Resumo da 1ª fase da Copa Africana de Nações (Equipes Classificadas)

Por Guilherme Monteiro e João Vitor Splendore Bonamin

WhatsApp Image 2019-07-07 at 14.49.34

Madagascar:

WhatsApp Image 2019-07-07 at 11.31.41Fonte: Twitter oficial da Copa Africana de Nações.

A equipe debutante na competição foi mais uma grata surpresa nesta fase de grupos e já em sua primeira participação conquista a vaga para a fase final.

Campanha:

 2 vitórias                                              

1 empate

5 gols marcados

2 gols sofridos

Plano de Jogo/Equipe Base:

WhatsApp Image 2019-07-07 at 11.32.244-3-3 de Nicolas Dupuis. Via:TacticalPad.

A equipe malgaxe baseia seu jogo principalmente pelos lados do campo, com laterais e pontas que apresentam uma qualidade interessante. No lado esquerdo, tem Mombris e Carolus, lateral e extremo, respectivamente, sendo o primeiro quem constrói mais por dentro e o segundo  que, por vocação, tende a abusar de dribles, pois é um atleta muito veloz e habilidoso e que vai muito bem em duelos no 1×1, além de possuir um bom chute e cobrar bem faltas. Pela direita, Métanire é um lateral que se mostra muito presente no apoio, que realiza bons cruzamentos e é bem seguro defensivamente, sendo poucas vezes superado em duelos individuais. Lalaina é um ponta que quase sempre busca centralizar suas ações, mas também pode aparecer em amplitude, buscando o duelo individual. As bolas longas e cruzamentos são outras formas utilizadas pela equipe para chegar ao gol adversário.

RD Congo:

WhatsApp Image 2019-07-07 at 11.32.35Fonte: Twitter Oficial Copa Africana de Nações.

A equipe congolesa despontava como a 2° equipe que conquistaria a vaga no grupo A, no entanto não exerceu seu favoritismo e sobreviveu na disputa do campeonato somente porque ficou entre os melhores terceiros colocados. A campanha foi bem aquém: 1 vitória e 2 derrotas, marcando 4 e sofrendo 4 gols.

Plano de Jogo/Equipe Base:

WhatsApp Image 2019-07-07 at 11.32.424-4-2 de Florent Ibenge. Via: TacticalPad.

A equipe, assim como a maioria das equipas do torneio, demonstra muitas dificuldades em criar as oportunidades de gol e procura por meio de lançamentos em profundidade encontrar os pontas (livres de marcação) para finalizar ou cruzar para o centroavante. O zagueiro Tisserand é quem se destaca nestas bolas esticadas, sendo o principal lançador da equipe. Em fase defensiva, a equipe tem passado por alguns apuros, em especial nas bolas paradas. Um comportamento interessante é a marcação em bloco-alto, com movimentos muito bem coordenados de seus 2 atacantes e da sua 2° linha de 4. A ressalva é que apresenta uma descompactação com a última linha, o que tem deixado a primeira (a defesa) exposta.

Argélia:

WhatsApp Image 2019-07-07 at 11.32.48Fonte: Khaled Desouki/AFP.

A Argélia, que passa por um processo de renovação e vem conseguindo colher bons resultados unindo experiência e juventude, sai da fase de grupos fortalecida e empolgada, devido às boas atuações e à incontestável 1° colocação no grupo, tendo 6 gols marcados e nenhum sofrido até aqui.

Plano de Jogo/Equipe Base:

WhatsApp Image 2019-07-07 at 11.32.544-1-4-1 de Djamel Belmadi. Via: TacticalPad.

A equipe comandada por Djamel Belmadi baseia seu jogo nas ligações diretas, ativando os pontas (em profundidade) ou o atacante Bounedjah. Em fase defensiva, trabalha uma pressão muito forte ao portador da bola, eficientemente, roubando muitas bolas no campo de ataque e criando chances de gol, com poucos passes. Também trabalha em blocos mais baixos, com os extremos sendo importantíssimos na recomposição, notabilizando a consistência defensiva pelos lados do campo. Guédioura, Bennacer, Mahrez, Ounas (vs. Tanzânia) e Feghouli tiveram ótimas atuações.

