Raio-X do elenco rubro negro

Por Luan Silveira e Vinícius Melo

27e35f06-8ffd-45ea-a27c-37d034e7590f

Avaliação dos jogadores do elenco profissional do Flamengo com contrato em vigor em 2019.

Entre parênteses consta o mês do fim do contrato.

GOLEIROS:

Diego Alves (Dez/2020)

fla

Goleiro extremamente seguro e um dos três melhores em solo nacional. Praticamente todas as suas falhas que resultaram em gol foram quando retornava de lesão (River e Botafogo) ou jogando machucado (Corinthians), e quando pegou ritmo novamente foi determinante em várias vitórias (Atlético-MG, Vitória, Fluminense, Cruzeiro, etc.)

Uma qualidade pouco ressaltada de Diego Alves é sua distribuição com os pés acima da média, e essa característica em um time de vocação ofensiva, como historicamente é o Flamengo, é muito importante pois gera superioridade numérica na saída de bola e ajuda a vencer uma eventual marcação alta (pressing) adversária.

Situação em 2019: A única coisa que o impediria de ficar no Flamengo seria o problema que teve com Dorival Jr. após ser barrado sob um suposto argumento de meritocracia. Ao que tudo indica sua permanência dependerá de quem vencer as eleições dia 8, mas mesmo que a oposição vença ele não é garantia no ano que vem.

César (Abr/2022)

fla

Goleiro bastante sólido, com ótimos reflexos e boa envergadura, e um dos melhores reservas no futebol brasileiro, mas ainda tem duas falhas que o impedem de ser titular absoluto que são o posicionamento muito próximo da linha de gol e a inconsistência na saída do gol em bolas aéreas. Sua distribuição com os pés melhorou bastante em relação a anos anteriores, mas ainda apresenta imprecisão, pois é algo que provavelmente não foi estimulado na sua formação.

2019: Fundamental sua permanência no elenco como goleiro reserva já que o Flamengo deve entrar pra vencer em três torneios que ocorrerão de forma simultânea, independentemente da situação de Diego Alves.

Thiago (Dez/2020)

fla
Após um fim desastroso em 2017 com falha na final da Copa do Brasil seguida de lesão, Thiago pouco/não atuou esse ano teve seu contrato ampliado em um ano. Difícil avaliá-lo, pois iniciou nos profissionais sob os preparos de Vitor Hugo.


2019: O ideal seria um empréstimo para algum time da Série B com salários divididos, de forma até generosa se preciso, para que tenha minutos e possibilite a próxima diretoria tomar alguma decisão.

Gabriel Batista (Dez/2022)

fla

Goleiro recém-saído das categorias de base que mostrou no Campeonato Carioca bastante velocidade debaixo das traves nas boas atuações que teve junto com o time de garotos que iniciou o ano.

2019: Permanecer como terceiro goleiro e continuar evoluindo sob o comando do Rogério Maia, mas caso Thiago permaneça seria interessante emprestá-lo para um time que dispute um estadual como o de São Paulo ou até mesmo a Série B.

LATERAIS

Pará (Dez/2019)

0G/1A

fla

Jogador limitado taticamente e tecnicamente que até já foi útil alguns anos atrás, mas atualmente não está no patamar do Flamengo. Dificuldades na recomposição da linha de 4 defensiva e falta de vigor físico pra ir ao fundo são uns dos seus problemas.


2019: Com um ano restante no contrato, um empréstimo ou uma troca para um time menor seria o ideal a se fazer com o atleta de 32 anos.


Rodinei (Dez/2022)

2G/2a

fla
De longe o jogador mais contestado pela torcida nessa temporada, e com razão, pois, apesar de gerar boa amplitude pelo lado direito e ter facilidade na chegada ao fundo, apresenta muita dificuldade na tomada de decisão e insegurança pra tentar passes verticais, e isso num time que se propõe a ficar com a bola é muito danoso, além de problemas no posicionamento defensivo. Diversas vezes durante o ano foi possível observar que Barbieri o escondia na saída de bola, principalmente em jogos mais importantes quando o adversário marcava em bloco médio (quando as linhas de marcação adversária avançam e iniciam a pressão já na altura do meio-campo).

2019: Após rumores de interesse do futebol saudita teve seu contrato renovado e o resto dos direitos comprados em uma decisão um tanto quanto equivocada da diretoria, porém o atleta não é alguém sem talento e achar interessados em sua contratação não é impossível, haja vista que em um modelo de jogo mais direto ele pode ser uma boa opção já que as decisões a serem tomadas seriam mais simples. Caso não seja vendido, o ideal seria um empréstimo para valorizar o atleta.

