Vitória para recuperar a confiança – ANÁLISE TÁTICA BOTAFOGO 3 x 2 BAHIA

Por: Guilherme Monteiro

Na última quinta-feira (2) Botafogo e Bahia se enfrentaram no Nilton Santos. Vindo de resultados opostos, o Bahia na Fonte Nova conquistou um belo triunfo diante do Corinthians, já o Botafogo foi a São Paulo encarar o tricolor paulista, mas enfrentou dificuldades em transformar sua excessiva posse de bola em gols e saiu derrotado no Morumbi. O jogo foi marcado por altos e baixos de ambas as equipes, mas para a felicidade do torcedor alvinegro prevaleceu a efetividade da equipe, essencialmente no 1° tempo.

As equipes:

Botafogo: Gatito; Marcinho, Carli, Gabriel, Gilson; Bochecha; Cícero (Alex Santana), João Paulo, Erik (Luiz Fernando), Pimpão (Léo Valencia); Diego Souza. Téc: Eduardo Barroca.

WhatsApp Image 2019-05-04 at 09.21.54

Bahia: Douglas; Nino, Ernando, Lucas Fonseca, Moisés; Gregore, Elton, Eric Ramires (Rogério); Artur, Fernandão (Gilberto), Arthur Caike (Shaylon). Téc: Roger Machado.

Foto: Victor (@aizkolarieus) Via: TacticalPad.

Logo no início do jogo, o Bahia adiantava as suas linhas e marcava alto a saída do alvinegro, que assim como no jogo contra o São Paulo cometeu muitos erros na saída de bola.Num desses erros, o Bahia abre o placar com Arthur Caike. Um dos segredos para a consistência da alta marcação da equipe baiana, foi Eric Ramires que junto a Artur, Fernandão e Arthur Caike buscavam pressionar os jogadores alvinegros. Com esta configuração se espelhava a forma com que a saída alvinegra era realizada.

WhatsApp Image 2019-05-04 at 09.22.04Marcação alta do Bahia num 4-3-3 com 2 linhas bem adiantadas. Promovendo vários encaixes. Foto e edição: Guilherme Monteiro.

Aos 24’, após uma bela finalização de Rodrigo Pimpão, o Botafogo cresceu e o jogo da equipe evoluiu, pois o Bahia já não marcava tão alto e Bochecha e João Paulo encontravam espaços para progredir e realizar a transição com qualidade.

WhatsApp Image 2019-05-04 at 09.22.10Os encaixes que os laterais alvinegros faziam foram de suma importância para o crescimento de Bochecha dentro da partida. Foto: Victor (aizkolarieus). Via: TacticalPad.

Com a melhora na criação, começava a surgir a efetividade, aos 30’, após cobrança de escanteio, Carli sobe, Cícero ajeita de peito e Erik com mais um belo chute empata a partida. Aos 36’, após bela jogada de Pimpão que jogando por dentro, abriu espaço para Gilson que atacando o espaço, foi até o fundo cruzou, Pimpão furou e João Paulo completou pro gol. Ao final do primeiro tempo, depois de um bom passe de Erik, Cícero arrancou e fuzilou o gol defendido pelo goleiro Douglas Friedrich.

Na etapa complementar, o Bahia já atrás do placar, novamente adiantava suas linhas e forçava demasiadamente o Botafogo ao erro, erros esses que novamente foram costumeiros. Inicialmente o Bahia rodava, rodava e rodava, cruzava as bolas, mas sem nenhum perigo, no entanto depois da entrada de Gilberto, o Bahia ganhou profundidade e muita movimentação na frente, com seu forte poder de finalização o Bahia teve 2 boas chances antes de marcar, a 1°- após bela jogada pela esquerda, Gilberto depois de se desvencilhar da marcação chutou rasteiro e muito próximo ao gol de Gatito e a 2°- com um bom chute de fora da área que passou bem próximo a meta de Gatito.

A superioridade do Bahia no 2° tempo pode ser explicada partindo de duas premissas. A 1°- a dificuldade do Botafogo em reter a bola no campo de ataque, principalmente, após aos 20’ da etapa final. E a 2°- a equipe alvinegra não realizava a saída pelo chão e não valorizava a posse de bola. Houveram diversos chutões, erros em tomadas de decisão e falhas em contra-ataques.

WhatsApp Image 2019-05-04 at 09.22.16Ao encaixotar João Paulo e Bochecha a saída do alvinegro foi afetada, forçando Gatito a fazer diversos chutões e que resultava na maioria das vezes a perca da posse de bola, pois D. Souza foi muito mal em tentar reter a bola.Foto e edição: Victor (@aizkolarieus) Via: TacticalPad.
WhatsApp Image 2019-05-04 at 09.22.22Foto e edição: Guilherme Monteiro.

Após diversas tentativas, aos 38’ o Bahia diminui o prejuízo com Ernando, mas não foi o suficiente para levar ao menos um ponto para a Boa Terra.

Vitória importante para o Botafogo retomar a confiança da equipe e de seus torcedores, mas é valido Eduardo Barroca mostrar a seus comandados o 2° tempo deste jogo, pois é o manual de que não se pode fazer dentro de uma partida. Já por parte do Bahia, serve para Roger rever algumas opções dentro da equipe, principalmente, na questão Gilberto que pela temporada e o jogo de ontem não pode ser reserva da equipe tricolor.

@Guizaomb19

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s