Sebá por Talleres! Conheça o adversário do São Paulo na Pré-Libertadores

Por Michel Corbacho

WhatsApp Image 2019-02-05 at 12.28.17

A Copa Libertadores da América está de volta e, logo de cara, mais um duelo entre argentinos e brasileiros. Pela fase inicial da competição, conhecida como Pré-Libertadores“, trará o confronto entre Talleres (Cdb) e São Paulo.

O Talleres já não é mais a mesma equipe da temporada anterior que chegou até a Copa Libertadores da América. Perdeu, por exemplo, um dos seus principais jogadores daquela temporada: Emanuel ‘Bebelo’ Reynoso contratado pelo Boca Juniors. Outros como Olarza, Marcelo Torres e até o técnico Frank Kudelka também deixaram a equipe.

Ainda assim, o Talleres têm suas qualidades que podem vir a surpreender o São Paulo. Se vale o ditado que toda boa equipe tem que começar com um bom goleiro, o Talleres então está bem servido! Guido Herrera é um goleiro extremamente seguro, eleito um dos melhores na última temporada, vide as suas atuações culminaram na convocação para a seleção da Argentina.

Na lateral direita, Godoy é um jogador que vai muito bem, sobretudo no apoio ao ataque, porém cede espaços nas costas e têm dificuldades de marcação. É por esse setor que o São Paulo pode incomodar a defesa do Talleres, porém precisa redobrar a atenção com as investidas ofensivas.

WhatsApp Image 2019-01-29 at 15.50.25Talleres é forte ofensivamente pela direita. Em contrapartida, cede espaços na defesa pelo setor (Flagra/Reprodução: Michel Corbacho/TNT Sports)

Além da falha de marcação do sistema defensivo pela direita, o Talleres encontra dificuldades quando a equipe adversária pressiona às saídas de bola. Por ser uma equipe que gosta de sair jogando desde atrás – inclusive o goleiro sabe jogar com os pés – quando pressionado, sente dificuldades e perde a posse em zonas perigosas. É alternativa para o Tricolor paulista incomodar aos argentinos.

Apesar de contar com zagueiros fortes nas bolas aéreas e de bom posicionamento, deixam a desejar um pouco no quesito velocidade. A propósito, utilizar da velocidade também pode ser uma estratégia fundamental para o São Paulo na partida.

O meio de campo da “T” é formado por jogadores que qualificam o passe e optam por sair jogando com a bola nos pés. É uma das características da equipe! Guiñazu, velho conhecido da torcida brasileira, é o principal homem de marcação no setor. Ao lado do experiente volante, atua o Andrés Cubas, que também possui características de marcação.

Para compor o meio, Tomás Pochettino e Juan Ramírez, são os jogadores que atuam pelos flancos, oferecem velocidade, dinamismo e qualidade técnica para criar as jogadas ofensivas. Ramírez, por exemplo, é um meio-campista canhoto, com extrema capacidade técnica para ditar o ritmo da equipe e qualificar o jogo em prol dos argentinos.

WhatsApp Image 2019-02-03 at 21.58.31Juan Ramírez é um dos destaques do meio de campo do Talleres (Foto/Reprodução: albiazul.com.ar)

Na frente, uma dupla que se completa! Dayro Moreno, recém-contratado, conta com a velocidade de Sebastián Palácioso principal jogador desta equipe de Vojvoda! O São Paulo vai precisar ter muita atenção com a velocidade do ‘Sebá’ Palácios. É um jogador que flutua por todo o setor ofensivo – apesar de maior aparição pelo lado direito – confunde a marcação adversária e, por vezes, se infiltra na área para marcar gols. Olho!

A dupla de ataque também gosta de pressionar às saídas de bola do adversário. O Talleres, por contar com atletas velocistas na frente, explora bem este fator de avançar a marcação para recuperar a ‘pelota’ o quão mais próximo possível do gol adversário.

WhatsApp Image 2019-02-05 at 18.47.20Jogadores de frente pressionam a saída e recupera a bola no campo de ataque (Flagra/Reprodução: Michel Corbacho/TNT Sports)

Contudo, o Talleres apresenta um futebol qualificado com a bola nos pés. Povoa o meio de campo, opta por passes curtos e em velocidade explora os lados, sobretudo pelo flanco direito, com os avanços de Godoy e as constantes movimentações de Palácios. Está longe de ser um dos grandes clubes do futebol argentino, entretanto, não será presa fácil para a equipe são-paulina.

Provável escalação: Guido Herrera; Godoy, Komar, Tenaglia, Bersano; Pochettino, Guiñazú, Cubas, Ramírez; Sebá Palácios e Dayro Moreno.

@michelcorbacho

Deixe uma resposta