Processos – ANÁLISE TÁTICA BAHIA 0x0 SÃO PAULO

Por Pedro Galante

WhatsApp Image 2019-10-10 at 19.59.37Foto destaque: Felipe Oliveira/Bahia.

O Bahia recebeu o São Paulo na Fonte Nova, na noite de quarta-feira (9). Um duelo de equipes com propostas diametralmente opostas, ao menos em teoria. A grande diferença é que o Bahia de Roger já é uma equipe madura e consciente de seu modelo, o São Paulo de Diniz dá os primeiros passos nesse processo. Tudo isso ficou muito claro dentro de campo.

Roger Machado escalou o habitual 4-1-4-1. Um meio campo bastante combativo, velocidade pelos lados com Artur e Elber e Fernandão no comando do ataque. Gilberto foi cortado por desgaste muscular, o que fez com que o ataque baiano perdesse mobilidade.

Sem Dani Alves e Antony, a serviço da seleção, Diniz manteve o 4-1-4-1 e promoveu a volta de Pato, junto dele, Liziero, TchêTchê e Hernanes compunham a linha de quatro. No entanto, o tricolor paulista se caracterizou pela mobilidade: Pablo saia da referência constantemente e chegou a atuar como pontas esquerda, Hernanes estava sempre próximo da bola, TchêTchê e Liziero também.

WhatsApp Image 2019-10-10 at 19.59.22Mapas de calor dos jogadores que compuseram o meio campo. (Foto: SofaScore)

A dinâmica do jogo estava clara antes mesmo da partida começar: o São Paulo com a posse, buscando ocupar o campo de ataque e o Bahia disputando no meio campo para recuperar e acelerar com seus pontas. A transição ofensiva dos mandantes seria uma arma perigosíssima.

O São Paulo teve a bola (60% de posse) e conseguiu ocupar o campo de ataque em certos momentos, mas não conseguiu criar grandes chances. A equipe foi lenta e pouco ofensiva. O modelo de Diniz prioriza a posse de bola, mas de forma veloz e que sufoque o adversário, para isso é fundamental que a equipe faça passes de ruptura, passes para frente que eliminam adversários. A equipe mostrou competência em fazer a manutenção da posse de bola – o que também é importante. Os jogadores se movimentavam e ocupavam os espaços necessários para criar linhas de passe ao portador da bola. A posse ofensiva será introduzida com o tempo. É preciso ser paciente.

WhatsApp Image 2019-10-10 at 19.59.27Mapa e direção dos 596 passes do SPFC (Instat)
WhatsApp Image 2019-10-10 at 19.59.31Apenas cinco foram passes chaves, que eliminam adversários colocando o companheiro em boa posição para avançar e/ou finalizar (Instat)

Os contra-ataques do Bahia eram uma grande preocupação do torcedor são-paulino. O modelo de Diniz prevê a pressão pós-perda como principal mecanismo para lidar com esses cenários. No entanto – assim como o passe de ruptura – a pressão pós-perda ainda não é um conceito totalmente assimilado. A equipe teve falhas estruturais e deu espaço ao Bahia. As chances não foram convertidas por boas intervenções individuais, especialmente de Luan e Bruno Alves, se recuperando bem e intervindo com precisão.

Diniz terá uma grande barreira para desenvolver seu trabalho. A tática não é um universo à parte no futebol, é uma organização que engloba outros setores do jogo: o técnico, o psicológico e o físico. E o São Paulo está mostrando muita dificuldade em manter seus jogadores em uma condição física competitiva. O trabalho de Cuca foi fortemente minado pelas lesões dos principais jogadores do elenco e contra o Bahia, as três alterações foram forçadas, com os substituídos saindo lesionados.

Dani Alves fez falta, mas a equipe não pode depender exclusivamente dele. Diniz precisa de tempo para implementar suas ideias. Jogos como o último são degraus e nenhum pode ser pulado. O Bahia segue na briga por uma vaga na Libertadores. Não fez grande partida mas competiu, impondo dificuldade. Tem seu estilo e mantendo o trabalho tem condições de alcançar seus objetivos.

São projetos. Mesmo as partidas pouco atrativas são etapas de um processo importante. Não se faz futebol de outra forma, ao menos hoje em dia.

@pedro17galante

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s