Com dedo do treinador – ANÁLISE TÁTICA DE ATHLETICO 0 X 1 SÃO PAULO

Por Pedro Galante

Em partida válida pela 13º rodada o Athletico Paranaense e São Paulo se enfrentaram na Arena da Baixada. O São Paulo venceu e se consolidou na briga pelo título. O técnico Cuca teve importante influência no resultado.

O Tricolor veio a campo em um 4-1-4-1, com Igor Vinicius no lugar de Juanfran na lateral direita e Vitor Bueno no lugar do suspenso Everton.

spfc3.png

Difícil de contra-atacar: pontas muito recuados e só Raniel a frente. (Foto: Instat/ Pedro Galante)

O Athletico dominou a posse de bola e o São Paulo tinha dificuldade para criar, seja em contra-ataques ou em ataques organizados. Os pontas realizavam encaixes individuais nos laterais, que jogam avançados, e isso dificultava muito as transições, pois ao roubar a bola, somente Raniel estava em condições de acelerar. Nos ataques organizados, o problema era o mesmo: Raniel distante dos demais companheiros. Tchê Tchê, Dani e Liziero tinham peso importante na saída de bola e não infiltravam tanto, os pontas ficavam abertos em amplitude. Raniel, que não é um centroavante de movimentação como Pablo, ficava só e o Athletico conseguia proteger a área com facilidade.

SPFC 2

Sem movimentações de Raniel e com pouca chegada de Dani ou Liziero, envolvidos na saída de bola, ficava difícil criar. (Foto: Instat/ Pedro Galante)

Percebendo isso, Cuca alterou o desenho de sua equipe. Por volta dos 20 minutos, o 4-1-4-1 virou um 4-2-3-1 com Liziero de ponta esquerda, Vitor Bueno jogando atrás de Raniel e Dani e Tchê Tchê como volantes.

Com essa mudança, Vitor Bueno se juntava a Raniel no ataque à área e Liziero, que mesmo sendo ponta aparecia por dentro, era um armador mais avançado no campo.

spfc1.png

Mudança para o 4-2-3-1. Vitor Bueno e Liziero mais próximos de Raniel. (Foto: Instat/ Pedro Galante)

Aos 40, Igor Vinicius recupera a bola no lado direito e começa o contra-ataque, junto com ele Antony, Raniel e Vitor Bueno. O lateral tocou para Vitor, que abriu o jogo para Liziero e fez a infiltração. O camisa 14 devolveu o passe para Vitor marcar o gol da vitória.

Ajude a melhorar nossas análises táticas! Contribua com o MW Futebol e ajude a manter o acesso gratuito aos nossos textos.

R$10,00

Cuca tem um ótimo elenco em mãos e pode construir a equipe de diversas maneiras – inclusive dentro de uma só partida – e mostrou domínio sob o elenco nessa partida. O São Paulo conseguiu uma vitória importantíssima e está a somente dois pontos da primeira posição.

@pedro17galante

Um comentário sobre “Com dedo do treinador – ANÁLISE TÁTICA DE ATHLETICO 0 X 1 SÃO PAULO

  1. Está vendo o jogo em loco, atrás do gol do São Paulo no primeiro tempo. Dessa visão, o time fica com um desenho diferente. Da esquerda para direita.

    10. 9

    11. 7
    5. 8
    6. 2
    4. 3

    1
    Dividindo o time em direito e esquerdo. As linhas flutuavam, da direita para esquerda e da esquerda para direita. Todossss. Muito bem treinados e com muita vontade. Nunca vi o São Paulo jogar dessa forma na defesa. Sensacional. Espero que tenham entendido a minha explicação. Abraços e Saudações Tricolores.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s