Panorama do Apertura 2019 depois de 5° rodadas disputadas

Por Henrique Mathias

WhatsApp Image 2019-08-23 at 13.40.50

Depois de 45 jogos disputados, completando 5 rodadas de 17 do Apertura 2019, trago nesse texto um panorama de tudo que tivemos até agora no segundo campeonato mais forte de nosso continente. Nesse texto iremos abordar apontamentos táticos de cada uma das dezenove equipes do campeonato mexicano e também trazer dados sobre o desempenho das equipes e jogadores, sem nenhum uso de estatísticas, apenas se baseando em notas que atribuo a todos eles após as partidas, levando em consideração tudo que assisti na partida. Vamos começar?

WhatsApp Image 2019-08-23 at 19.59.35

Léon

Colocação Real: 10º colocado, com 7 pontos em 4 rodadas.

Vice-campeão do último Clausura, o Léon mantem as mesmas bases táticas da última campanha, jogando no 4-2-3-1, apostando numa dupla de volantes com enorme qualidade no passe e que circulam por todo terreno. É uma equipe que gosta de jogar com o contra-ataque, utilizando a velocidade de seus pontas e atacantes. Defendem com bastante intensidade e agressividade, quase sempre com encaixes por todo o terreno.

Nacho Ambriz tem pontos para ajustar em termos da transição defensiva de sua equipe e o modo como a bola parada defensiva, foi um problema contra Monterrey e Chivas, mas em termos gerais é a equipe mais divertida e ofensiva do México e nos entregou os melhores jogos do torneio até o momento.

Pumas

Colocação Real: 5º colocado, com 9 pontos em 5 rodadas.

Os Auriazules fizeram um péssimo Clausura, terminando na décima quinta colocação e isso levou a mudanças no comando técnico da equipe, sendo a principal delas a contratação de Míchel como treinador. O Pumas pensou numa alternativa mais ousada, buscando alguém com boa experiência no comando de equipes em ligas fortes da Europa.

E vem dando muito certo. Míchel tem trabalho sua equipe dentro do 4-3-3 com Andrés Iniestra como primeiro volante, um jogador de qualidade incrível no passe e com dois meias de boa chegada na área rival. O trio de ataque conta com dois pontas que constroem de maneira diferente, com Malcorra sendo efetivo pelas beiradas e com Barrera construindo por dentro. No comando do ataque vem Carlos Gonzales.

Sua equipe presa muito pela posse de bola, consegue movimentar bastante a bola em campo ofensivo e vem protagonizando boas partidas. Por vezes faltou maior contundência para transformar o domínio em gols e isso custou pontos.

América

Colocação Real: 2º colocado, com 13 pontos em 5 rodadas.

Campeão do Apertura 2018 e do último Clausura, o América continua demonstrando uma consistência incrível sob o comando de Piojo Herrera. Mesmo lidando com muitos problemas nesse começo de torneio, Marchesín e Uribe vendidos ao Porto e Nico Castillo machucado por exemplo, consegue se manter na ponta através de seu sistema defensivo sólido, do excelente trabalho coletivo moldado por Herrera e também pela força do elenco.

O América continua jogando no 4-2-3-1 como já é característico nos trabalhos de Piojo, mas da equipe do torneio passado para essa atual, vejo mecanismos de saída de bola melhores trabalhados, com o segundo volante baixando mais para ajudar na dinâmica. Além disso, em campo ofensivo está ainda mais vertical, com Renato Ibarra e Roger Martinez sempre como armas para acelerar o jogo e criar através do drible.

Ajude a melhorar nossas análises táticas! Contribua com o MW Futebol e ajude a manter o acesso gratuito aos nossos textos.

R$10,00

Santos

Colocação Real: 3º colocado, com 12 pontos em 5 rodadas.

