Surpreender para fazer o impossível – ANÁLISE TÁTICA ATLÉTICO-PR 2 x 2 CEARÁ

Por João Pedro Pereira

Na tarde do último domingo, 25, o Ceará, buscando garantir sua permanência na série A, foi até a Arena da Baixada para enfrentar o Atlético Paranaense. Por causa do fortíssimo mando de campo da equipe mandante, o treinador Lisca buscou surpreender as expectativas para a partida desde o início, modificando o esquema tático e escalação. O CAP, por sua vez, entrou em campo com um time bastante modificado, poupando titulares que no meio da semana disputarão o segundo jogo da semifinal da Copa Sulamericana contra o Fluminense.

Análise

Trazendo uma variação que mostrou no início da sua passagem pelo Ceará, Lisca escalou a equipe com três zagueiros, fazendo na fase defensiva uma primeira linha de 5 (já que os laterais “desciam”), outra linha de 4 com os volantes (Richardson e Juninho) por dentro e os meias (Leandro Carvalho e Ricardinho) pelas pontas, e apenas Arthur mais livre à frente, como na imagem.

tabela pltabela pl

Essa organização defensiva inesperada, mudança do 4-4-2/4-1-4-1 para o 5-4-1 acabou dando certo e gerouerros da linha ofensiva atleticana que com pouca movimentação (faltando infiltrações e ultrapassagens) não ofereceu tanto perigo à defesa cearense, que com muita imposição física e atenção, cortou todas as bolas que o Atlético tentava trabalhar para chegar até a área.

Ofensivamente, a proposta também era bem clara: recuperar a bola e buscar os contra-ataques atraindo a marcação para um lado chave e buscando inverter a bola de lado na hora de finalizar. A posse de bola de apenas 34% durante todo o primeiro tempo deixa isso bem escancarado. Contra-ataques esses que apesar de bem definidos, foram poucos (apenas duas vezes durante toda a primeira etapa), mas na segunda chance, o Ceará conseguiu ser bem efetivo e em uma roubada de bola no meio campo, Ricardinho recebe a posse e em grande assistência, deixa Leandro Carvalho em condição de abrir o marcador.

Primeiro contra-ataque: Ceará arma uma verdadeira armadilha atraindo a defesa para um lado, gerando espaço do outro, onde a bola entra para que a jogada seja finalizada.

tabela pl

Segundo contra-ataque: o gol!

tabela pl

Após abrir o placar, o Ceará adotou uma postura diferente na marcação, pressionando o CAP no seu campo de defesa, buscando aproveitar qualquer falha e dificultar a chegada da bola ao ataque.

tabela pl

E assim, com o 1 a 0 no placar dando vantagem ao Ceará, a partida chegava ao intervalo.

Já na volta para a segunda etapa, Tiago Nunes fez questão de mostrar sua insatisfação com o rendimento da equipe e acionou Lucho Gonzáles e Rony nos lugares de Bruno Guimarães e Cirino. E surtiu efeito, pois logo aos 8 minutos o Atlético chegou ao empate com Marcinho aproveitando sobra de cruzamento e o espaço deixado nas costas dos volantes da equipe Cearense, e aos 12 minutos, alcançou a virada parcial em uma linda cobrança de escanteio ensaiada onde os jogadores que entraram no segundo tempo foram essenciais, Rony com a bela assistência de letra na primeira trave e Lucho com a finalização que colocou o CAP à frente do placar.

E foi aí que novamente brilhou a estrela do técnico Lisca, que por muitos é chamado de Doido, mas nesse campeonato brasileiro tem se mostrado um ótimo estrategista: aos 30 minutos da segunda etapa, ele acionou a entrada do meia Wescley, que voltava de lesão após 172 dias sem entrar em campo e o meia foi decisivo na reta final da partida. Sua primeira participação efetiva foi roubando a bola de Camacho, enquanto pressionava no campo de ataque, e sofrendo o pênalti que foi desperdiçado por Richardson. Na sequência, em um momento de grande oportunismo, Wescley fez o segundo gol do Ceará, era o empate que daria números finais a partida. Antes do apito final, Wescley tratou de criar mais uma chance clara do Ceará voltar pra casa com a vitória e com a garantia de permanência na série A, mas Richardson, assim como fez com o pênalti, perdeu uma oportunidade cara-a-cara com o goleiro Felipe Alves.

tabela pl

@Joao_PPereira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s