Duelo equilibrado – ANÁLISE TÁTICA ATLÉTICO-MG 0 x 0 SANTOS

Por Rodrigo Costa e Henrique Mathias

WhatsApp Image 2019-05-16 at 13.52.09

O Peixe viajou até Minas para jogar a primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil contra o Atlético-MG, no Independência. A equipe escolhida por Sampaoli e comandada por auxiliares foi com Éverson; Veríssimo, Aguilar e Gustavo Henrique; Ferraz, Jean Lucas, Pituca e Jorge; Rodrygo, Jean Mota e Derlis.

Rodrigo Santana escalou o Atlético num 4-2-3-1; que mais parecia 4-3-2-1 em muitos momentos, com: Victor; Guga, Rever, Igor Rabello e Fabio Santos; José Welison, Elias; Geuvanio, Luan e Chará; Ricardo Oliveira. Logo aos 3 minutos de partida Fabio Santos se lesionou e Patric entrou improvisado na lateral esquerda.

Com a bola, o time do Santos tinha comportamentos interessantes e até complexos, e Veríssimo foi peça chave pra essas mudanças. Na fase de construção (saída de bola), a equipe tinha 2 (Aguilar e Gustavo Henrique) + 3 jogadores (Veríssimo, Pituca e Jorge), portanto, Veríssimo nesse instante era um lateral direito.

WhatsApp Image 2019-05-16 at 13.57.04Fonte: Buildlineup.com

Já na criação (quando a equipe está com a bola no campo de ataque), Veríssimo fechava com os outros zagueiros, formando uma linha de três atrás, tendo mais à frente Jorge (esquerda), Pituca e Ferraz (direita), mais uma vez com os laterais interiores, mesmo isso não sendo constante. E na frente, Derlis (esquerda) e Rodrygo (direita) davam amplitude com Jean Lucas bastante móvel, tinha liberdade para buscar a bola quanto para aparecer entrelinhas, e Jean Mota mais à frente, tendo mais liberdade ofensiva.

WhatsApp Image 2019-05-16 at 13.57.10WhatsApp Image 2019-05-16 at 13.57.17
WhatsApp Image 2019-05-16 at 13.57.22Fonte: SporTV/Premiere. Edição: Rodrigo Costa

Formando um 3-3-4 com a bola, o Santos conseguiu dominar o primeiro tempo e criar boas chances, mas nenhuma que levasse real perigo ao Atlético, pois mesmo tendo facilidade de chegar na área adversária (ou próximo dela), principalmente pelos lados, a equipe sentiu falta de um homem fixo na área para finalizar as jogadas. Jean Mota, que em tese seria o jogador mais agudo, jogando de falso 9, ficou apagado no jogo.


WhatsApp Image 2019-05-16 at 13.57.28Fonte: SporTV/Premiere. Edição: Rodrigo Costa

O Santos assumiu o controle do ritmo da partida desde os primeiros minutos e o comportamento defensivo do Atlético esteve a altura. Com Luan ajudando a Elias por dentro e José Welison perfeito cobrindo os espaços na entrada da área, o que vimos foi uma equipe aguerrida, muito dedicada e muito intensa nas tentativas de recuperações de bola.

Na parte defensiva, o Santos marcava como de costume. Bloco alto (marcando saída de bola adversária) e pressão intensa, fazendo encaixes por setor (jogadores pressionavam os adversários até uma certa distância), portanto, a equipe não tinha um desenho fixo de esquema defensivo, variando entre o 4-4-2, 4-3-3 e, no final do primeiro tempo, com linha de 5 defensiva, com Ferraz recompondo pela direita.

WhatsApp Image 2019-05-16 at 13.57.34WhatsApp Image 2019-05-16 at 13.57.39
Fonte: SporTV/Premie. Edição: Rodrigo Costa.

Ofensivamente o Atlético buscava sempre acelerar o jogo a cada recuperação, com dinâmicas diferentes dependendo do lado da jogada. Pelo lado direito: Guga sendo o principal responsável pela puxada de contra-ataque, com Elias trabalhando o suporte para uma tabelinha e Geuvânio atacando o centro do campo. Pelo lado esquerdo: Patric mais contido, fechando a linha de marcação e Luan-Chará como uma dobradinha para buscar a linha de fundo e um cruzamento para Ricardo Oliveira.

No segundo tempo, o jogo acabou mudando de intensidade, com Sampaoli mudando a forma como Santos buscava sair pro jogo e somando a isso a queda de rendimento físico do Santos, o Atlético conseguiu maior protagonismo ofensivo, dessa vez sim marcando no 4-2-3-1 com Welison-Elias como dupla a frente da defesa e Luan avançado para fazer a ligação entre os setores. Todo o fluxo ofensivo do Galo foi jogado para a direita, com Guga realizando uma partida muito boa e conseguindo 5 passes para finalização na partida, um número muito bom.

O crescimento de produção do Galo encurralouo Santos em muitos momentos, criando algumas boas chances. A equipe santista não conseguia ter a bola e propor o jogo, pois errava muitos passes, inclusive nas transições ofensivas, com isso, tendo dificuldade até de encaixar contra ataques. Mas cabe ressaltar o ótimo trabalho defensivo dos zagueiros santistas.


WhatsApp Image 2019-05-16 at 13.57.47Equilíbrio da partida demonstrado nessa imagem: 1T santista e 2T mineiro. Fonte: SofaScore.

Jorge Desio (auxiliar de Sampaoli que comandou a equipe) tirou os três homens da frente e pôs Soteldo (esquerda), Sasha (fixo de 9) e Cueva (meia armador) tentando mudar o cenário da partida, mas o problema estava mais na criação das jogadas e não na finalização delas. Talvez Carlos Sánchez fosse a alternativa para melhorar o time no segundo tempo, mesmo a equipe tendo melhorado ligeiramente no final do jogo.

O gol atleticano acabou não saindo, mas o desempenho do time da casa foi digno de reconhecimento. Rodrigo Santana realizou um bom trabalho na URT, com um sistema defensivo forte e agora vai conseguindo trazer isso para o Atlético, em um palco muito maior, onde a tábua do desafio é bem mais elevada.

Duelo segue aberto para o jogo de volta, no dia 06 de junho. A sensação é de que a equipe santista poderia ter ido melhor, pois mesmo dominando o primeiro tempo, não criou chances claras, os lances mais perigosos foram em bolas paradas. Mas, taticamente, Sampaoli apresentou mais variações para as partidas.

@costa_rodrigo95 e @riquemathias

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s