O careca jogador salva o careca treinador – ANÁLISE TÁTICA MAN CITY 1 x 0 LEICESTER

Por Ícaro Caldas Leite

WhatsApp Image 2019-05-06 at 21.41.52

Man City e Leicester se enfrentaram pela 37° rodada da Premier League no Etihad Stadium, onde um tropeço do City colocaria o Liverpool com as mãos na taça. Porém o destino quis que o City saísse vencedor e levasse a vantagem da decisão do título na última rodada.

A imprevisibilidade do futebol é algo tão fascinante que produz momentos históricos que serão marcados eternamente na memória do torcedor.

Nem o mais otimista torcedor dos citizens imaginaria que em um jogo tão pegado fisicamente, taticamente e psicologicamente, o jogador mais velho no clube (zagueiro Kompany) iria acertar um belíssimo chute de fora da área e que daria a vitória mais sufocante da temporada.

Os comandos de Brendan Rodgers tinham o objetivo de tirar dois ou três pontos do Man City, já que não têm mais nada para perder no campeonato e era a maior esperança dos reds de Anfield.

Sendo assim, já começaram o jogo negando todos os espaços possíveis aos comandados de Guardiola. O City não conseguia triangular, infiltrar e criar suas jogadas. Passaram os primeiros 15 minutos do jogo forçando situações pelo lado esquerdo com Sterling ou invertando o jogo para o Bernardo.

O sistema defensivo do Leicester foi praticamente perfeito dentro do seu objetivo e não conseguindo levar gol do ataque mais positivo da Europa nos primeiros 45 minutos.

4-5-1 leicester

Quem não tem cão, caça como um gato. Então, se eu não estava conseguindo furar o sistema defensivo com os passes, inversões de jogo e triangulações, eu vou mandar bola aérea do centro do campo.

A partir do momento em que, você toma as ações do jogo, logo você ficará exposto e dará espaços ao adversário.

Screenshot (17)

Vardy livre entre as linhas do Man City que não estavam juntas, visto que o time estava sem a bola. Para um time que precisava vencer, não poderia bobear.

Nos poucos espaços que o Man City deixou, o Leicester não soube aproveitar e surpreender o mundo.

Leicester negando os espaços, até que Pep mexeu no time: tirou Foden e colocou Sané, muitos achavam ou quase todos que Bernardo ia fazer a meia direita, mas Pep surpreendeu. Sterling foi jogar por dentro como meio campista e o Bernardo continuou como ponta direita.

Screenshot (18)

Muitas vezes, Bernardo vinha com a bola por dentro e abria espaços para o Walker atacar livre no lado direito. No decorrer do tempo, o City foi conseguindo achar os espaços e criar as jogadas de gols, mas o time pecava nas finalizações.

O herói improvável Kompany acerta um magnífico chute de fora da área e leva os citizens a gloria temporária. Enquanto os atacantes e meios campistas não conseguiram fazer, o Zagueiro e capitão do time domina, conduz e bate com toda a sua força, esperança e amor à camisa que veste.

Mas, algo que foi o maior problema do time na temporada ainda acontece. A lateral esquerda. O único lateral esquerdo do time passou a maior parte da temporada lesionado. Zinchenko não tem a sua força para se recompor rapidamente e muitas vezes acaba levando bola nas costas.

Screenshot (19)

Por fim, o Man City superou mais um adversário dificílimo e está com as mãos na taça, basta apenas vencer o Brighton neste domingo que será campeão da Premier League.

O azul de Manchester tem a chance de se igualar ao lado vermelho e ser bicampeão da Premier League.

@caldasicaro

Anúncios

2 comentários sobre “O careca jogador salva o careca treinador – ANÁLISE TÁTICA MAN CITY 1 x 0 LEICESTER

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s