Pulverizando líderes – ANÁLISE TÁTICA NÁUTICO 2 x 1 SAMPAIO CORRÊA

Por Felipe Holanda

WhatsApp Image 2019-08-15 at 22.31.05

O Náutico vem se especializando em pulverizar líderes na Série C. Desta vez, a vítima foi o Sampaio Corrêa, que saiu dos Aflitos derrotado por 2 x 1. Com a vitória, o alvirrubro praticamente garantiu sua classificação à fase de eliminatória. Antes, o Timbu já havia batido, pela ordem, Ferroviário-CE e Confiança-SE, que, na época, figuravam no topo da tabela.

No campo, o Náutico de Gilmar Dal Pozzo atuou no 4-3-3 híbrido, variando para o 4-3-2-1, no ataque,e 5-3-2, na defesa. O Timbu teve como principal arma a diminuição de espaços para o adversário, com “marcação-pressão”.

WhatsApp Image 2019-08-15 at 22.31.50Náutico com cinco homens na marcação.

Mesmo com a marcação encaixada, o Timbu sofreu no início do primeiro tempo com a imposição do Sampaio Corrêa, que teve a primeira chance clara no jogo e conseguiu abrir o placar.

WhatsApp Image 2019-08-15 at 22.31.56Náutico no 4-3-2-1 em momento do gol (o lateral-esquerdo Timbu não aparece no frame).

Até que o ímpeto do Sampaio diminuiu. Era a chance perfeita para os alvirrubros, que jogavam em casa e queriam presentar à torcida com a vitória. O empate veio após ótima troca de passes do Náutico no ataque, que culminou com a finalização de Josa no canto esquerdo do goleiro da equipe maranhense.

WhatsApp Image 2019-08-15 at 22.32.02Josa rouba a bola e inicia a jogada do gol.
WhatsApp Image 2019-08-15 at 22.32.07Volante Timbu aciona Rafael Oliveira para fazer o pivô.
WhatsApp Image 2019-08-15 at 22.32.12Rafael Oliveira escora para a chegada de Jimenez.
WhatsApp Image 2019-08-15 at 22.32.15Paraguaio tabela com Rafael Oliveira, enquanto Josa se infiltra na grande área.
WhatsApp Image 2019-08-15 at 22.32.31Oliveira participa mais uma vez do lance e escora para Josa, autor do gol.

Com o empate construído no final do primeiro tempo, o Náutico voltou mais “solto” para a etapa final. Dando mais amplitude pelos lados e “alargando” o campo, o Timbu conseguiu confundir a marcação do Sampaio.

Num dessas investidas pelo lado, Rafael Oliveira cruzou na área e a bola pegou na mão do defensor maranhense, em um toque suficiente para o juiz apontar para a marca da cal e marcar o pênalti. Na cobrança, Jimenez esbanjou categoria e virou o placar a favor dos donos de casa.

Já no fim do jogo, o time visitante ainda chegou perto de um novo empate, mas o Náutico não titubeou e ficou com a vitória. Agora, o Timbu encara o Botafogo-PB pela17ª rodada da Série C.

@holandafelipee

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s