Variações Táticas de Renato Portaluppi – ANÁLISE TÁTICA DE INTERNACIONAL 0x1 GRÊMIO

Por Maurício Wiklicky e Daniel Klabunde

WhatsApp Image 2020-02-17 at 09.59.06

Grenal 423 valendo vaga na final da primeira fase do Gauchão 2020, e se um Grenal já é motivo de muita apreensão e cautela dos técnicos, imagina valendo vaga em uma final. Mas não foi o que aconteceu durante a partida, onde Coudet levou à campo seus comandados para exercerem a finco o seu modelo de jogo no 4-3-3 tão comentado nos últimos dias por ter “4 volantes”. Por outro lado, Renato Portaluppi mandou à campo um time com “3 volantes”, suprindo as deficiências e potencializando suas características, como foram os casos de Lucas Silva e Matheus Henrique.

Enquanto Coudet manteve sua forma de atuar, Renato alterou a sua composição no meio campo colocando Matheus Henrique (que voltou da seleção pré-olímpica) ao lado de Lucas Silva e Maicon, assim abdicando do armador do time, o famoso camisa 10. Com esta alteração o time marcava no 4-3-3 em bloco baixo e 4-1-4-1 em bloco médio, com Lucas Silva fechando os espaços entrelinhas enquanto Matheus Henrique ou Maicon revezavam ao seu lado para anular este espaço.

Dependemos de você para continuar nosso trabalho! Se gosta, contribua para a manutenção do MW Futebol!

R$50,00

A estratégia de Renato funcionou muito bem em grande parte no primeiro tempo, com uma defesa muito compacta e negando as linhas de passe do Inter, efetuando uma marcação por zona, com algumas perseguições curtas ao portador da bola, ou ao homem que se movimentava no espaço aberto para receber o passe. O que Renato buscava com isso? Marcar os meio campistas interiores do Internacional, no caso Edenilson e Boschilia, que se juntavam aos laterais e atacantes, além do poder de infiltração. Porém a coordenação, por ser o primeiro jogo nesse estilo, não está 100% perfeita. Muitas vezes os laterais gremistas ficavam no 2×1 contra o ataque colorado, normalmente quando D’alessandro se projetava no setor da bola.

Com essa organização defensiva, Renato orientou sua equipe para que efetuasse a transição ofensiva com mais verticalidade, pois a deficiência desse Inter de Coudet, já vista em outros jogos, é o espaço nas costas dos laterais, e entre os laterais e meio campistas, o chamado meio espaço. Utilizando passes por muitas vezes em um toque com apoios bem formados em espaços vazios, mesmo com inferioridade numérica, como aconteceu no gol perdido por Diego Souza, onde haviam 4 jogadores do Grêmio contra 6 do Internacional.

grenal1

Victor Ferraz busca o espaço vazio pelo lado, Moisés se preocupa com ele e permite a infiltração de Diego Souza. Imagem: InStat / Edição: Daniel Klabunde

Com estas triangulações e usando a velocidade de Éverton e Alisson pelos lados, o Grêmio teve a oportunidade de abrir o placar logo aos 3 minutos de partida, quando Éverton se desvencilhou da marcação ainda no campo de defesa e executou um passe de ruptura perfeito para Alisson, deixando o camisa 23 cara a cara com Marcelo Lomba, mas o atacante gremista preferiu efetuar o passe para Diego Souza, sem sucesso. Uma tomada de decisão errada de Alisson, que deveria ter optado pela finalização ou drible em Marcelo Lomba.

A marcação em bloco médio do Tricolor funcionava bem, as linhas de passe dos colorados eram bem neutralizadas, assim geravam algumas roubadas de bola e neste momento a regra era acionar Éverton ou Alisson com velocidade para pegar a defesa desorganizada e com igualdade ou inferioridade numérica.

grenal2

Roubada de bola de Maicon deixa os atacantes em igualdade numérica com os defensores do Internacional Imagem: InStat / Edição: Daniel Klabunde

Caso não fosse possível acionar os pontas em velocidade, o time se posicionava no 4-3-3, com Lucas Silva e Matheus segurando mais enquanto Maicon subia para apoiar o ataque. Uma boa escolha de Renato, pois ambos possuem bom passe e gostam de chegar na área, diferente de Lucas, que tem como característica um bom passe e a bola longa para sair da pressão adversária caso houvesse. Assim Alisson e Éverton atuavam mais abertos dando amplitude deixando Cortez e Victor Ferraz trabalharem mais por dentro.

grenal3

Imagem: InStat / Edição: Daniel Klabunde

No segundo tempo, com um jogador a mais, o Tricolor não conseguiu se impor na partida, muito pelo contrário, viu o Internacional crescer e ter as melhores chances. As substituições de Renato não surtiram efeito, principalmente com a saída de Maicon logo aos 8 minutos do segundo tempo para a entrada de Thiago Neves. A intenção de Portaluppi estava certa, colocar um homem de criação no meio já que estava com superioridade numérica na partida, mas acabou enfraquecendo o setor defensivo pois já não efetuava mais a pressão em bloco médio como no primeiro tempo, as coberturas aos laterais já não executadas com tanta eficiência, com Cortez principalmente sofrendo ataques constantes pelo seu lado. Coudet deixa o seu 4-1-3-2, e coloca o time no 4-4-1, por vezes no 4-3-1-1, onde D’alessandro tinha liberdade para circular no ataque, enquanto na parte defensiva o time era compacto, tendo assim igualdade numérica no meio campo.

A grande surpresa neste início de temporada pelo Grêmio é Lucas Silva, vem sendo muito consistente na parte defensiva com algumas roubadas de bola e interceptações, além de ser muito efetivo nos passes curtos e bolas longas, ajudando a desafogar a defesa ou iniciar uma transição ofensiva rápida.

Mais dados sobre Lucas Silva aqui

Outro destaque vale Diego Souza. Fez o gol, deu passe para Everton em um gol impedido, estava bem posicionado na tentativa de passe de Alisson cara a cara com o goleiro, errou um gol cara a cara, e cavou a expulsão de Musto, utilizando o corpo do argentino, de maneira muito inteligente, para escorar e girar. O homem Grenal, 13 anos depois, muito contestado, começa muito bem o ano.

Mais detalhes do jogo no nosso Canal do Telegram https://web.telegram.org/#/im?p=@mwfuteboloficial

As questões que ficam são: Renato usou esse esquema somente para neutralizar o rival, ou será visto em outros jogos? Como Coudet coordenará a transição defensiva? Veremos ao longo da temporada!

@dktricolor e @mwgremio

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s