Renê (Dez/2020)

2G/6A

fla
Jogador subestimado, inteligente, confiante, porém limitado tecnicamente, e essa confiança aliada à essa limitação técnica faz a torcida perder a paciência devido a quantidade de erros que isso causa. Bastante sólido defensivamente e com bom entendimento tático, sabendo a hora de atuar por dentro e a de atacar a profundidade, mas peca bastante nos cruzamentos apesar de ter evoluído no decorrer da temporada.

Trauco (Dez/2019)

0G/4A

flaO peruano possui rara qualidade na batida de bola, seja pra passar, lançar ou cruzar, porém tem muitos problemas defensivos, como a dificuldade de fechar a linha de quatro defensiva e deixa muito a desejar no mano a mano.


2019: Tem de ser vendido, pois resta um ano em seu contrato e tem mercado na Europa e nos Estados Unidos após uma Copa decente.

ZAGUEIROS

Léo Duarte (Dez/2022)

2G/0A

fla

Ponto mais forte da linha defensiva no ano, Léo tem bastante velocidade para cobrir a subida do lateral do seu lado e pra vencer no 1×1 com atacantes rápidos, mas tem dificuldades com centroavantes mais físicos, como foi com Rafael Moura, Maxi López e Fred, apesar de ter ganhado bastante massa muscular desde o ano passado.

2019: Titular absoluto na defesa.

Rhodolfo (Dez/2019)

3G/0A

fla

Apesar de não ser muito veloz, é um zagueiro que lê muito bem o jogo e aparenta estar sempre no lugar certo tanto pra interceptar quanto pra desarmar, além de ser muito dominante na bola aérea e ser bem decente com a bola nos pés. As lesões o impediram de ter sido titular ao lado do Léo.

2019: Reserva, pois é muito propício a lesões para ter uma vaga de titular.

Thuler (Dez/2023)

1G/0A

fla

Zagueiro bastante promissor de boa qualidade técnica, boa impulsão e uma abordagem de marcação bastante agressiva. Seu estilo de jogo de mais contato vai se beneficiar bastante após ele ganhar mais massa no ano que vem.

2019: Idealmente, será reserva, mas caso não seja contratado nenhum zagueiro de nível titular deve disputar com Rhodolfo pela vaga ao lado do Léo e só deve ganhá-la caso venha um treinador que prefira manter as linhas de marcação bem altas. De qualquer modo a tendência que em algum momento ele assuma a titularide, pois tem contrato longo e é bastante promissor.

VOLANTES

Cuéllar (Mai/2022)

0G/2A

fla

Melhor volante na seleção do Brasileirão aqui do MW, Cuéllar fez uma temporada quase perfeita. Seja desarmando, interceptando ou passando a bola, o colombiano mostrou que não deve nada a nenhum volante do futebol sul-americano. Na reta final houve um declínio físico e técnico um tanto que esperado de alguém que jogou como volante único da equipe por tantos meses no ano.

Seu entendimento tático do jogo é excelente, pois assimilou muito bem os gatilhos de pressão da marcação alta que o Flamengo fez durante boa parte do ano e constantemente se colocava em posição para desarmar ou interceptar os adversários do seu jeito bem agressivo e eficaz de abordagem da marcação.


2019: Titular absoluto e um dos pilares do time, mas as especulações de sua saída são fortes.


Piris da Motta (Dez/2022)

fla

Com poucos jogos no ano não foi possível ver muito além de que compreende bem como e quando fechar linhas de passe para conseguir interceptações, mas apresentou dificuldades nos desarmes, e um dos fatores que o levaram a ter essas dificuldades talvez sejam a mudança de um sistema com dois volantes no San Lorenzo para um só no Flamengo. Com a bola nos pés mostrou dificuldades em lançamentos, mas bastante confiança pra iniciar o jogo de trás.

2019: Reserva imediato para a posição de primeiro volante seria o ideal, independentemente de uma eventual saída do Cuéllar.


Rômulo (Dez/2020)

fla

Um ano bastante difícil pra um jogador contratado com tanta expectativa anos atrás, porém no jogo contra o Internacional mostrou qualidade na saída de bola e pode ser que consiga reviver sua carreira em outro clube.


2019: Sabendo que será muito difícil alguém comprá-lo, um empréstimo com opção de compra ou uma troca seriam o ideal a se fazer.


Ronaldo (Dez/2020)

fla

Jogador que fez muito sucesso no time campeão da Copinha em 2016 atuando de primeiro volante, mas que no Carioca desse ano atuou mais como segundo ao lado Jonas e mostrou qualidade nos passes, porém sem atuar depois do Estadual se tornou uma incógnita.


2019: Empréstimo pra ganhar minutos e evoluir fisicamente é o cenário ideal e mais que necessário para Ronaldo.

William Arão (Dez/2019)

2G/2A

fla

Outro jogador bastante contestado pela torcida, com razão, pois é bastante relaxado em campo e mostra muita displicência na marcação. Tem infiltração forte e entende o jogo de posição, mas precisa mudar de ares.

