O mundo é vermelho – ANÁLISE TÁTICA LIVERPOOL 1 x 0 FLAMENGO

Por Daniel Klabunde

WhatsApp Image 2019-12-21 at 20.17.16

Neste sábado tivemos a decisão de quem seria o melhor time do planeta, uma decisão entre o Campeão Sul-Americano e o campeão Europeu. O Flamengo conquistando dois títulos importantes na temporada, o Campeonato Brasileiro e a Libertadores da América, enquanto o Liverpool vinha de uma conquista da Champions League e uma Super Copa da Europa. Dois times com algumas características parecidas, como intensidade, triangulações e verticalidade, por exemplo.

Mas quem começa tomando conta da partida é o time vindo da Inglaterra, logo aos quarenta segundos de partida Arnold já demonstra uma de suas principais características, a bola longa, e aciona Roberto Firmino nas costas de Rodrigo Caio.

livfla1Linha de marcação bem feita, mas Pablo Marí e Rodrigo Caio estão muito próximos e deixam espaço para Firmino infiltrar. Imagem: InStat / Edição: Daniel Klabunde

O Flamengo então começa a ensaiar uma marcação pressão na saída de bola dos Reds, que se veem na obrigação de posicionar 6 jogadores para a transição ofensiva, contando com Alisson. Opção que deu certo e ajudou a desafogar a defesa.

livfla2Saída em 3-3 do Liverpool com apoio de Alisson. Imagem: InStat / Edição: Daniel Klabunde

Quando não era possível sair com a bola pelo chão a opção eram as bolas longas, e mais uma vez um atacante do Liverpool aparece na frente de Diego Alves, desta vez foi Salah com um ótimo lançamento de Henderson, o inglês camisa 14 que atuou nesta partida como o homem base da equipe, substituindo o brasileiro Fabinho, e foi muito bem na partida cobrindo os espaços e tirando as linhas de passe dos jogadores do Flamengo.

Na organização ofensiva o Liverpool explorava muito os laterais, sempre se associando com os pontas. O principal jogador nesta movimentação era Keïta que se posicionava pela direita e fazia dupla com Salah, por outro lado Ox Chamberlain não conseguia se associar com Mané pela esquerda, fazendo com que Robertson se arriscasse mais ao ataque.

No momento da perda de posse os Reds agrediam muito o portador da bola executando a sua tradicional pressão pós-perda (gegenpressing), e conseguindo muitas recuperações de bola principalmente no meio campo em cima de Arão e Gérson.

livfla3Pressão dos Reds com no mínimo 3 jogadores no portador da bola. Imagem: InStat / Edição: Daniel Klabunde

A partir dos 25 minutos o Flamengo começa a ter superioridade em campo levando perigo nos seus avanços ao ataque, principalmente com Bruno Henrique, que entra na partida e começa a levar dificuldades nas costas de Arnold com sua velocidade.

As melhores chances do Flamengo no primeiro tempo saem por este setor com Bruno Henrique tendo vitórias no 1×1 contra Arnold ou Gomez, e em uma delas o brasileiro acaba concluindo desequilibrado e facilitando a defesa de Alisson.

O segundo tempo começa com o Liverpool pressionando novamente no início, mas não dura por muito tempo como foi na primeira etapa, o Flamengo equilibra as ações e começa a levar perigo ao gol de Alisson pois começa a implantar uma intensidade maior ao seu jogo, e por muitas vezes por culpa do goleiro que errava algumas reposições cedendo a posse de bola para o time brasileiro.

Após as saídas de Éverton Ribeiro e Arrascaeta o Flamengo perde a intensidade no ataque, não conseguindo manter a posse de bola e fazendo com que o Liverpool cresça novamente na partida, ganhando o meio campo e sendo mais agressivo nas ações ofensivas. A partida vai para a prorrogação e o Flamengo não consegue resistir, com vários jogadores demonstrando cansaço o time começa a sucumbir para os ingleses, que veem o brasileiro Firmino marcar aos 9 minutos de partida e decretar o título para os Reds.

Terceira taça dos Reds em 6 meses, a primeira do mundial que o clube conquista, Klopp quebrando tabus e tornando o planeta vermelho.

@dktricolor

Você pode saber mais dessa final no nosso Youtube, onde estreamos uma quadro de pós-jogo e também no nosso grupo do Telegram, que você pode entrar aqui neste link

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s