Análise dos reforços do Corinthians para a temporada 2019 – PARTE 1, DEFESA E MEIO

Por Jhonata Souza

Até o momento de produção deste texto, o Corinthians contratou ao todo 8 reforços para melhorar o seu elenco após um segundo semestre bem fraco. Além dos reforços contou com a volta de Gustavo, que estava no Fortaleza em 2018. Essa lista de reforços ainda pode aumentar, pois de acordo com os rumores, o Corinthians está próximo de trazer de volta Guilherme Arana para a sua lateral esquerda, além da especulação de uma possível volta de Vagner Love para o time do Parque São Jorge.

Nessa primeira parte do texto iremos abordar mais sobre os reforços trazidos para a defesa e o meio de campo (Manoel não será analisado por ter sido anunciado enquanto o texto estava sendo produzido).

Michel Macedo: Tem 28 anos, começou na base do Flamengo e depois passou por Almeria-ESP, Atlético Mineiro e Las Palmas antes de chegar até o Corinthians. Estava sem clube após o fim do seu contrato na Espanha e foi contratado para resolver o problema da reserva na lateral direita, uma posição que o Corinthians sofreu 2018 inteiro com jogadores sendo improvisados na posição nos momentos em que Fagner estava indisponível para alguma partida. Não vejo ele se tornando uma possível ameaça a titularidade de Fagner, mas será um nome importante para a rotação ou em momentos que Fagner não esteja disponível. Michel é um lateral com boa velocidade, uma boa força física para um lateral e alguém que vai bem nos desarmes e cortes na defesa. Além disso, é um lateral que gosta de atuar mais aberto no campo, dando amplitude para o time, nesse sentido ele pode fazer uma boa dupla com um ponta que gosta de cair mais para o meio, caso de Pedrinho, Ramiro e Sornoza. Ele é um cara que faz bem a ultrapassagem, o que é bom, pois ele tem um bom cruzamento rasteiro. Essas qualidades podem ser vistas no vídeo a seguir que foi feito pelo @SccpScouts.

 

Richard: Tem 24 anos, fez a sua categoria de base no Comercial-SP e depois rodou por alguns clubes do Interior paulista antes de chegar ao Fluminense em 2017. Nas laranjeiras se destacouprincipalmente no Brasileirão de 2018 onde chamou a atenção do Corinthians com suas atuações, sendo contratado por 8 milhões de reais. O time de Itaquera sentiu a necessidade de comprar um primeiro volante após um ano ruim de Gabriel e o fato de Ralf não ser mais nenhum novinho. Num primeiro momento pode começar no banco de Ralf, mas vem para assumir a posição com o decorrer da temporada.

funil

Richard se destacou no Fluminense sendo um primeiro volante com qualidade na marcação, se destacando com o seu bom número de desarmes, cortes e interceptações. Ele é um jogador com mais de 1.90cm de altura, o que dá a ele uma vantagem no jogo aéreo, algo que o Corinthians sofreu bastante nos últimos anos. Com a bola ainda tem a melhorar, principalmente na saída de jogo, mas se mostrou um jogador com boa capacidade de fazer lançamentos longos. Ele conseguiu se destacar num Fluminense bagunçado, a expectativa e que num time mais organizado ele possa evoluir ainda mais para se tornar uma peça importante do time de Carille.
(Fonte: @SccpScouts)

Ramiro: Tem 25 anos, começou na base do Juventude, onde chamou a atenção do Grêmio que o contratou em 2013. Jogou por 5 anos no tricolor gaúcho, sendo peça importante do time durante todo esse tempo. Sua chegada ao Corinthians aconteceu por meio de oportunidade de mercado que surgiu através da amizade do seu empresário e a atual diretoria do Corinthians. Ao lado de Boselli são os principais reforços até agora, aqueles que com certeza serão titulares desde o princípio. Muito dessa expectativa sobre ele se deve aos seus ótimos números no Grêmio. Por lá se mostrou um ótimo passador, sendo o segundo melhor nesse quesito, só atrás do seu ex-companheiro Maicon. Além do seu passe, também é bom nos cruzamentos, faz muito bem a recomposição defensiva seja atuando na meia direita ou pelo meio, já que tem um bom combate. Mas a qualidade que mais deve fazer os olhos de Carille brilhar e a sua versatilidade, pois Ramiro pode atuar tanto na meia direita, como de segundo volante e até de lateral direito em momentos de necessidade. Ramiro é um jogador de sistema, que atua primeiro para o time e depois para si próprio. É o tipo de jogador que Carille adora, um ouro puro que com certeza será muito bem utilizado pelo técnico Corintiano

funil

Sornoza: Equatoriano de 24 anos, começou a sua carreira no Independiente del Valle, clube do seu país natal, onde foi um dos destaques da equipe que fez história ao chegar até a final da Libertadores de 2016. O destaque em 2016 despertou o interesse do Fluminense que o contratou em 2017. Nas laranjeiras sempre foi um dos destaques do time nós dois anos que ficou. Em 2018 foi um jogador importante na boa campanha do clube das Laranjeiras na Sul-americana do último ano. Chega ao Corinthians sendo a contração mais cara do clube nessa janela, custando cerca de R$11 milhões por uma porcentagem dos seus direitos. As qualidades que chamaram a atenção do Corinthians foram a sua capacidade de ser um bom construtor de jogadas, seu bom passe, qualidade nos cruzamentos, técnica e um bom chute de fora da área, além de ser um jogador que se gosta de se movimentar bastante pelo campo como pode ser visto nas imagens a seguir que mostram mais das suas qualidades e o seu mapa de calor em 2018.

funil

funil

Dados Via Footstats e SofaScore.

Chega ao Corinthians numa condição parecida ao Richard. Num primeiro momento talvez comece no banco de alguém com mais nome no clube, mas com a expectativa de que possa assumir a posição de armador do time no decorrer da temporada. Mas, Carille nos treinos vem testando Sornoza como um meia pela esquerda, algo no estilo Jadson em 2015. Não é a posição onde Sornoza rende mais, mas pode dar certo, pois qualidade ele tem, só vai precisar de tempo para se acostumar por ali.

@SuperJhonny14

Anúncios

Deixe uma resposta