Os Blades de Chris Wilder, como a permanência na League One virou um sonho com a PL – MODELO DE JOGO DO SHEFFIELD UNITED

Por Ítalo Amorim

WhatsApp Image 2019-03-29 at 19.54.59

SOBRE O COMANDANTE:

Depois do título (com sobras) da quarta divisão inglesa (League Two) com o Northampton Town, Chris Wilder assinou um contrato de três anos com o Sheffield United em maio de 2016 e chegou a uma equipe até então emergente, sem tantas expectativas de evolução.

Na temporada anterior, o Sheffield tinha sido o 11° colocado na League One (terceira divisão), com 19 pontos de distância para o acesso direito e 20 pontos de distância para o primeiro rebaixado.

Repetindo o modelo que deu o acesso para à quarta divisão para o Oxford United (temporada 09-10) e que deu o título da mesma quarta divisão para o Northampton Town (temporada 15-16), Wilder ajeitou os Blades e encaixou uma equipe altamente competitiva, sobrando na League One.

O acesso e o título premiaram um modelo que só estava começando. Alavancados pelo camisa 10 (e capitão) Billy Sharp, o Sheffield foi para a sua primeira temporada na Championship visando “sobreviver”, mas acabaram surpreendendo equipes já instaladas na segunda divisão e ficaram muito próximos dos playoffs (6 pontos). E é aí que chegamos na atual temporada.

Na terceira temporada de trabalho, Wilder visou reforços pontuais e fortaleceu seu modelo, deixando de surpreender equipes emergentes da Championship e passando a surpreender os grandes.

MODELO DE JOGO:


WhatsApp Image 2019-03-30 at 08.23.41Esquema montado no site: buildlineup.com.

A equipe joga numa 3-5-2: três zagueiros de boa estatura (sendo os zagueiros abertos os mais rápidos), dois volantes capazes de marcar e criar, um meia-central com capacidade de avanço, alas equilibrados para defesa e ataque e uma dupla de ataque que varia entre arco (B. Sharp) e flecha (McGoldrick).

Mark Duffy, Gary Madine e Scott Hogan são os “reservas de luxo” para o ataque, sendo o primeiro o mais versátil dos três (capaz de jogar pelas alas também).

Defensivamente o papel de 12° jogador fica com Richard Stearman, entrando sempre nos últimos 30’/25′ e ocupando a faixa dos volantes ou do defensor central.

Ex-titulares, Martin Cranie (zagueiro), Marvin Johnson (ala-esquerdo) e Kieron Freeman (ala-direito) também são opções no modelo de Chris Wilder.

ALAS:


WhatsApp Image 2019-03-30 at 08.23.46Foto: Michael Regan/Getty Images Europe.

E. Stevens (pela esquerda) e G. Baldock (pela direita) são os responsáveis pelos corredores, preenchendo toda ala ofensiva e defensiva do campo. Essa participação no corredor fica exposta nos números, são os dois atletas do elenco com mais desarmes na Championship e estão no “top 7” de passes decisivos.

DEFESA:


WhatsApp Image 2019-03-30 at 08.23.52Foto: Simon Bellis/Sportimage.


A linha de três de defesa também tem função ofensiva e defensiva. Defensivamente J. O’Connell e Egan são os defensores mais velozes (principalmente o primeiro), ficando responsáveis pelo primeiro bote quando o adversário passa dos alas.

Basham é o homem do jogo aéreo, centralizando quando o adversário tem a bola e abrindo na direita quando o Sheffield United tem a posse.

No momento ofensivo o trio é responsável pelos lançamentos para o pivô (B. Sharp) quando o adversário não dá o espaço. Quando a equipe inimiga oferece campo para o Sheffield esse papel de transição passa para os volantes.

MEIO:


WhatsApp Image 2019-03-30 at 08.23.58Foto: Robbie Jay Barratt – AMA/Getty Images.

Oliver Norwood (na foto) é o principal jogador no momento defensivo, recuando como um primeiro volante.

Quando a equipe inimiga oferece campo, ele recua e se aproxima dos defensores para fazer a transição defesa-ataque, normalmente para John Fleck (caso o jogo se encaminhe pelas alas) ou para Kieran Dowell (caso o jogo se encaminhe por dentro), se o espaço se fechar depois que ele recebe a bola o jogo passa para lançamentos para os alas ou atacantes (traduzindo assim seus números, maior assistente e segundo maior criador de jogadas da equipe).

John Fleck é o segundo volante do modelo, acompanhando o ritmo dos alas e infiltrando no espaço entre os volantes e zagueiros adversários (aproveitando o pivô de Billy Sharp).

Kieran Dowell é a peça móvel do modelo, jovem e veloz ele tem qualidade para chegar ao ataque como meia-atacante ou preencher a linha central como um terceiro homem.

ATAQUE:

WhatsApp Image 2019-03-30 at 08.24.06Foto: Sheffield United/Pikdo.

O arco e a flecha, os homens de frente que se completam mesmo demorando tanto para jogar junto.

À direita da foto, Billy Sharp: capitão, pivô, artilheiro e dono da melhor média de gol/minuto da equipe na Championship.

Capaz de ser soberano no jogo aéreo (mesmo com apenas 1.75m) e proteger a bola como poucos no jogo por baixo, Billy é um dos pilares de toda reformulação da equipe (chegou na temporada 15-16).

À esquerda da foto, David McGoldrick: dono dos penais, um dos melhores dribladores do elenco (mesmo sendo relativamente alto, 1.85m) e dono na segunda melhor média de gol/minuto da equipe na Championship.

A flecha da dupla com Billy, demorou para encaixar sua titularidade mas desde então raramente saiu. A vice-artilheiro da equipe (com 12 gols) expõe isso.

TABELA:


WhatsApp Image 2019-03-30 at 08.24.12Captura de tela retirada do site: SofaScore.

Donos da vice-liderança (graças à vitória sobre o Leeds United), o Sheffield United sonha alto e cogita até a possibilidade de título, mesmo que a briga hoje seja “apenas” para se manter na zona de acesso imediato.

Na próxima rodada (39° de 46), o Sheffield receberá o Bristol City (9° colocado) no Bramall Lane, visando um triunfo e de olho em um tropeço do Leeds United (que recebe o Milwall, 20° colocado, em casa) e do Norwich City (que visita o Middlesbrough, 5° colocado).

@italoamorim08

Anúncios

Um comentário sobre “Os Blades de Chris Wilder, como a permanência na League One virou um sonho com a PL – MODELO DE JOGO DO SHEFFIELD UNITED

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s