Vale o investimento? – ANÁLISE DE CARLOS EDUARDO

whatsapp image 2019-01-03 at 12.48.29
Até o momento, o atacante Carlos Eduardo foi o reforço mais caro do Palmeiras para a próxima temporada. O extremo tem 22 anos e vem para atuar pelos lados do campo, posição mais carente do elenco. O jogador revelado pelo Goiás e que estava no futebol egípcio, será a esperança do verdão para preencher a lacuna deixada por Keno.
PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS:
VELOCIDADE: O ponta direita é muito rápido e explora essa qualidade. O jogador parte sempre para os lances individuais, gosta das jogadas 1×1 e realiza às transições em velocidade nos contragolpes.
Carlos Eduardo sempre usa sua velocidade para ter vantagem nos lances individuais.
DRIBLE: O flanco foi o principal driblador da série B de 2017, com 77 dribles certos em 33 jogos, média de 2,33 dribles por jogos. Em 13 rodadas na série B de 2018, ele já tinha 11 dribles certos. O atleta gosta das arrancadas com cortes curtos e muita precisão, quebrando a marcação adversária.
O jogador dribla em progressão a baliza adversária, utilizando todos seus recursos para passar da marcação.
VARIAÇÃO NAS FINALIZAÇÕES: Carlos Eduardo é destro, entretanto tem qualidade com a perna esquerda e tem presença nas jogadas aéreas. Isso aumenta seu repertório diante do goleiro adversário e sua capacidade de decisão no último terço. Na série B deste ano, foram 14 conclusões certas (43,8%) em 13 partidas.
O atacante tem variedade nos arremates. Independente da circunstância, ele busca agredir a meta adversária.
POSICIONAMENTO: O extremo também gosta das jogadas na linha de fundo, fazendo o cruzamento ou dando o passe para trás, visando um companheiro com espaço para a finalização. O atacante dá muita profundidade em campo, gerando sempre preocupação ao seu marcador e sendo opção para um passe longo.
Cadu dá muita profundidade ao ataque, ocasionando várias situações para uma possível finalização sua ou dos companheiros.
DESARME: Além dessas características, o atleta auxilia na marcação, sendo muito bom em desarmes e recuperando a posse da bola. Nas 13 rodadas que esteve na série B de 2018, conseguiu 16 desarmes certos. Isso é fundamental na equipe de Scolari, o Palmeiras foi a equipe que mais desarmou no último terço. Carlos Eduardo vem para ser mais uma peça importante nesse quesito.
Carlos Eduardo ajuda na primeira marcação, pressionando o portador da bola. No lance acima, o extremo não desiste da jogada e marca o gol.
ONDE PRECISA MELHORAR? O atacante perde muito a posse da bola, pois sempre tenta a investida individual. Na série B de 2017, Carlos Eduardo perdeu 399 vezes a bola, isso impede que o sistema ofensivo tenha volume e consiga as finalizações.
caldiolismoMapa de calor do Carlos Eduardo, durante a série B 2017.
O ponta-direita pode ser útil em outras funções e também gerar desequilibro dentro de campo. Uma aquisição alta, mas jovem e com potencial, podendo fazer uma ótima temporada e ocupar a posição deixa por Keno.
Fontes utilizadas na pesquisa: Footstats; SofaScore; ipalmeirense101; wpasports.
Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s