O Santos começou o Apertura com força total, vencendo 4 partidas em sequência e demonstrando um nível de jogo altíssimo. Guillermo Almada assumiu a equipe semanas antes da competição começar e mudou as bases táticas da equipe nos últimos anos. Saiu o 4-2-3-1, muito utilizado com Salvador Reyes e Robert Siboldi, os treinadores anteriores e ganhou espaço um 4-2-2-2 bem a brasileira, com pontas que constroem bastante por dentro e com um segundo atacante de muita capacidade técnica encostando no centro avante e sendo um articulador em campo ofensivo. Além disso, Diego Valdes tem sido opção para o segundo tempo, com o Almada optando por dois volantes de maior aptidão física.

Querétaro

Colocação Real: 1º colocado, com 13 pontos em 5 rodadas.

O Querétaro cresceu muito na última década, conseguindo ser presença constante na primeira divisão e investindo em jogadores de muita qualidade, com Tiago Volpi, maior ídolo da história do clube e Ronaldinho Gaúcho. Com esse investimento, a equipe foi vice-campeã do Clausura de 2015 e venceu a Copa MX em 2016. Contudo, no último torneio o momento mudou, com Volpi deixando o clube e uma campanha terrível, acabando o Clausura 2019 em penúltimo lugar, com apenas 11 pontos conquistados em 17 rodadas.

O clube contratou nomes interessantes para a temporada, mas a grande mudança de desempenho se deve mesmo a chegada de Víctor Vucetich. O experiente treinador deu uma cara a essa equipe com pouco tempo de trabalho, potencializando os mais experientes e dando confiança para alguns jogadores que tinham muita expectativa, mas estavam rendendo pouco. Exemplo do goleiro Gil Alcalá e do volante Luís Romo.

Os Gallos têm jogado no 4-2-3-1, com muita inteligência para se movimentar em campo, com excelente comprometimento para defender e com um nível de concentração altíssimo. A bola parada tem sido outra arma letal.

ai

 

Monterrey

Colocação Real: 6º colocado, com 9 pontos em 5 rodadas.

O Monterrey de Diego Alonso se caracterizou no primeiro semestre como uma equipe muito forte defensivamente, com uma ideia de jogo de baixar suas linhas, tirar o ritmo da partida e cozinhar os rivais. Em certo momento, subia a intensidade e a qualidade de suas peças ofensiva falava mais alto. Desta maneira conquistou a Liga dos Campeões da Concacaf e chegou a semifinal do último Clausura.

Nessas primeiras cinco rodadas, Alonso vem trabalhando uma dinâmica diferente com sua equipe. Com Rodolfo Pizarro deixando de ser um terceiro homem de meio campo para jogar com um verdadeiro segundo atacante e sendo uma equipe mais propositiva, está inclusive liderando o campeonato entre as equipes que mais trocam passes no terço final do campo. Existem ajustes para serem feitos, a defesa está um pouco abaixo do que pode, mas continua sendo uma excelente equipe.

Tigres

Colocação Real: 4º colocado, com 10 pontos em 5 rodadas.

O trabalho mais duradouro do futebol mexicano e que tem as maiores conquistas nesta década. Tuca Ferretti está em seu décimo oitavo torneio no comando do Tigres e vive um momento diferente dos últimos anos. Desde que André-Pierre Gignac chegou ao México, o Tigres tem um padrão de jogo muito bem definido, priorizando a posse de bola, fazendo sua saída de bola com suporte dos laterais e tendo na figura do centroavante francês, um jogador capaz de coisas mágicas e muito participativo na construção ofensiva como um todo.

Acontece que Gignac está perdendo velocidade e sua versão atual, é sem dúvidas, a menos global da carreira, a que mais depende da criação do time para que possa render e sabendo disso, Tuca está trabalhando um jogo exterior muito forte, onde LuisQuiñones tem enorme responsabilidade e através de cruzamentos laterais consegue alimentar seu goleador.

Cruz Azul

Colocação Real: 8º colocado, com 8 pontos em 5 rodadas.

