Como Matheus Silva pode ajudar o Bahia

funil
Contratado para a lateral direita do tricolor de aço, Matheus Silva pode agregar muito ofensivamente ao time, mas precisa corrigir deficiências defensivas.
Titular em parte da temporada pelo Paysandu, o jovem jogador agradou pelo estilo agudo e vertical. Com muita velocidade, Matheus Silva têm características de um lateral ofensivo. Parte pra cima da marcação, busca o um contra um e tem boa capacidade de atacar.
Porém, a técnica ainda é um problema. O passe e o cruzamento ainda não são de nível para a Série A, mas podem ser corrigidos com treinamentos específicos e experiência.
Outra dificuldade do jogador é a defesa. Matheus Silva funciona melhor em um esquema que a proteção do lado direito não tenha ele como ator principal. Na série D, pelo São Francisco, jogava como ala em um esquema com três zagueiros e apareceu melhor.
No Paysandu, atuou como lateral de fato e isso exigiu mais dele, ressaltando algumas de suas deficiências como o desarme é o bote (Tomou muitos amarelos dessa maneira). Este problema também pode ser corrigido com treinamento e experiência, além da formação da equipe. Pois, ele não sustenta a linha de defesa com tanta eficiência.
A parte física (explosão e velocidade) é um trunfo de Matheus, mas é preciso potencializar isso e saber dosar para o jogador não cansar. Além disso, ele não tem tanta força para disputas diretas.

No geral, encaixo o Matheus como um lateral ofensivo ou ala, que funciona melhor jogando pelo corredor direito carregando a bola para alguém com o passe mais qualificado, além de fazer uma boa pressão na frente.

@mathauspauxis

Anúncios

Deixe uma resposta