Análise dos grupos das Eliminatórias para a Eurocopa — Grupos I e J

Por Jhonata Souza

WhatsApp Image 2019-03-20 at 13.44.06

BÉLGICA:  A Bélgica fez a sua melhor campanha da sua história na última Copa, mas na Liga das Nações voltou a apresentar problemas do passado.Os belgas são sem dúvidas a seleção mais forte do grupo e será uma surpresa caso não fiquem em primeiro lugar do grupo. O plantel de jogadores vem passando por uma pequena renovação, já que alguns jogadores mais experientes estão indo para o seu provável último ciclo com a camisa da seleção. O desafio de Roberto Martinez na frente da seleção belga será encontrar soluções para os problemas demonstrados na partida contra a Suíça, onde novamente a seleção belga mostrou falhas na recomposição defensiva, falhas na marcação e uma intensidade baixa em alguns momentos jogos. As Eliminatórias devem servir para corrigir esses problemas, até porque se eles continuarem será difícil de imaginar a Bélgica indo tão longe na Eurocopa.

Técnico: Roberto Martinez.

Destaques: Eden Hazard, Lukaku, De Bruyne e Alderweireld.

WhatsApp Image 2019-03-20 at 21.46.17Roberto Martinez tem o desafio de preparar a Bélgica para mais uma Eurocopa.

SAN MARINO: É a seleção mais fraca da Europa e talvez do mundo. Nem na Liga das Nações conseguiram mostrar um pouco de competitividade, mesmo contra seleções de nível técnico mais baixo. Devem perder quase todas as partidas de goleadas e se conseguir marcar algum gol já será um grande feito.

Técnico: Franco Varella.

Destaques: Berardi, Benedettini e Nanni.

CHIPRE: A seleção do Chipre aparece como azarão na briga por vaga. Boa parte dos seus jogadores atuam na liga local, que tem um nível técnico maior que a liga do Cazaquistão por exemplo.O Chipre é uma seleção intermediária na Europa, ficam acima das últimas colocações, porém não chegam a ser uma seleção que dispute vagas em grandes competições. Isso faz do Chipre um possível fiel da balança para definir o segundo classificado do grupo, pois quando atuam em casa elevam o seu nível para fazer jogos duros contra seleções mais fortes, o que dá ao Chipre um papel de relevância na disputa entre Rússia e Escócia pela segunda vaga.

Técnico: Ran Ben Shimon.

Destaques: Laifis, Sotiriou e Efrem.

ESCÓCIA: A Escócia vem com confiança para as Eliminatórias, após conquistar um acesso de divisão na Liga das Nações, em busca de voltar a uma grande competição. Atualmente os escoceses contam com boa parte dos seus principais jogadores atuando no futebol inglês, o que agrega em experiência e qualidade para a seleção. Para superar os russos dois fatores serão importantes: 1- Fazer 6 pontos contra Chipre, Cazaquistão e San Marino. 2- Vencer no mínimo 4 dos 5 jogos em casa. A Escócia tem um dos ambientes mais quentes quando falamos de seleções, esse ambiente de muita pressão para o adversário será muito importante para que a Escócia possa voltar a disputar uma grande competição.

Técnico: Alex McLeish.

Destaques: Robertson, Fraser, Cairney e Tierney.

WhatsApp Image 2019-03-20 at 21.46.22Andy Robertson é grande nome do futebol escocês na atualidade.

CAZAQUISTÃO: Quase todos os jogadores da seleção atuam na liga local, que não tem um nível técnico muito alto. Até por isso, será uma surpresa caso fiquem entre as quatros melhores seleções do grupo. Porém, não são tão fracos como São Marino e podem tirar pontos ou fazer jogos duro contra as seleções mais fortes do grupo quando atuam em casa com a força da sua torcida.

Técnico: Michal Bilak.

Destaques: Murtazaev, Islamkhan e Shomko.

RÚSSIA: A campanha na Copa do Mundo e o quase acesso na Liga das Nações credenciam a Rússia como favorita para a conquista da segunda vaga.O desafio para os russos será manter o nível de desempenho que teve na copa. Jogadores para isso eles tem, boa parte dos jogadores atua na liga local que tem um bom nível técnico. Como time, são uma equipe forte coletivamente,forte fisicamente, com uma bola aérea forte e com jogadores de boa qualidade técnica que podem desequilibrar ao seu favor. Os duelos contra a Escócia serão determinantes para a classificação ou não dos russos para a próxima Eurocopa.

Técnico: Stanislav Cherchesov.