Finalista do Apertura 2018 e Campeão da Copa MX do mesmo ano, o Cruz Azul de Pedro Caixinha segue tendo uma cobrança muito grande de seu torcedor por um título do Campeonato Mexicano, que não acontece desde 1997. Sabendo disso e acreditando que a equipe poderia ganhar um outro peso, jogando de maneira mais ofensiva e associativa, Caixinha está comandando uma mudança profunda no modo como a equipe joga. Sai a equipe do ritmo lento, das linhas baixas e do contra-ataque e entra uma equipe que busca dominar a posse de bola, fazer sua saída em 3-4 e contar com pontas mais presos a linha lateral do campo.

O desempenho inicial foi bom, mas faltou colocar a bola na rede, mas Caixinha manteve suas convicções e a equipe engatou duas vitórias seguidas. Importante citar YoshimarYotun como destaque aqui, é o principal articulador dessa equipe e faz um grande torneio.

Chivas

Colocação Real: 11º colocado, com 7 pontos em 5 rodadas.

O Chivas mantém firme suas tradições de contar apenas com jogadores mexicanos, mas com uma Liga MX cada vez mais internacionalizada, isso acaba sendo um problema em termos de talento disponível e a equipe tem vivido temporadas onde precisa apostar numa consistência defensiva grande para competir. Pensando nisso, Tomas Boy tem utilizado o 5-3-2 como esquema base da equipe, sempre contando com muito jogo direto para Pulido e Peralta. Contudo o grande mérito de Boy é o modo como está sabendo utilizar o seu jogador mais técnico: Javier López. Chofís é daquelas meias baixinhos, extremamente qualificados tecnicamente, com grande visão de jogo e muita capacidade para se associar dentro de campo. É o camisa 10 que liga os setores do Chivas e tem ajuda a equipe a jogar bem. Ainda que na tabela, a equipe não esteja onde deseja, o desempenho tem sido bom.

Pachuca

Colocação Real: 13º colocado, com 4 pontos em 5 rodadas.

Os Tuzos viveram um Clausura muito conturbado, iniciando a campanha com o comando de PakoAyestarán e com Martín Palermo assumindo no meio do torneio. O ex-atacante do Boca Jrs, conseguiu recuperar a confiança dos atletas e terminar de maneira digna a campanha. Contudo, com um elenco cheio de peças talentosas se esperava um outro nível de jogo para o Apertura.

Palermo continua apostando no 4-3-1-2 como sistema de jogo, mas está enfrentando muitos problemas com a transição defensiva de sua equipe, que sofreu 10 gols em 5 jogos. Ofensivamente aposta muito no jogo exterior, com os laterais tendo bastante peso e no faro de gol de Franco Jara. O desempenho vem sendo melhor do que a campanha em si, precisa ajustar defensivamente.

hi

Necaxa

Colocação Real: 9º colocado, com 7 pontos em 5 rodadas.

O Necaxa tem sido uma equipe sólida nos últimos anos no futebol mexicano, sempre ficando longe da luta contra a queda para a Liga Ascenso e beliscando uma vaga na Liguilla, o Mata-Mata do México, vez ou outra. O elenco do clube para esse torneio é pouco qualificado e bem curto, contudo Guillermo Vázquez ganhou uma contratação muito interessante e está sabendo como a utilizar da melhor maneira. Maximiliano Salas chegou do O´Higgins do Chile por 2 milhões de dólares e está mostrando todo o seu talento nessas primeiras rodadas. Marcou um hat-trick contra o Veracruz e na última rodada derrubou o Santos, até então líder com um doblete. Toda a chance da equipe de estar entre os 8 melhores do torneio ao final de 17 rodadas, passa pelo argentino manter seu rendimento.

Atlas

Colocação Real: 7º colocado, com 9 pontos em 5 rodadas.

É um pouco estranho que uma equipe que esteja em sétimo na tabela de classificação, apareça apenas na décima segunda colocação no ranking de desempenho, mas o calendário ajudou bastante o Atlas no começo do campeonato e o time de Guillermo Angel Hoyos embora tenha conquistado resultados importantes, sente falta de maior talento no ataque e joga sempre com muito risco. Os pontos altos são Osvaldo Martinez ditando o ritmo no meio-campo e Jorge Segura, apesar de muito jovem, sendo a peça de equilíbrio no sistema defensivo.