2019: Quase saiu para um time grego e tem times brasileiros de olho, logo deve ser vendido ou trocado.

Jean Lucas (Dez/2021)

fla

O promissor segundo volante rubro-negro apresentou bastante qualidade técnica, bom passe e potencial para ser um volante de área a área, mas seu desempenho desastroso na Libertadores o fez perder a vaga de reserva imediato no time. Ele é um pouco diferente de Arão em como gosta de ir ao ataque, pois prefere fazer movimentos em diagonal buscando a ponta do que ir propriamente pra área, mas isso é algo que pode ser treinado (ou não) pelo próximo comandante. Importante ressaltar que, por ser seu primeiro ano nos profissionais, sofreu em duelos físicos.


19: Permanecer no elenco na reserva de algum jogador que venha a ser contratado pra sua posição seria o mais interessante, pois teria minutos e não seria titular. Caso o sistema não o permita ser reserva imediato, um empréstimo onde ele pudesse atuar bastante seria uma boa opção caso pintasse essa oportunidade.

MEIAS

Éverton Ribeiro (Mai/2021)

10G/6A

fla

Com 48 jogos somados entre Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores, o camisa 7 foi um dos atletas que mais atuou pelo Flamengo em 2018. Partindo do lado direito durante a fase ofensiva da equipe como um ponta-armador, em sua posição habitual, ou ainda como meia-armador, mais centralizado, Éverton foi peça chave na constituição tática da equipe ao longo do ano. Tenha sido com Maurício Barbieri ou com Dorival Júnior, as flutuações do lado para o centro ou para o setor da bola que Ribeiro aportou à equipe foram fundamentais para povoar a esquerda com mais jogadores, atraindo o adversário, estabelecendo um “lado forte” e permitindo alternativas como associações curtas próximas à bola ou inversões para o lado oposto, ou ainda trocas e compensações que concederam liberdade a Lucas Paquetá para atacar a partir de diversas áreas do meio-campo. Estratégia destacável, sobretudo nos jogos que precederam à Copa do Mundo, nos quais culminou diretamente na soma de pontos.

carlos barbosaAs flutuações de É. Ribeiro: o camisa 7 partia da direita em direção ao centro e ao lado esquerdo.

Após o retorno da Copa, Éverton aparentava melhor forma física. Gestualmente estava mais veloz especialmente para driblar, inclusive em condução, e para girar. Tecnicamente fez ótimas partidas entre Julho e Agosto, à excessão das derrotas para Grêmio, Cruzeiro e Atlético-PR, nas quais já aparentava sofrer com os desgastes físico e mental decorrentes do curto intervalo para recuperação, problema que o acompanharia por boa parte dos jogos até o final da temporada, desmontrado pela queda recorrente na eficiência nos duelos disputados, e que acarretou em muitas oscilações negativas.

2019: É imprescindível para que Éverton atue com maior regularidade em alto nível que seja discutido um planejamento físico compatível com as características do atleta, que envolvam a preservação em jogos de menor apelo e em grandes sequências desgastantes, para tê-lo apto a desempenhar futebol com excelência especialmente nos jogos-chave da temporada, como os mata-matas de Libertadores e Copa do Brasil e confrontos diretos no Brasileirão. Será importante também, a partir da definição do técnico para a temporada 2019 e da identificação da natureza das oscilações físicas, cogitar utilizá-lo com maior frequência pelo centro, como meio-campista, para que não se desgaste tanto cobrindo uma área significativa pela direita, em que pesem os duelos frequentes e intensos no meio-campo.

Diego (Jul/2019)

8G/5A

fla

Uma das maiores decepções do time no ano, o veterano meia atuou muito abaixo do salário que recebe e não correspondeu nos momentos mais importantes. Por diversas vezes o atleta prendia demais a bola e inevitavelmente era desarmado/interceptado ou forçado a tocar para trás.

19: Pelo que apresentou nessa útlima temporada e pelo alto salário não faz sentido renovar o contrato do jogador, mas com uma boa redução salarial e uma mudança de papel no elenco pode ser uma boa.

Matheus Sávio (Dez/2020)

1G/0A

carlos barbosa

O armador revelado nas categorias de base já vem sendo criticado há algum tempo, mas grande parte desse problema se dá porque os treinadores o utilizaram como ponta-esquerda na falta de peças de reposição no elenco e não de meia, que é sua posição de origem. Qualidade no passe e visão de jogo ele tem, mas agora precisa demonstrá-la com regularidade.

2019: Empréstimo é fundamental para recuperar o jogador que está com uma imagem bem desgastada com a torcida.

