Só Cotia salva

Por Pedro Galante

WhatsApp Image 2019-03-25 at 21.01.39

A expectativa para o São Paulo no mata-mata não era das mais positivas, afinal a campanha na primeira fase não foi boa e o adversário é o organizado Ituano.

No entanto, o time surpreendeu e fez ótima partida. As mudanças começaram pela escalação: Hudson como lateral direito, Liziero e voltando ao meio-campo e Igor Gomes mantido como meia.

O São Paulo apresentou dinâmica e circulação de bola de muita qualidade. Foi a melhor atuação do time nesses quesitos na temporada. Grande parte disso se deve a presença de Igor Liziero. O jovem volante da outra cara ao meio campo, acelera o jogo, está sempre se movimentando, aproximando e criando linhas de passes; tornando a construção mais fácil e fluida.

1Liziero aparecendo entre as linhas para dar opção de passe. (Foto: Instat/ Pedro Galante)

Outro aspecto interessante foram as relações ponta-lateral. Pela esquerda, Everton Felipe esperava aberto e Reinaldo fazia ultrapassagens por dentro. Pela direita, Hudson funcionava como um lateral base, ajudando na construção, enquanto Antony tinha mais liberdade para buscar a jogada mano a mano.

2São Paulo atacando. (Foto: Instat/ Pedro Galante)

O primeiro gol sintetiza bem as questões colocadas acima. A troca de passes durou 50 segundos até que a defesa adversária se abrisse. Everton Felipe acionou Reinaldo que fez um ótimo cruzamento para a infiltração de Igor Gomes.

O domínio era todo do São Paulo. O Ituano não conseguia criar. Martinelli estava sendo bem vigiado por Hudson e Morato não conseguia desenvolver boas jogadas.

3.pngHudson fez marcação individual em Martinelli, destaque do Ituano. (Foto: Instat/ Pedro Galante)

O tricolor paulista voltou para a segunda etapa com um ritmo ainda mais alto. Igor marcou o segundo, aproveitando rebote. A atuação do “novo Kaká” é uma grande noticia para os torcedores. O jovem meia se movimentou por todo campo, auxiliando na circulação e principalmente pisando na área.

Não fosse Pegorari, goleiro do Ituano, haveria uma goleada. Aos 25, Mancini trocou Liziero por Léo, deslocando Reinaldo para a função de volante e o rendimento do time caiu muito. A outra mudança, 10 minutos depois, também não ajudou: Everton no lugar de Igor Gomes.

O Ituano conseguiu se impor em algum nível e diminuiu o placar após cobrança de escanteio.

Foi a melhor partida do São Paulo no ano, não à toa com diversos jogadores da base em campo, principalmente no meio. Em tempos de crise, o São Paulo encontra em Cotia uma ponta de esperança. Mancini tem dado espaço a esses garotos, que Cuca dê continuidade.

@pedro17galante

Deixe uma resposta