Domínio americano – ANÁLISE TÁTICA DE SUÉCIA 0 x 2 EUA

Por Pedro Galante

Pela última rodada da fase de grupos da Copa do Mundo Feminina, Estados Unidos e Suécia disputaram a liderança do grupo F. As americanas confirmaram seu favoritismo e venceram sem sustos.

O início da partida foi marcado por uma pressão muito intensa por parte das jogadoras do Estados Unidos. A Suécia não teve tempo de assimilar o ritmo e sofreu o primeiro gol logo aos três minutos. Depois de cobrança rasteira de escanteio, e contando com falha da defensora sueca, a bola sobrou para Lindsey Horan marcar.

A Suécia assimilou o golpe e se recompôs. Passou a pressionar alto para frear o ritmo intenso das adversárias, no entanto as americanas se mantinham muito calmas e a superioridade numérica gerada pelas laterais que atuavam mais presas e atacando pelo centro permitia a manutenção da posse.

Laterais ajudando os EUA a vencer a pressão sueca. (Foto: Instat/ Pedro Galante)

Faltou as suecas uma melhor estratégia para roubar a bola. Toda vez que a pressão se tornava mais agressiva, buscando a recuperação os EUA rodavam a bola com velocidade e limpavam o lance, apesar de não conseguir progredir.

Nos poucos momentos que teve a posse – 33% do tempo – a Suécia tinha muita dificuldade em continuar suas jogadas. Asllani e Blackstenius não conseguiam se associar e a camisa 10 Jakobsson fez uma partida muito abaixo.

Jakobsson fez falta para a Suécia. (Foto: SofaScore)

Para a segunda etapa, Morgan deu lugar a Lloyd. Aos cinco minutos a seleção americana ampliou em gol contra da lateral Andersson. As pontas americanas jogaram bem abertas durante todo jogo, no lance Heath recebeu livre nas costas da linha adversária e contou com o desvio na finalização.

Heath atacando a costas da linha de defesa no lance que origina o segundo gol. (Foto: Instat/ Pedro Galante)

Vencendo por dois a zero os EUA usaram da sua vantagem física para controlar o ritmo e garantir a vitória sem mais complicações. A Suécia poderia ter feito melhor partida, mas pareceu conformada com a segunda colocação do grupo, já focando no mata-mata.

As americanas mostraram mais uma vez o porquê de serem as grandes favoritas ao título. A Suécia por sua vez, apesar de uma atuação abaixo do esperado, chega forte para a próxima fase.

A Copa do Mundo tem mostrado um nível muito bom e seleções muito interessantes. Vale acompanhar a próxima fase da competição.

@pedro17galante

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s