O líder segue para as fases de grupos – ANÁLISE TÁTICA ESTRELA VERMELHA 1 x 4 PSG

Por Alif Oliveira

Pela última rodada da Champions, o PSG foi a Sérvia enfrentar a equipe da Estrela Vermelha, que por sinal, dentro de seus domínios apresentava um belo poderio ofensivo, inclusive empatando com o Napoli e vencendo o Liverpool, contando com a ajuda de seus torcedores, que fazem do estádio um caldeirão.

O técnico parisiense mandou a campo a equipe em um 4-2-1-3 com Neymar se associando mais a Mbappé que atuou pela esquerda, fazendo com que Di Maria atuasse pela direita e Marquinhos fazendo a função de primeiro volante auxiliando na saída de bola e recuando para os momentos ofensivos da equipe.

Os primeiros minutos logo foram definindo o que seriam da partida, o PSG dominando desde o início, buscando sempre verticalizar e acelerar os contra-ataques com Neymar e Mbappé, e tendo uma defesa sólida sempre sofrer muito durante a primeira etapa. O Estrela Vermelha defendia-se em duas linhas de quatro tentando se manter em compactação mas deixando muito espaço entrelinhas, que logo foi o terreno para os parisienses atacarem com frequência.

Mbappé como solicitado para acelerar e puxar os contra-ataques foi muito bem para deixar Cavani abrir o marcador.

No momento defensivo era importante ter a linhas compactadas e bem postadas para conter os diabos vermelhos, que sempre que podem oferecem perigo ao seu adversário dentro de casa. Em momento ofensivo, o time atacava com 6 jogadores invadindo a área para obter êxito na finalização. A mobilidade de Neymar foi importante para o time, não comparando, mas lembrando aos mais velhos a época de 70 como o ídolo holandês Johan Cruyff, indo organizar o meio-campo, conduzindo, apoiando o companheiro no setor e entrando para finalizar dentre área.

A equipe foi extremamente intensa ao fazer uma pressão média-alta para obter vantagem no placar, e para isso é importante ter jogadores para isso, Verratti é um dos jogadores mais importantes para o mecanismo da equipe, além de ser essencial no pressing e transição defensiva fazendo dupla com Marquinhos, qualifica a saída de bola para chegar a Neymar. O segundo gol parisiense foi feito em um forte contra-ataque ativado por Marquinhos que acaba em Neymar fazendo um belíssimo golaço.

Na segunda etapa, a equipe mandante veio com uma intensidade maior do que a anterior, provocando uma extrema pressão para cima da meta defendida por Buffon, normal, para a equipe parisiense já que sua primeira etapa foi de muito físico e intensidade, com isso a equipe dos Reds acabou diminuindo no marcador dando fervor para os torcedores presentes.

Conforme a segunda etapa rolou, os Reds perderam o fôlego e começaram baixar mais o seu terreno, isso deu tranquilidade para os parisienses controlarem mais o jogo com sua posse de bola habitual e criar oportunidades de gol, que só não foram concluídas com êxito graças a o goleiro Milan Borjan.

A forma com que Tuchel posicionou Kylian Mbappé que foi considerado interessante pois o jogador se destaca no corredor esquerdo desde sua época de Monâco ainda com Leonardo Jardim como seu mentor. O camisa 7 acelerava, pausava e sabia dar muito bem continuidade ao contra-ataque imposto pela equipe parisiense, se tornando cada vez mais lúcido durante toda a temporada.

A segunda etapa do PSG foi da afirmação dentro de seu grupo, mantendo um sistema sólido e equilibrado entre seu sistema de defesa e ataque, mostrando ao Estrela Vermelha que esta não seria a noite dos Diabos Vermelhos. Foi uma grande noite para os parisienses, que irão com todo o foco para as fases de grupos podendo contar com reforços para qualificar a equipe a partir da janela de janeiro.

Foi o jogo do convencimento e alegria para os torcedores parisienses, que tiveram um pouco de desconfiança quanto ao trabalho realizado por Thomas Tuchel, que prova que mesmo com “pouco” material humano, sabe formar trabalhos bem feitos.

@Alif_OR14

Foto destaque: Uefa

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s