Subindo, vencendo e cabeceando – ANÁLISE TÁTICA FLUMINENSE 2×0 BAHIA

 Por Ícaro Caldas e Jorge Coutinho

WhatsApp Image 2019-10-13 at 13.38.43

Os deuses do futebol resolveram abençoar o jogo dos tricolores baiano e carioca neste sábado em pleno Maracanã. O jogo que marcava o duelo entre os dois únicos treinadores negros na elite do futebol brasileiro. Sim. Roger Machado, do Bahia, e Marco Aurélio (Marcão), do Fluminense, são os únicos treinadores negros na série A do Brasileirão. Ambos possuem estilos diferentes e mostram que a cor da pele não reflete qualidade ou habilidade, apenas que existem qualidades e deficiências não relacionadas de forma alguma à cor.

O tricolor baiano foi até o Rio de Janeiro procurando voltar a triunfar e a sonhar pelo G6 em busca da Libertadores. O resultado foi diferente, porém com um desempenho que não deixou a desejar.

O tricolor carioca, em casa, buscava aumentar seu número de vitórias em sequência e ir se livrando aos poucos do Z4. O Fluminense vinha de uma vitória contra o botafogo, no Nilton Santos e de um empate diante do Cruzeiro, no Mineirão. Visava manter sua invencibilidade em casa e continuar sem sofrer gols (grande problema de Fernando Diniz e Oswaldo de Oliveira).

Primordialmente, logo no minuto um, o Fluminense demonstrou sua fragilidade, que seria explorada pelo Bahia durante o resto do jogo: a bola nas costas. Com um passe em profundidade do João Pedro para a infiltração de Ronaldo nas costas da defesa do Fluminense, que ficou toda exposta, o volante do tricolor baiano conduziu e deu um belo passe para Elber que não souber aproveitar a chance.

bola nas costas fluelber

Com a bola a seu favor nos cinco minutos iniciais, o Fluminense buscava atacar pelo lados. O lado esquerdo foi bastante utilizado mas não conseguia tantos êxitos assim. Na única jogada pelo lado direito com W. Nem, conseguiu levar a primeira chance de perigo à equipe mandante.

Sem a bola, o Fluminense alternava entre entre marcar no seu campo e subir a marcação para apertar a saída de bola do Bahia.

Sabendo que a melhor forma de tirar o Bahia da zona de conforto era não tendo a posse, o Fluminense resolveu dar a bola ao tricolor baiano e contra-atacar. O Bahia de Roger neste brasileirão tem se caracterizado por ser uma equipe reativa que sabe muito bem a hora de contragolpear o adversário. Porém, mesmo não jogando da forma que queria, o Bahia conseguia achar espaços e assustar os mandantes.

O Fluminense foi controlando o jogo, ainda que sem a posse e, sendo assim, numa saída de bola desde a defesa, trocando passes, Yony Gonzalés (que sofreu o penâlti) abriria o placar.

Saída pressao flu

A partir deste momento, o tricolor das laranjeiras começou a controlar o jogo através da posse de bola. Danielzinho e Airton, na base da jogada, distribuindo o jogo para frente. Yony e Nem sendo muito acionados pelas pontas e, com isso, levando perigo para a defesa do Bahia.

Em um certo momento, o Fluminense soube recompor direito e fechar a linha de passe para não tomar bola nas costas e levar perigo ao Muriel. Observe o comprometimento tático de Nenê que está na primeira linha de defesa cobrindo o lateral esquerdo.

Nene acompanhando

Novamente numa jogada saindo tocando desde trás, o Fluminense, com movimentação dos jogadores, chegou à área do Bahia com bastante perigo. Após um belo passe do Nem para o chute do João Pedro, que bateu no travessão, o Danielzinho ampliou de cabeça. Veja a bela jogada do segundo gol:

O primeiro tempo do Fluminense foi marcado por bastante equilíbrio entre ataque e defesa, o que ajudou a equipe a marcar dois gols e não sofrer nenhum.

Roger modificou o Bahia no vestiário, e iniciou o segundo tempo, com Lucca no lugar de Guerra e Arthur Caíke no lugar de Ronaldo. Mais do que as modificações, o Bahia voltou mais atento, mais concentrado. Já o tricolor carioca voltou com a mesma formação, mas voltou mais disperso e demorou a entrar no jogo.

Nos primeiros quinze minutos do segundo tempo, otricolor baianoconseguia ter mais volume, foram 81 passes corretos entre os jogadores de linha e 8 finalizações, contra 70 passes e 2 finalizações do Fluminense.

WhatsApp Image 2019-10-13 at 21.02.22Os primeiros quinze minutos do 2º tempo, Bahia com 6 finalizações contra 2 do Fluminense.

Esse volume do jogo é traduzido em lances de perigo e chances criadas. O Bahia levou perigo em pelo menos três oportunidadesnos primeiros cinco minutos. Logo aos dois minutos com Arthur Caíke, no minuto seguinte com Flávio e no minuto seguinte foi a vez de Lucca.

A equipe do Fluminense não conseguia manter os princípios estruturais de defesa (intenção da equipe de tornar o espaço de jogo pequeno), jogadores longe uns aos outros, não conseguiam se ajudar e diminuir as linhas de passe do adversário.

WhatsApp Image 2019-10-13 at 21.02.29

Marcão da beira do campo passava instruções e pedia o time ligado e pedia “manda o Airton ficar esperto”. Após esse período de pressão e sustos o Fluminense se encontrou no jogo e equilibrava as ações. Aos 19 minutos Gilberto finalizou, minutos depois foi a vez de Nenê, em bola parada, colocar a bola na cabeça de Nino.

Nos quinze minutos finais, nova pressão do Bahia. O Fluminense não conseguia pressionar com intensidade o adversário, o portador da bola. Espaços eram dados principalmente nos corredores.

O Bahia aproveitou o momento de desorganização e criou mais algumas oportunidades, mas que esbarrou em uma noite heroica do goleiro Muriel.

As últimas atuações do goleiro Muriel fizeram a torcida tricolor cantar “é o melhor goleiro do Brasil” e merecem da nossa parte uma análise exclusiva.

O Fluminense foi a 29 pontos, e até o momento ocupa a 13ª posição, fora da zona do rebaixamento. O tricolor carioca recebe oAthletico-PR, quinta, às 21h, no Maracanã.

O Bahia segue com 38 pontos, e medirá forças em um confronto direto para figurar na Libertadores do próximo ano. Irá a Porto Alegre, enfrentar o Grêmio, quarta, às 19h15.

Ajude a melhorar nossas análises táticas! Contribua com o MW Futebol e ajude a manter o acesso gratuito aos nossos textos.

R$10,00

@caldasicaro e @jorginhoFFC

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s