Quem vence é o mandante: ANÁLISE TÁTICA – ATHLETICO 1 x 0 INTERNACIONAL

Por Luiz Martins

Na Arena da Baixada, foi dada a largada para os dois confrontos entra Athletico-PR e Internacional, duas equipes que até este momento, possuem desempenho diferente quando jogam como mandantes e apostam em outra estratégia fora de seus domínios. Além disso, são times antagônicos em relação a seu modelo de jogo:

Athletico: time mais propositivo, que busca a posse como principal característica, trocas rápidas de corredor e buscar ataques a última linha em velocidade;

Internacional: time que reage as ações adversárias, com solidez defensiva, apostando em verticalizar o jogo principalmente em transições, mesmo que em muitas situações utilize triangulações e toques curtos para chegar com agressividade ao gol adversário.

Dito isto, a equipe colorada desde o apito inicial se postou em um bloco mais baixo (mais próximo a sua área), buscando o fechamento de espaços, jogo compacto, na tentativa de cortar a velocidade e intensidade do furacão, algo comum e que se repete em todos os jogos fora de casa, na temporada 2019, mas mais evidente em jogos de mata – mata, seja na Libertadores ou Copa do Brasil.

inter1Bloco defensivo compacto do Internacional, na primeira etapa (Fonte: Instat /Edição: Luiz Martins)

Esta estratégia teve certo efeito neste jogo, mas aos poucos foi sendo desvendada pelo adversário, que utilizando laterais mais altos e utilizando muita mobilidade dos homens de meio, dificultava a marcação das entrelinhas e também a saída rápida ao ataque pelas laterais coloradas, que tinham Nico e D´alessandro abertos, sem receber bolas pra buscar construir jogadas, subir as linhas e encostar em Guerrero para se associarem e finalizarem ao gol de Santos. Nas poucas vezes que chegou ao ataque, levou perigo pelos pés dos 2 jogadores citados. Bruno também era o responsável por pressionar os dois interiores colorados (Edenilson e Patrick), que não possuíam espaços para transitar e estiveram em uma péssima noite, junto com Guerrero, que conseguia vencer muitos duelos com os zagueiros, mas sentia-se uma ilha no ataque, pela falta de companheiros próximos a ele.

inter2Furacão utilizando amplitude e mobilidade na entrelinha. Organização para atacar. (Fonte: Instat /Edição: Luiz Martins)

O athletico com os laterais abertos, abria o campo de jogo e dava liberdade para as interações de Wellington, Cittadini e Bruno Guimarães. Bruno, por ter uma grande capacidade de construção de jogo, foi o responsável por ditar o ritmo do furacão, subindo linha com passes encontrando companheiros bem posicionados, as costas dos volantes colorados, na entrelinha adversária, mas com a falta de mobilidade dos homens na linha de zagueiros, que não conseguiam retirar os jogadores de sua posição sustentando-a, deixava a marcação colorada confortável em sua estratégia.

Com o retorno para a última etapa em Curitiba, o panorama manteve-se idêntico a primeira etapa, mas aos poucos foram abrindo-se espaços entre os zagueiros colorados, que saiam mais em perseguições fora de seu ótimo posicionamento, deixando buracos mal cobertos por companheiros. Na insistência desta mobilidade o Athletico marcou o único gol da partida pelos pés de Bruno Guimarães, em lance em que para muitos colorados lembrou o ocorrido contra o Flamengo no jogo do Rio de Janeiro.

inter3Troca de posicionamento quebrando a linha defensiva, com Bruno Guimarães atacando o espaço. (Fonte: Instat /Edição: Luiz Martins)

O Inter com o resultado desfavorável, buscou maior volume ofensivo, com a entrada de Wellington Silva e após Nonato, que colocaram maior intensidade e chegada à frente do time, mas não foi suficiente para ao menos empatar o jogo.

Assim, os dois times agora irão ao Beira-Rio, para decidirem durante noventa minutos o campeão da Copa do Brasil 2019. O título está EM ABERTO.

@ojunomartins

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s