Hoyos tem variado entre o 4-2-3-1 e o 4-4-1-1. Como tem poucos pontas de qualidade em seu elenco, a equipe tem se portado melhor no segundo esquema, com um segundo atacante de velocidade encostando no Correa.

Atlético de San Luís

Colocação Real: 14º colocado, com 4 pontos em 5 rodadas.

Um dos recém promovidos e jogando pela primeira vez na elite mexicana, o Atlético de San Luís aposta na continuação do trabalho de Luis Alfonso Sosa para fazer um bom papel. O começo é animador para o torcedor, que já viu sua equipe vencer o Monterrey e empatar com o Tigres, jogando melhor, nessas primeiras rodadas. Sosa aposta no 4-4-2, com enorme peso para o jogo exterior com Catalan e Mayada pela direita e confiando que Nicolas Ibanez vai repetir os gols que marcava na segunda divisão.

Tijuana

Colocação Real: 12º colocado, com 7 pontos em 4 rodadas.

Os Xolos de Tijuana estão vivendo um momento de aperfeiçoamento em seu estilo de jogo. Contando com uma sequência no trabalho de Oscar Pareja e tendo peças como Leonel Miranda e Miller Bolaños, cada vez mais a equipe tem apostado num jogo muito associativo e que presa pelo controle da posse de bola. Jogando no 4-4-2, Pareja tem optado por ter um meio-campista como lateral esquerdo, o trazendo para armar o jogo por dentro no momento ofensivo, enquanto pela direita o lateral é mais profundo para aproveitar os movimentos de Bolaños que sai da ponta para o centro para jogar na entre linha.

Existem ainda muitos ajustes necessários para melhorar a efetividade no ataque, mas a equipe se defende bem ficando com a posse e vai ganhando entrosamento dentro da ideia de jogo do seu treinador.

Monarcas Morelia

Colocação Real: 15º colocado, com 3 pontos em 5 rodadas.

Javier Torrente tem em suas mãos um dos elencos mais fracos da primeira divisão mexicana. Um goleiro pouco confiável, nenhuma peça defensiva de qualidade acentuada, meio-campistas de pouca versatilidade. O ataque é o setor onde encontramos a maior gama de talento da equipe e ainda assim não é nada muito acima da média. Torrente já optou pelo 4-2-3-1, 4-5-1, 4-4-2 e o 3-5-2. O melhor da equipe aparece sempre na figura de Edison Flores, um armador de jogo que é muito influente em campo ofensivo e tem capacidade para colocar os companheiros na cara do gol.

Contudo, não existe volume de jogo suficiente para criar chances em propulsão e o sistema defensivo é nada confiável. Falta intensidade, agressividade e inteligência.

WhatsApp Image 2019-08-23 at 19.59.35 (4)

Juárez

Colocação Real: 16º colocado, com 3 pontos em 5 rodadas.

A outra equipe recém-promovida para a Liga MX, o Juárez tem feito partidas dentro de suas possibilidades sob o comando de Gabriel Caballero. O time joga no 4-4-2, com dois laterais defensivos, dois volantes de força física e boa leitura defensiva. Ofensivamente o peso ofensivo fica em cima de Mauro Fernandez, AngeloSagal e Dario Lezcano, 3 atletas com boa experiência na carreira. Falta conseguir aumentar a dinâmica ofensiva e dar tempo para os atletas da defesa se acostumarem ao ritmo da primeira divisão.

Puebla

Colocação Real: 18º colocado, com 1 ponto em 4 rodadas.

O Puebla brigou por vaga na Liguilla no Clausura passado, mas o começo de Apertura está sendo um verdadeiro show de horrores para a equipe treinada por Chelís. O treinador tem tentado melhorar o desempenho da equipe, mas está sendo em vão. O 5-3-2 foi o esquema utilizado nas 4 rodadas do campeonato, buscando uma consistência defensiva maior e em somar saídas para os contra-ataques. Mas a falta de qualidade em seus laterais e em seus pontas.