Destaques: Golovin, Cheryshev, Mário Fernandes e Smolov.

ITÁLIA: Após o vexame de não ir para a última Copa, a melhor notícia que a Itália teve da Liga das Nações foi ter encontrado um norte para se seguir. A seleção ainda tem muito a evoluir, porém o técnico Roberto Mancini encontrou um norte para seguir, que é a mescla de nomes mais experientes na seleção como Chiellini, Verratti e Insigne com jovens de potencial como Zaniolo, Donnarumma e Barella. A Itália é a favorita para se classificar em primeiro do grupo e tem nas Eliminatórias a chance de se preparar para a Eurocopa e não passar vexame novamente.

Técnico: Roberto Mancini.

Destaques: Zaniolo, Donnarumma, Chiellini e Insigne.

WhatsApp Image 2019-03-20 at 21.46.31Zaniolo é a grande promessa do futebol italiano.

LIECHTENSTEIN: É a seleção mais fraca do grupo e será uma surpresa caso termine acima da última colocação.Mesmo na Liga das Nações não conseguiu mostrar muita coisa ficando em último no grupo que tinha Gibraltar por exemplo.

Técnico: Helgi Kolvidsson.

Destaques: Salanovic, Büchel e Hasler.

GRÉCIA:Os gregos vem para estas Eliminatórias com o objetivo de tentar se recuperar após os maus resultados dos últimos anos. Desde 2014 a Grécia não disputa uma grande competição e nesse tempo colecionou algumas derrotas para seleções menores como Luxemburgo, Ilhas Faroe e Estônia. Depois do fim da geração campeã da Euro 2004 a Grécia vem tendo dificuldades para renovar a seleção. Atualmente, a base da seleção atua no próprio país e são poucos jovens talentos que despontam como potencial para atuar em ligas grandes da Europa. A seleção grega está atrás na briga com Bósnia e Finlândia pela segunda vaga e vai precisar melhorar para conseguir conquistar a vaga.

Técnico: Angelos Anastasiadis.

Destaques: Manolas, Sokratis e Mitroglou.

FINLÂNDIA: A Finlândia já vinha mostrando evolução na reta final das últimas Eliminatórias para a Copa do Mundo, a LIga das Nações serviu para confirmar essa evolução com um acesso, um pouco surpreendente. Agora os finlandeses chegam para estas Eliminatórias como candidatos reais a conquista de uma das vagas. A Finlândia conta com poucos jogadores atuando nas 5 principais ligas da Europa e essa evolução a dois fatores principais: O bom trabalho feito por seu técnico + junção de jogadores jovens com jogadores que estão em seu auge. A principal esperança de gols da Finlândia passa pelos pés de Teemu Pukki, jogador do Norwich City. Se conseguir repetir o nível de desempenho da retal final das últimas Eliminatórias para a Copa e da Liga das Nações teremos grandes chances de ver a Finlândia na próxima Eurocopa.

Técnico: MarkkuKanerva.

Destaques: Teemu Pukki, Hrádecký e Kamara

WhatsApp Image 2019-03-20 at 21.46.38Seleção da Finlândia vai em busca de surpreender mais uma vez.

 ARMÊNIA: A seleção de Armênia tem um dos jogadores com mais qualidade individual do grupo, Mkhitaryan. Porém uma andorinha só não faz verão e a falta de companheiros de qualidade acaba tornando a presença de Mkhitaryan um pouco inútil. A tendência e que os armênios fiquem com a quinta colocação do grupo e que tirem pontos das equipes que vão brigar pela vaga quando atuar em sua casa, pois um jogador da qualidade de Mkhitaryan pode tirar um coelho da cartola para garantir uns pontos para a sua seleção.

Técnico: Armen Gyulbudaghyants.

Destaques: Mkhitaryan, Movsisyan e Adamyan.

BÓSNIA:O acesso na Liga das Nações deu uma recuperada na moralda seleção da Bósnia após ficar de fora das duas últimas grandes competições.Atualmente a seleção da Bósnia não tem mais a quantidade de bons jogadores queteve no começo da década, hoje a seleção é dependente dos seus dois principais jogadores, Pjanic e Dzeko, jogadores de uma qualidade que as demais concorrentes pela vaga não tem.Isso é uma vantagempara a Bósnia na briga por vaga. Além disso, são uma seleção bem organizada coletivamente e que se defende bem.

Técnico: Robert Prosinecki.

Destaques: Dzeko, Pjanic e Kolasinac.

@Jhonny14Souza

Deixe uma resposta