Os primeiros passos de Léo Passos e a vitória de entrega – ANÁLISE TÁTICA LONDRINA 2×1 CORITIBA

Por Rafael Santos

WhatsApp Image 2019-09-16 at 14.09.08

Após a demissão do técnico Alemão e a volta de Claudio Tencati, a equipe londrinense vinha oscilando e não conseguia se quer fazer gols, nas ultimas três rodadas foi derrotado por Guarani, CRB e Brasil de Pelotas, todos por 1×0. Para enfrentar um dos seus maiores rivais, o técnico promoveu algumas mudanças promovendo estreias de recém-chegados e jogadores da base, algo muito interessante. O Londrina Esporte Clube veio a campo no 4-2-3-1 clássico, mas podendo variar para o 4-3-3 padrão.

O goleiro César se mantem na equipe mesmo após algumas falhas, enquanto isso a linha defensiva foi bastante modificada, o lateral direito Alemão entra na vaga de Raí Ramos, o zagueiro Lucas Costa ganhou a vaga de Wallace Acioli, o lateral esquerdo Juninho ganhou a vaga de Breno e o único remanescente foi Léo Rigo na formação de zaga pelo lado esquerdo.

A dupla de volantes é a melhor possível em relação ao elenco, Anderson Leite e Germano fazem bem o seu papel e conseguem conciliar a transição ofensiva e defensiva, jogando mais adiantado Higor Leite centraliza mais as jogadas e distribui passes buscando amplitude e profundidade dos extremos, além disso, finaliza bem de fora da área e ocupa espaços abertos pelo centroavante. A linha ofensiva teve Luidy pela esquerda e o garoto da base Victor Daniel de apenas 19 anos pelo lado direito, enquanto isso o centroavante Junior Pirambu se mantem na equipe.

Logo no começo da partida a estratégia de jogo ficou clara, Higor Leite pressiona o portador da bola e Anderson Leite vem de trás em liberdade ocupando o espaço aberto por Junior Pirambu.

ChilexUruguaiPressão ao portador de bola, necessidade de quebrar o passe adversário.

O centroavante Junior Pirambu foi muito inteligente durante toda a partida, se movimentou abrindo espaços para os jogadores que vem de trás, além disso, articulou bem as jogadas em que a bola passou no seu pé e principalmente proporcionou as associações, mas os companheiros não souberam explorar essa jogada. Junior Pirambu se aproxima de Luidy abrindo espaço para o avanço, mas o atacante forçou o chute sem necessidade.

ChilexUruguaiJunior Pirambu se movimenta gerando espaço, mas Luidy desperdiça a jogada.

Novamente Junior Pirambu se desloca buscando a aproximação e Higor Leite ocupa seu espaço, mas Anderson Leite força a finalização mesmo em total liberdade.

ChilexUruguaiJunior Pirambo e Higor Leite trocam de posição, mas Anderson Leite força a finalização.

Ambos os lances mostram que o Londrina conseguiu recuperar bem a posse de bola aplicando a marcação alta, mas em vários momentos não soube o que fazer quando o Coritiba conseguiu trazer seu bloco defensivo, algo a se trabalhar. Essa próxima jogada deixa claro que a tomada de decisão é errônea quase sempre, o Londrina consegue a igualdade numérica próxima a pequena área e gera espaço para quem vem de trás, mas Luidy novamente não consegue não sequencia no jogo de aproximação e desperdiça a jogada forçando o cruzamento de qualquer jeito.

ChilexUruguaiIgualdade numérica e aproximação do volante entrando na área.

Na segunda etapa o Londrina se manteve na proposta de jogo, mas cansou fisicamente e não conseguiu criar opções de jogo nos primeiros 30 minutos, o atacante Matheuzinho recém chegado foi a campo na vaga de Luidy, principalmente para ajudar as transições, mas não participou tanto da jogo por que minutos após a sua entrada Lucas Costa foi expulso fazendo com que Victor Daniel fosse substituído para a entrada do zagueiro Wallace Acioli recompondo a linha de quatro.

A partir desse momento o Londrina jogou no 4-3-2 fazendo com que Higor Leite e Anderson Leite revezassem quem faria o avanço de cada vez, ainda mais quando Junior Pirambu cansou fisicamente devido a sua forte movimentação, dando vaga para Léo Passos que pode intercalar as ações ofensivas com Matheuzinho.

Novamente Anderson Leite usa o vigor físico para impor-se ao modelo de jogo curitibano, o zagueiro perde a posse de bola e o companheiro não consegue recompor dando cobertura.

ChilexUruguaiAnderson Leite se desprende da área e força o desarme ao portador da bola.

O modelo de jogadas aéreas se mantem o padrão com linha de quatro ofensiva buscando o rebote e mantem apenas um jogador próximo a área para dar seguimento a transição ofensiva ou brigar pela segunda bola.

ChilexUruguaiMovimentação direcional pós-cobrança de falta ou escanteio em dois lances.

O segundo gol londrinense sai em jogada de recuperação de bola, Léo Passos pressiona o portador de bola e gera instabilidade fazendo com que a defesa do Coritiba não tenha a superioridade numérica devido à expulsão.

ChilexUruguaiLéo Passos impõe a pressão na saída de bola, gerando o gol de desempate.

No geral o Londrina fez uma partida mediana, o adversário não impôs nada de diferente e não chegou ao gol com tanto perigo mesmo quando teve um jogador a mais. O Londrina ficou refém dos avanços de Anderson Leite que teve vitalidade durante toda a partida e os extremos não conseguiram absorver isso, além de tudo Junior Pirambu buscou associações, mas quase nunca foi acionado de forma vertical.

Dependemos de você para continuar nosso trabalho! Se gosta, contribua para a manutenção do MW Futebol!

R$50,00

As mudanças e estreias deram um novo espirito ao time, agora temos que esperar quem vai se firmar e quem volta ao time.

@Rafinha_Esporte

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s