Guiné:

WhatsApp Image 2019-07-07 at 11.33.01Fonte: Twitter Oficial Copa Africana de Nações.

Esperava-se que Guiné se classificasse com mais tranquilidade no grupo B, que tinha 2 estreantes (Madagascar e Burundi). A equipe teve dificuldades em somar pontos, mesmo tendo boas atuações. No período pré-Copa vivia-se uma tensão pela possibilidade de Naby Keita não jogar, devido a longa temporada com o Liverpool. Com problemas físicos, ele disputou 2 jogos, onde a seleção saiu com um empate e uma derrota. Com uma equipe jovem, graças à Kamano e ao atacante Sory Kaba saiu com a classificação.

Campanha:

1 Vitória

1 Empate

1 Derrota

4 gols marcados

3 gols sofridos

Plano de jogo/Equipe Base:

WhatsApp Image 2019-07-07 at 11.33.084-2-3-1 de Paul Put. Via:TacticalPad.

Guiné mostrou equilíbrio em ambas as fases do jogo. Em fase ofensiva, buscando mais as bolas longas, procurando Sory Kaba (atacante) ou procurando organizar melhor as tramas ofensivas, sobretudo pelo lado direito com Sylla e Kamano. Em fase defensiva, formatando-se em um 4-4-2 e exercendo uma pressão intensa ao portador da bola, um padrão tático registrado nesta competição.

Costa do Marfim:

WhatsApp Image 2019-07-07 at 11.33.13Fonte: Twitter Oficial Copa Africana de Nações.

A equipe marfinense é a penúltima campeã do torneio e tem jogadores que vêm de uma grande temporada europeia, como Zaha e Pépé. É uma equipe diferente em relação à esta que venceu, em 2015. É com essa nova safra os elefantes procuram voltar a Copa do Mundo e conquistar a Copa Africana.

Plano de Jogo/Equipe Base:

WhatsApp Image 2019-07-07 at 11.33.204-2-3-1 de Ibrahim Kamara. Via: TacticalPad.

Os marfinenses tem sofrido em cenários de organização, principalmente pela ausência de um “10” – Seri, volante de origem, é quem tem jogado por ali. Com esta dificuldade criativa no meio campo, um modo encontrado para minimizar o problema foi o uso das bolas longas em profundidade, um artificio comum utilizado pelos técnicos africanos para suavizar os problemas neste aspecto. A figura do atacante tem uma importância vital no modelo implantado pelo técnico Ibrahim Kamara. Kodjia é quem tem sido mais utilizado e somado no jogo físico e nos pivôs. O lado direito é o mais forte da equipe, com Aurier e Nicolas Pépé. Em fase defensiva, a equipe busca se posta no 4-1-4-1, em bloco baixo, negando e fechando bem os espaços do meio campo, com Serey Dié entre linhas, tendo boas atuações.

Tunísia:

WhatsApp Image 2019-07-07 at 11.33.28Fonte: Twitter Oficial Copa Africana de Nações.

Com uma equipa que sempre marca presença nas disputas da competição, a seleção tunisiana veio ao Egito com uma equipe muito experiente e que aposta suas fichas em Wahbi Khazri, para a criação das suas oportunidades dentro das partidas. Chegava como uma das mais cotadas ao caneco, mas com uma campanha fraca (com 3 empates), classificou-se em 2° lugar no grupo E.

Plano de Jogo/Equipa Base:

WhatsApp Image 2019-07-07 at 11.33.344-2-3-1 de Alain Giresse. Via: TacticalPad.

