Matheuzinho – Da ZN de Londrina para a Gávea

Por Rafael Santos

WhatsApp Image 2019-02-14 at 16.08.04

Matheus França Silva, mais conhecido como Matheuzinho. O lateral direito foi promovido ao profissional logo após a Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2018, onde foi um dos destaques da equipe marcando dois gols em três jogos.

Teve uma boa sequencia no campeonato estadual, porem na reta final Lucas Ramon assumiu a vaga de titular nos clássicos e se consolidou ocupando essa vaga, no decorrer do ano a promessa da base jogou apenas 82 minutos somados em três jogos. Essa situação se deu ao fato da troca de comando constante, Ricardinho que iniciou o ano tinha ambição de usar a base, enquanto Marquinhos Santos e Roberto Fonseca apostavam nos jogadores com maior rodagem.

Em 2019 o lateral direito vem assumindo função direta na criação de jogo, participação ativa e constante no ataque, sendo um típico lateral apoiador que tem liberdade de flutuar, se aproximar do volante Rômulo que tem função de recuperar a posse de bola, alem disso a promessa tem função de buscar o jogo em profundidade pela direita ao lado de Weverton ou Marcelinho, já que essa função de ponta ainda não tem um titular absoluto.

Tanto na base, quando no profissional, o lateral Matheuzinho sempre teve características ofensivas, uma ótima finalização e passe, tendo essa liberdade para flutuar e se aproximar dos meio-campistas auxiliando na triangulação e manutenção da posse de bola, devido a sua qualidade de passe curto e longo.

Os volantes Rômulo e Germano se aproximam do lado direito fazendo o balanço tático e abrindo o corredor onde Matheuzinho vai se projetar, isso mantém a linha de triangulação e no momento certo ele avança “empurrando” o Weverton para a frente, nesse momento o ponta se projeta na diagonal visando a região central abrindo novamente o corredor para a ultrapassagem do lateral direito.

WhatsApp Image 2019-02-14 at 16.08.04

Nas partidas em que o adversário se propõe a defender atrás da linha da bola, o lado direito de ataque é o mais utilizado, partindo do 4-2-3-1, para um 4-2-2-2 onde o balanço tático é feito e o time mantém ocupação de área, saída de bola e triangulação na diagonal ou profundidade. O Matheuzinho avança para se aproximar do Germano que atua como meia interior e do ponta que estiver atuando pela direita, porem o Rômulo recompõe a linha defensiva de 4 jogadores, Luidy que atua como ponta pela esquerda se aproxima do Uelber que atua como centroavante e Marcinho que é o meia construtor se mantém em linha de passe jogando na entrelinha.

Alguns avanços em profundidade nas costas do ponta direita visando um cruzamento ou passe na diagonal para trás. Jogada enfatizada por Alemão tanto na base, quanto agora no profissional e que possibilitou vários gols de Miullen e Uelber. Vejo essa organização ofensiva com bons olhos, apesar da pouca idade o lateral apresenta uma inteligência tática, um senso critico e um cognitivo muito interessante, é natural que alguns jogadores jovens tenham como característica a vitalidade, velocidade e resistência, porem o Matheuzinho dá a confiança para ser peça fundamental em uma organização de jogo.

WhatsApp Image 2019-02-14 at 16.08.04

WhatsApp Image 2019-02-14 at 16.08.04

Defensivamente o lateral se porta bem, tem uma ótima recomposição e dificilmente deixa espaço em suas costas e quando a equipe adversária inverte o jogo e vai para o 1×1, raramente o Matheuzinho é vencido no duelo. Assim que ele recupera a bola se dá inicio a triangulação e manutenção da posse de bola, alem da possibilidade de ligação direta com o ponto direita.

WhatsApp Image 2019-02-14 at 16.08.04

WhatsApp Image 2019-02-14 at 16.08.04

Em algumas situações de contra-ataque em velocidade ou ligação direta existe a cobertura dupla, onde o Silvio fecha a linha de finalização e o Rômulo precisa se movimentar e rapidamente fechar a linha de 4 defensiva, enquanto isso Matheuzinho precisa ir na direção da bola dobrando a marcação.

WhatsApp Image 2019-02-14 at 16.08.04

Analisando de modo de geral, é um ótimo jogador levando em consideração a pouca idade, está no profissional faz mais de 1 ano e já tem um trabalho físico sendo feito a bastante tempo, teve passagem pela seleção brasileira recentemente e vinha sendo um dos destaque em todos os jogos, porem assim que a negociação foi concretizada teve um período de descanso para evitar uma lesão que impossibilitasse a transação.

@Rafinha_Esporte

Deixe uma resposta