A sensação está de volta! – ANÁLISE TÁTICA DE AJAX 3×0 LILLE

Por Pedro Galante

Na volta da Champions League, em meio aos duelos de gigantes, um confronto bem menos badalado, mas muito qualificado: Ajax x Lille. Os holandeses, sensação da última edição da competição, contra os franceses reunindo talento e juventude.

O Ajax venceu por 3 a 0 com certa tranquilidade. Os comandados de Erik tenHag se impuseram com e sem a bola e fizeram uma grande partida diante de sua torcida. O bom desempenho dos mandantes pode ser explicado por dois mecanismos táticos.

O primeiro está no ataque. O Ajax veio a campo em um 4-2-3-1 com Ziyech, Promes e Neres atrás de Tadic, mas na pratica, era um 4-2-4, uma vez que Promes avançava bastante pelo centro. Tadic e Promes se revezam no ataque, enquanto um se movimentava para dar opção de passe, o outro atacava a área com muito vigor. Essa movimentação confundiu muito a linha defensiva do Lille.

WhatsApp Image 2019-09-18 at 08.34.13Lance do gol: perceba como Promes é um centroavante ao lado de Tadic. (Foto: Instat/ Pedro Galante)

O outro mecanismo é defensivo. Álvarez e Martínez, a dupla de volantes do Ajax, são zagueiros de oficio e isso deixou o meio campo mais combativo. Os atacantes tinham muita liberdade para se movimentar e os laterais para avançar pois havia sustentação. Toda vez que o Lille recuperava a bola e buscava acelerar o jogo – essa foi a grande estratégia de Galtier – Álvarez e Martinez estavam lá para pressionar e recuperar a bola.

WhatsApp Image 2019-09-18 at 08.34.18Álvarez e Martínez: sustentação e pressão pós-perda. Verdadeiras engrenagens no meio campo. (Foto: Instat/ Pedro Galante)

Na segunda etapa, os mandantes aumentaram o placar com Álvarez recebendo em infiltração após ótima jogada de David Neres e com Tagliafico marcando de cabeça no escanteio, destaque para o bloqueio de basquete de Tadic para que o lateral cabeceasse sozinho.

Ajude a melhorar nossas análises táticas! Contribua com o MW Futebol e ajude a manter o acesso gratuito aos nossos textos.

R$10,00

Apesar de muita disposição o Lille viu sua estratégia de contra-ataques pararar na pressão pós-perda adversária. O Ajax venceu e convenceu, mostrando que pode, mais uma vez, dar trabalho na competição.

@pedro17galante

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s