Veracruz

Colocação Real: 19º colocado, com 1 ponto em 4 rodadas.

O Veracruz é o exemplo perfeito do que um clube não deve fazer. Contratações sem critério, nenhuma tranquilidade para o treinador trabalhar e pouco apoio do torcedor. Jose Luis Gonzalez vem tentando trabalhar com o que tem em mãos e vem trocando entre o 4-4-2 e o 4-3-3 e a equipe até conseguiu um bom jogo contra o Pachuca e um jogo correto contra o Atlas. Mas não existe regularidade, tomar 7×0 do Necaxa foi um balde de agua fria no que parecia uma reação da equipe. São 31 jogos sem vencer na primeira divisão.

Toluca

Colocação Real: 17º colocado, com 1 ponto em 5 rodadas.

O Toluca fez a Final do Clausura 2018, mas o momento vivido agora é outro. A equipe treinada por Ricardo La Volpe tem qualidade técnica, mas não consegue se encaixar dentro de campo. La Volpe começou o torneio jogando no 4-4-2 e o time até fez apresentações agradáveis contra Querétaro e Cruz Azul. Buscando aumentar a solidez defensiva, La Volpe mudou para o 5-3-2 e a equipe piorou ainda mais seu rendimento. Falta concentração, falta agressividade e falta principalmente tranquilidade para definir as jogadas no terço final.

WhatsApp Image 2019-08-23 at 20.21.14

Brian Lozano

5 Jogos, 4 gols e 2 assistências. Lozano é o craque do Apertura até o momento, sendo o jogador de maior desequilíbrio do Santos. Oferece de tudo um pouco pelo lado direito, sendo um jogador dedicado para defender e com enorme qualidade para atacar.

Miller Bolaños

4 Jogos, 2 assistências.Bolaños vem fazendo um torneio espetacular, sendo o jogador que organiza o Tijuana em campo ofensivo, partindo da direita, mas caindo pelo centro para atacar a entre linha. O talento do Equatoriano para realizar a leitura do lance, antes mesmo da bola chegar, é uma coisa de louco.

Maxi Salas

5 Jogos, 4 gols e 1 assistência. O talento ofensivo que vem sendo decisivo para o Necaxa competir dentro das partidas. Salas é um jogador extremamente habilidoso, com muita qualidade no 1×1 e que consegue juntar sua equipe em campo ofensivo.

Victor Malcorra

5 Jogos, 1 gol e 2 assistências. Malcorra é o jogador ofensivo mais importante do Pumas, sendo a peça que oferece profundidade pelo lado esquerdo. Seus cruzamentos estão cada vez melhores e tendo um centroavante como Carlos Gonzalez, isso acaba sendo ouro.

Luís Romo

5 Jogos, 2 gols e 1 assistência. Romo começou o torneio como zagueiro e não teve um desempenho muito destacado. Contudo, quando passou para o meio-campo na terceira rodada, atingiu outro nível de jogo, se tornando peça chave para os Gallos e um dos melhores do Torneio.

WhatsApp Image 2019-08-22 at 21.10.04

Gil Alcalá viveu uma espera longa por espaço no gol do Querétaro, com Volpi brilhando por 8 torneios seguidos com a camisa dos Gallos. Contudo, agora que recebeu uma sequência de jogos e tem a confiança da equipe e do treinador, o goleiro de 25 anos vem demonstrando toda sua qualidade. Com excelentes reflexos e um posicionamento muito bom, é até o momento o melhor goleiro do Apertura. Hugo Gonzalez vem sendo importante para o Necaxa, mostrando sua qualidade de posicionamento e bom tempo de reação. Nahuel Guzmán e Jesús Corona tem demonstrado a qualidade de sempre, dois dos melhores goleiros do país nos últimos 5 anos. Camilo Vargas é novidade no Atlas e vem sendo fundamental para a campanha da equipe.

