Em busca do recorde – PRÉ JOGO MANCHESTER UNITED x LIVERPOOL

Por Rique Mathias e Daniel Klabunde

WhatsApp Image 2019-10-19 at 13.50.37

Neste domingo teremos o encontro de dois grandes clubes do futebol inglês e mundial, os dois com mais títulos nacionais da Inglaterra, United com 20 e Liverpool com 18 títulos. Um dos maiores clássicos do planeta será disputado por dois times que vivem fases diferentes nesta época, com Liverpool atual campeão da Champions League e invicto nesta temporada da Premier League e o United ainda tentando retomar o caminho das vitórias após a saída de Sr Alex Fergson.

O Liverpool vai para a partida com 3 dúvidas, duas na defesa e uma no ataque, com Alisson treinando normalmente é esperada a sua presença no gol, mas nada confirmado por Klopp, na zaga há a dúvida se Matip estará apto para atuar, se não estiver, Gomez deve ocupar o seu lugar. Outra dúvida é o egípcio Mohamed Salah que sentiu um desconforto e ainda não foi revelado por Klopp se estará na partida.

Dúvidas citadas, o Liverpool irá à campo no seu tradicional esquema 4-3-3 implantando muita intensidade nas ações da partida mesmo atuando nos domínios do United, e o meio campo será fundamental para que essa preção de certo, ainda mais pela falta de Pogba no time de Manchester.

Ajude a melhorar nossas análises táticas! Contribua com o MW Futebol e ajude a manter o acesso gratuito aos nossos textos.

R$10,00

O Trio titular do meio deverá contar com Fabinho, Wijnaldum e Henderson, trio que deverá se movimentar muito para buscar os espaços e acionar os atacantes, algo que aconteceu na partida contra o Leicester, onde Milner foi um dos melhores em campo, se movimentando bastante.

WhatsApp Image 2019-10-19 at 16.44.45Milner efetua o passe para Robertson e busca o espaço deixado no lado do campo.

No ataque a movimentação característica de Firmino será preponderante na busca de ações ofensivas, principalmente para superar Maguire que vem em ótimo momento no United, o tradicional movimento de recuo do brasileiro deverá ser usado para as diagonais de Mané e Salah na busca do espaço para infiltração.

Nas laterais as características subidas de Robertson e Arnold ao ataque, o lateral direito que entrou para o Guinness Book esta semana sendo o defensor com mais assistências em uma única edição da Premier League (12 assistências).

Apesar do United não estar em um bom momento, será uma partida dura em Old Trafford, onde os comandados de Klopp terão muitas dificuldades, principalmente em se tratando do maior clássico inglês onde a questão exterior tem forte influência dentro de campo.

O Manchester United venceu apenas uma de suas ultimas 5 partidas na Premier League, além disso o time de Solskjaer tem desfalques importantes para a partida contra o seu maior rival. De Gea sentiu uma contusão na coxa direita na ultima data fifa e Paul Pogba com uma lesão no tornozelo também fica de fora.

Com muitos problemas coletivos para resolver e com essas baixas, Solskjaer tem decisões importantes a tomar na hora de preparar a partida. O treinador do Manchester United, tem buscado estabelecer como base de seu trabalho uma equipe que defenda com intensidade e contra-ataque com muita velocidade. Para isso, o time parte do 4-5-1 para defender e utiliza o 4-3-3 para atacar, sempre com um ataque muito móvel e sem contar com um 9 de referencia. Nesta temporada Rashford, Martial e Daniel James já alternaram como o jogador escolhido para iniciar no centro do ataque da equipe.

Contudo, embora busque trabalhar esse sistema com linha de 4 defensores, o United vem se utilizando muito do 5-3-2 como sistema escolhido para disputar os clássicos. Entregando o controle da posse de bola para os rivais, defendendo com linhas baixas e buscando subidas esporádicas. Essa variação foi iniciada na passagem de José Mourinho e teve prosseguimento no bom início de trabalho de Solskjaer.

Sobre as peças que devem iniciar o jogo pelo lado do United, temos 3 dúvidas: Young ou Wan-Bissaka na lateral direita, Martial ou Andreas Pereira na ponta esquerda e Lingard ou Mata no meio-campo.

Independente da escolha do treinador, seja do sistema de jogo ou das peças, o United vai precisar subir muito o seu nível de jogo para competir bem contra o Liverpool. O apoio do torcedor certamente será uma injeção de animo importante, mas apenas isso não será suficiente para competir frente a melhor equipe do planeta.

O Liverpool tende a somar passes em uma zona mais recuada, progredir com o suporte dos laterais e criar muitas situações de 1×1 para Salah e Mané, além do outro ponto muito importante que ja citamos que será como Roberto Firmino irá conseguir arrastar Harry Maguire e abrir espaço para os seus companheiros.

@dktricolor e @riquemathias

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s