou a jogada do segundo gol e mesmo com igualdade numérica conseguir manter a posse de bola;

Tendência de jogo pelo lado direito no segundo tempo ¹.

Didi Torrico abre o jogo com Arrascaita encontra Pochi livre que finaliza em cima da defesa, mas Justiniano ganha a segunda bola e finaliza novamente e dessa vez a bola rebate na defesa e sobra dentro da área com Pedriel em liberdade para cabecear, a bola ainda bate na trave, no goleiro e entra.

Tendência de jogo pelo lado direito no segundo tempo ².

Próximo do final da partida Alejandro Melean entrou no lugar de Didi Torrico, porem ao invés de entrar na lateral direita se manteve na região central ajudando Justiniano e Ramiro Ballivian entrou na vaga do cansado Prediel, mas pouco fez.

@Rafinha_Esporte