A equipe de Alain Giresse buscava a progressão por meio de lançamentos em profundidade, almejando encontrar os pontas em boas condições para tal. Sem a figura de um centroavante, no entanto, a equipe perdia eficiência e disputas objetivando a conquista da 2° bola. A saída encontrada foi dar liberdade para o craque da equipe, Wahbi Khazri, para que este buscasse associar-se com os laterais pelos lados do campo e fizesse cruzamentos rasteiros, para que alguém concluísse na área. Em fase defensiva, preferencialmente, usa-se um bloco mais baixo, com uma boa compactação entre as linhas, cedendo-se poucos espaços ao adversário. As bolas alçadas e chutes de fora da área tem sido um problema para a equipe, sendo que muito disto passa pela insegurança que o goleiro Hassan tem em alguns lances, sendo que no confronto diante de Mali, pela 2° rodada, o gol sofrido fora uma falha imperdoável dele.

Gana:

WhatsApp Image 2019-07-07 at 11.33.40Fonte: Twitter Oficial da Copa Africana de Nações.

Buscando reconquistar o título que não vem desde 1982, a equipe ganesa aposta muito em seu sólido e consistente sistema defensivo para chegar até a final. A equipe que sofre com algumas dificuldades em cenários organizacionais, vem apostando nas transições pelo lado esquerdo como ponto alto no campeonato.

Plano de Jogo/Equipe Base:

WhatsApp Image 2019-07-07 at 11.33.464-4-2 de Kwesi Appiah. Via: TacticalPad.

Os “The Black Stars” alternaram algumas vezes sua planificação inicial, o que se explica devido a fatores como lesões e suspensões, mas a plataforma mais utilizada até o prezado momento foi o 4-4-2, com muita mobilidade por parte dos atacantes – em especial André Ayew – e muita velocidade pelos lados do campo, principalmente pela esquerda, onde procura-se trabalhar com Atsu, Asamoah ou Kwabena um pouco mais por dentro, oferecendo o corredor para o lateral atacar. As ligações diretas, também são exploradasn especialmente com os zagueiros. Em fase defensiva, marcam e fecham muito bem os espaços pelo centro, além da contenção dos flancos (que é feita razoavelmente bem).  As bolas paradas defensivas ainda são um problema.

Mali:

WhatsApp Image 2019-07-07 at 11.33.53Fonte: Twitter Oficial Copa Africana de Nações.

Vindo de problemas extracampo na preparação do campeonato, Mali vem surpreendendo, até então, com boas atuações, especialmente diante da fraca Mauritânia e da concorrente pelo 1° lugar, a Tunísia. A equipe vem apostando em boas jogadas de Marega, o 9, e de Haidara, que é o comandante da equipe no centro do campo.

Campanha:

2 Vitórias

1 Empate

6 gols marcados

2 gols sofridos

Plano de jogo/Equipe Base:

WhatsApp Image 2019-07-07 at 11.34.004-2-3-1 de Mohamed Magassouba. Via: TacticalPad.

A equipe treinada por Mohamed Magassouba em fase ofensiva é planificada em um 4-2-3-1. Apostam muito em jogadas preparadas por Marega, referência física e técnica da equipe, teabalhando bastante fora da área, com pivôs e abertura de espaços para  os pontas e interiores. Amadou Haidara é um jogador diferenciado no meio campo, que trabalha desde a base da jogada e é quem procura dar verticalidade a troca de passes das águias, distribuindo muito bem o jogo (com bons lançamentos) e passes de ruptura (que quebram linhas). No aspecto defensivo, trabalha no 4-1-4-1, com um bom fechamento do espaço pela zona central, forçando as equipes adversárias a procurar as laterais, que quase sempre está bem defendida, com a recomposição dos extremos e o bom posicionamento dos defensores. Os dois zagueiros são muito seguros e realizam uma ótima defesa da área.

@Guizaomb19 e @Jvsb28

Anúncios

2 comentários sobre “Resumo da 1ª fase da Copa Africana de Nações (Equipes Classificadas)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s