WhatsApp Image 2019-08-22 at 21.10.10

Matias Catalan tem sido a principal válvula de escape do recém promovido Atlético de San Luis, somando muito em profundidade pela direita e sabendo o momento de ser agressivo na defesa, com isso vem liderando o torneio entre os laterais. Miguel Layún e Chaka Rodríguez são laterais consagrados, de seleção Mexicana e apesar de terem oscilado bastante nesse começo do torneio marcam presença na lista. Paganoni tem sido a única notícia positiva envolvendo o Veracruz, vivendo o melhor momento de sua carreira e buscando sozinho organizar o jogo de sua equipe. Mozo fecha lista mostrando muito do que é como lateral: seguro, concentrado e regular.

WhatsApp Image 2019-08-22 at 21.10.18

Jorge Segura e Jair Pereira lideram a competição entre os zagueiros, de lado opostos da moeda. Segura pertence ao Watford, tem 21 anos de idade e está vivendo um momento novo na carreira, tendo sequencia no Atlas e se mostrando um zagueiro fortíssimo no jogo aéreo. Já Jair Pereira viveu bons momentos no Chivas e aos 32 anos chegou ao Querétaro para ajustar o sistema defensivo dos Gallos e vai conseguindo.

Alexis Pérez começou o torneio como lateral esquerda, mas atuou nas últimas 3 partidas como zagueiro e se saiu muito bem. Veloz, intenso e com bom tempo de bola. Quintana e Valdez completam a lista, mesmo sem fazer nenhuma partida muito acima da média, são zagueiros regulares.

WhatsApp Image 2019-08-22 at 21.10.13

Jesus Escoboza e Jeison Ângulo tem sido exceção dentro de um torneio com laterais esquerdos muito abaixo do esperado. Os dois oferecem muito ofensivamente a suas equipes, sendo atletas que atuam também como ponta. Arteaga, Díaz e Calderon são laterais com bom trabalho defensivo, mas extremamente limitados no ataque.

WhatsApp Image 2019-08-22 at 21.10.15

YoshimarYotún e Luís Romoestão liderando entre os meio-campistas, num torneio muito bom dos atletas do setor. Yotún é quem oferece continuidade ao Cruz Azul, sendo um volante que busca muitos passes para frente e aparece sempre para criar a linha passe. Já Romo é sólido defensivamente, visto que é zagueiro de origem, mas está sendo fundamental também pisando na área e ajudando com a bola parada ofensiva.

Osvaldo Martinez, AndresIniestra e Javier López são atletas de perfil parecido. Refinamento técnico, boa movimentação, qualidade no passe e limitação física. A sua maneira, cada um deles vem contribuindo muito para o melhor desempenho de suas equipes.

WhatsApp Image 2019-08-22 at 21.10.16

Os pontas tem obtido um rendimento incrível nesse Apertura e as notas deles compravam isso. Como já falei sobre Lozano, Bolaños e Malcorra lá em cima, vamos detalhar a dupla do América aqui. Renato Ibarra é um jogador específico, com qualidades bem definidas e que dentro da ideia de jogo do Piojo Herrera acaba sendo fundamental. Ponta que busca sempre a linha de fundo e comanda a transição ofensiva pelo lado direito.

Já Roger Martinez é um jogador muito versátil, tendo atuado como ponta, segundo atacante e centroavante nessas 5 rodadas. Jogador dotado de uma capacidade de explosão muito boa e que está evoluindo seu jogo de costas.

WhatsApp Image 2019-08-23 at 20.37.45

Maxi Salas lidera entre os atacantes, sendo o único o segundo atacante da lista. Jogador incrível em termos técnicos. Furch e Gignac vem tendo desempenho parecidos: apagados quando a equipe oferece pouco em volume de jogo, muito efetivo quando ativados de maneira correta, principalmente com cruzamentos laterais.

Pulido é fundamental para o Chivas recebendo jogo direto, segurando a bola para o time subir suas linhas. Já Ake Loba é o homem mais avançado do Querétaro, sendo um jogador voltado aos desmarques de ruptura e que aproveita muito bem os espaços criados por sua equipe para punir com sua velocidade.

@riquemathias

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s