PONTAS:

Vitinho (Dez/2022)

3G/5A

carlos barbosa

O camisa 14 foi contratado na janela de inverno do meio do ano para repor no time titular a saída do então titular incontestável Vinícius Júnior, que fora vendido para o Real Madrid-ESP pouco mais de um ano antes. Cercado por expectativas e com a simbologia da contratação com investimento mais vultoso da história do clube, Vitinho ainda vive período de adaptação. Da Rússia, de temperatura fria, onde disputava jogos mais físicos, e menos intuitivos taticamente, com a prevalência dos chamados ataques posicionais em organização ofensiva, nos quais o espaço e as posições referenciam e disciplinam os movimentos, para o Brasil, de clima tropical, e jogo mais intuitivo, sobretudo com Barbieri, que envolvia, dentre outras características, aproximações no setor da bola, inventividade e tomadas de decisão mais criativas, com maior presença de dribles e vitórias pessoais sobre os marcadores.

Nesse sentido, para além das dificuldades físicas resultantes da mudança de país e competição, ainda mais latentes se considerarmos o curto espaço para recuperação entre os jogos no Brasil, as diferenças técnicas entre Vitinho e seu antecessor no time titular, Vinícius Júnior, configuram chave para compreender, para além da adaptação individual do camisa 14, o próprio impacto da sua contratação no desempenho da equipe.

Enquanto a jóia da base rubro-negra vendida ao Real Madrid-ESP notabiliza-se pela grande capacidade e intuição para se desmarcar e atacar espaços em profundidade, Vitinho prefere receber a bola no pé durante a fase ofensiva, para, a partir daí, criar com conduções, dribles, passes. Isso, por si só, impactou negativamente na própria conformação da equipe no ataque, que perdeu profundidade pela esquerda ao não fazer determinados ajustes para o encaixe do novo atacante, estes que praticamente só viriam com Dorival Júnior, que mescla elementos mais posicionais no seu modelo de jogo, portanto mais familiares ao Vitinho pela experiência recente na Rússia.

2019: Vitinho, ainda que em adaptação, encerra a temporada 2018 com 3 gols e as 5 assistências que o colocam como um dos “garçons” da equipe no campeonato brasileiro. Será um atleta importante para o elenco em 2019, sobretudo pela capacidade de produzir gols ou ocasiões de gols, tendo em vista a venda do Paquetá, atleta responsável pela maior cota de gols da equipe no ano.

Berrío (Dez/2020)

0G/1A

carlos barbosa

O atleta de 27 anos disputou apenas o final da temporada, após grave lesão que o afastou dos gramados desde 2017. Em que pese a gradual transição para o retorno ao alto nível, somando minutos jogo a jogo, Berrío mostrou-se importante e conquistou pontos para a próxima temporada. Com as saídas de Geuvânio, e especialmente, Marlos Moreno, o colombiano se destaca no elenco como a única opção entre os atacantes de lado com capacidade para se desmarcar e atacar espaços entre as linhas adversárias de modo natural, em virtude da notável explosão física e capacidade de arranque. Além disso, pela velocidade e imposição física, foi também opção recorrente nos últimos jogos como “escape” para contra-ataques quando a equipe postava-se mais recuada, com o bloco baixo.

Embora pareça mais associativo e adaptado ao modelo de jogo do Flamengo, o camisa 28 ainda tem dificuldade para lidar com espaços curtos ou situações que exigam bom tempo de reação, especialmente com a defesa adversária compacta.

19: Expectativa é que seja uma opção recorrente para o segundo tempo e a depender do estilo de jogo do próximo treinador pode vir a ser titular ocasionalmente.

ATACANTES:

Uribe (Jun/2021)

6G/2A

carlos barbosa

O colombiano chegou na metade do ano e passou por um início complicado, mas com Dorival deu a volta por cima. Jogador de bom posicionamento na área, que ataca bem a profundidade e com ótimo cabeceio, mas que deixa a desejar com a bola nos pés.

2019: O ideal seria que fosse reserva imediato de uma contratação no setor, mas com um time organizado ele pode ser titular.


Henrique Dourado (Dez/2021)

12G/0A

carlos barbosa

Centroavante extremamente limitado tecnicamente e que tem como ponto forte a cobrança de pênaltis. Durante o ano teve muitas atuações ruins e períodos sem gols, mas sempre bastante voluntarioso e disposto a fazer o que foi pedido pelo treinador.

2019: Venda do atleta para recuperar parte do dinheiro investido no início do ano.


Lincoln (Jan/2022)

2G/0A

carlos barbosa

Centroavante muito promissor e extremamente técnico para a posição, mas precisa evoluir fisicamente, pois sofreu muito nos jogos que atuou quando recebia de costas pra marcação.

19: Precisa permanecer no elenco como reserva e continuar evoluindo.

OBS: Os números de gols e assistências não incluem o Campeonato Carioca.

@Analise_CRF.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s