O MELHOR JOGADOR NO URUGUAI EM 2019 – Análise de Matías Viña

Por Breno Barbosa e Rafael Santos

Na última sexta-feira (31), o Palmeiras anunciou seu primeiro reforço para a temporada 2020. Trata-se do lateral esquerdo Matías Viña, 22 anos, melhor jogador do campeonato uruguaio 2019 e uma das maiores promessas do Uruguai. Matías Viña é um jogador muito preciso nos desarmes e duelos individuais, além de ser excelente no apoio ofensivo, explorando sua velocidade, agressividade e servindo como ótima opção no corredor lateral.

A torcida canta que ela é obsessão, a tão sonhada Copa Libertadores da América, então analisamos e relacionamos o desempenho de Matías Viña na temporada 2019 pelo Nacional.

vina1

Dos oito jogos do Nacional do Uruguai, ele foi titular em seis oportunidades, entrou no decorrer de um jogo e ficou fora de apenas um, sendo a ultima rodada da fase de grupo onde o clube já avisa se classificado.

vina2

Os números provam que ele é um ótimo lateral de transição ofensiva, ele recupera a posse de bola e rapidamente busca o jogo ofensivo, não necessariamente com a posse de bola, por diversos momentos ele recupera a bola na zona de defesa, se desfaz da bola com um passe e se projeta ao ataque, desse modo utiliza pouco o drible ou o passe decisivo.

Matías Viña recupera a bola, se associa com um companheiro e faz a progressão para o campo ofensivo Video: InStat; Edição: Breno Barbosa

Na última Libertadores, Matías Viña teve um porcentual baixo de cruzamentos certos, por média ele acertou um cruzamento a cada dois jogos, sendo que em contraposição ele errou cerca de oito cruzamentos, os lançamentos também possuem uma diferença negativa, porém em menor escala, ele teve média de dois lançamentos corretor por jogo. Essa condição explica o modelo de jogo onde ele recupera a posse de bola e rapidamente procura um passe para o volante ou meia que esteja mais próximo.

vina3

A sua melhor partida na Libertadores por média do SofaScore foi a vitória do clube uruguaio em pleno Mineirão contra o Atlético MG pela fase de grupos. Defensivamente foi impecável, números acima da média para um lateral, foram oito cortes sendo que em um deles impediu com que a bola entrasse no gol em cima da linha, além disso, ele bloqueou outros dois chutes, sendo peça importantíssima para que o Nacional não sofresse gols, se manteve no campo de defesa a maior parte do jogo, inclusive atuando como zagueiro pela esquerda em muitos momentos.

Recebeu nota 8,0 SofaScore e após esse jogo começou a ser analisado pelo mercado nacional pela primeira vez, levando em conta que na primeira partida contra o Atlético ele teve uma partida discreta, apesar de ter dado uma assistência.

vina4

A sua melhor partida dentro de casa foi na vitória contra ao Zamora, também pela fase de grupos, essa partida foi anterior ao jogo falado anteriormente contra o Atlético Mineiro. Atuou de forma mais ofensiva, levando em conta que a partida foi dentro de casa e isso faz com que a equipe parta mais para o ataque. Foram números interessantes, por que ele chegou ao ataque com uma finalização, uma assistência e três passes decisivos, levando em conta que em média a cada dois jogos ele dá apenas um passe decisivo. Defensivamente teve uma média inferior no quesito duelos pelo chão e aéreo, mas isso foi indiferente, está perto de sua média ainda. Vale destacar que nos momentos ofensivos ele não é o jogador que organiza as jogas, mas sim ocupando os espaços e proporcionando transições de qualidade.

vina5

Agora falando sobre os ultimo três meses de 2019, dentre os últimos 20 jogos ele se mostrou mais maduro e mais ofensivo ainda, foram quatro gols (sendo que ele possui apenas cinco gols na carreira) e quatro assistências (sendo que ele possui apenas seis assistências na carreira), desse modo é possível afirmar que nos últimos três meses ele viveu o seu auge de representatividade.

vina6

Os números comprovam isso, ele evoluiu muito, agora se tornou um jogador que faz pelo menos um passe decisivo por jogo, acerta uma média de 72% passes por jogo, aumentou sua média de duelos vencidos de forma geral (principalmente aéreo, pelo chão se manteve na média) e agora é um jogador que promove dribles, são pelo menos dois por jogo. Essa evolução mostra que o jogador que fez uma boa Libertadores está ainda melhor, ainda mais confiante e ainda mais perigoso, vale destacar que ele é confiante e audacioso, ele é canhoto, mas não negligencia sua perna direita, se for preciso finaliza, cruza e dá passes com a direita caso seja necessário, falando sobre os cruzamentos ele melhorou no quesito, sendo que reduziu a quantidade de cruzamentos por jogo, fazendo com que ele aconteça quando seja a melhor opção.

Alguns lances de Matías Viña, destacando desarmes, duelos aéreos, dribles e vigor físico.Video: InStat; Edição: Breno Barbosa

Atualmente, o técnico Vanderlei Luxemburgo tem três opções para a lateral esquerda, sendo Victor Luís, titular no campeonato Paulista 2020, Diogo Barbosa, titular na temporada de 2019 e Lucas Esteves, recém promovido da categoria de base. Desta forma, fizemos uma comparação entre os quatro atletas e percebemos que Matías Viña leva vantagem em relação aos seus novos companheiros.

vina7Comparativo entre os laterais do Palmeiras. Via InStat

Nas primeiras exibições de 2020, o Palmeiras demonstrou ser um time agressivo, trabalhando o jogo apoiado, com aproximações, movimentações e pressionando seu oponente. O corredor direito é o mais explorado, contando com o lateral Marcos Rocha, que se apresenta com muita qualidade nas investidas ao campo ofensivo. Com a chegada de Viña, o treinador Vanderlei Luxemburgo ganha uma excelente opção para utilizar o corredor esquerdo com mais frequência em organização ofensiva, explorando as características do jovem uruguaio. Na organização ofensiva, o time precisará trabalhar as coberturas, recomposições e balanços defensivos, para não conceder muitos espaços pelos corredores. Nas transições, por ter vigor físico e velocidade, Viña tem capacidade de ser uma boa arma para os contragolpes, consequentemente servir seus companheiros e finalizar a meta adversária. Nas bolas paradas, consegue vencer muitos duelos aéreos, tornando-se uma excelente opção defensivamente e ofensivamente. Uma grande contratação, para um setor que requeria atenção e sensibilidade para trazer algum atleta com capacidade de se firmar na posição. Acredito que Matías Viña foi um acerto da diretoria palmeirense e tem totais condições de repetir a fantástica temporada de 2019.

vina8Índice de habilidades do InStat

vina9Índice de pontos de ações do InStat

 

FICHA TÉCNICA

Nome: Matías Nicolás Viña Susperreguy
Nascimento: 09/11/1997, em Empalme Olmos-URU
Posição: Lateral esquerdo
Clubes anteriores: Nacional URU
Títulos: Liga Uruguaia (2019) e Sul-Americano Sub-20 (2017)

@brenobmarketing @rafinha_esporte

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s