Os chineses que decidem com gols

Por Leonardo Hartung

A Super Liga da China chama muito a atenção no continente asiático pelos estrangeiros que atuam em seus gramados. Jogadores de Seleções, atletas que deixaram saudade na Europa ou até mesmo aqui no Brasil. É bem verdade que eles fazem a diferença, independente da posição em que atuam ou nas funções que executam dentro de campo.

Mas engana-se quem pensa que na China se dão bem apenas os times que contam com os melhores estrangeiros. Marcello Lippi, atual técnico da Seleção Chinesa, já dizia no comando do Guangzhou Evergrande ainda em 2013 que “um time de futebol é como um bolo, onde os jogadores estrangeiros são a cereja no topo, mas a base sólida deste bolo é construída pelos jogadores nacionais.”

A lista a seguir traz, em números absolutos, os seis jogadores chineses que mais participaram diretamente (gols + assistências) nos últimos três anos de Super Liga da China.

ata

Wu Lei

Artilheiro e um veloz atacador de espaços. Wu Lei mostra um entendimento acima da média na hora de preencher e atacar os espaços da defesa adversária sejam eles ocasionados por falhas de movimentação, avanços ao ataque ou meros espaços entre os marcadores.

Os números: Vê-se nitidamente o crescimento da veia goleadora de Wu Lei, ao passo que a participação em assistências se manteve estável nestes três anos. Os números ficam ainda mais assustadores se observarmos que Wu Lei tem 86 participações diretas em gols em 87 jogos disputados nos últimos três anos.

ata

Gao Lin

Um camisa 9 de muita mobilidade. Pode jogar centralizado ou nos lados, onde recompõe muito bem. Forte no jogo aéreo (1,85m de altura) e bom cabeceador, Gao Lin faz muito bem o pivô e é um atacante de muita técnica.

Os números: Depois de um 2016 em que foi mais garçom que goleador, Gao Lin tem feito mais gols. A edição 2018 da Super Liga da China foi a terceira em que o camisa 29 mais fez gols na carreira (13 em 2015 e 11 em 2011). Mas a participação direta nos gols caiu de 2016 para 2017 e se manteve estável na atual temporada.

ata

Cao Yunding

Destro que atua aberto pela esquerda, mas que utiliza bem os dois pés. Cao Yunding é um jogador rápido, habilidoso e criativo, capaz de flutuar no campo de ataque. Tem boa finalização e infiltra bem na área adversária.

Os números: Cao Yunding tem números bem expressivos nas assistências superando seus companheiros Giovanni Moreno (13) e Fredy Guarín (15) no mesmo período de comparação. Uma grave lesão logo em fevereiro afastou o camisa 28 dos gramados até a volta da Copa do Mundo em julho, resultando em menos tempo de jogo e números mais modestos em 2018.

ata

Yu Hanchao

Atacante de lado de campo. Yu Hanchao é canhoto, mas pode jogar em ambos os lados. Habilidoso, é difícil pará-lo quando dribla com espaço e em velocidade. Tem bom passe, visão de jogo e sabe cruzar bem.

Os números: Antes um 12º jogador que conquistou a titularidade. Em 2016 e 2017, Yu Hanchao realizou 49 partidas sendo que em 30 saiu do banco de reservas. Na temporada 2018, o camisa 20 foi titular em 25 jogos e manteve a participação de gols do ano anterior, embora participando mais das assistências do que fazendo gols.

ata

Xiao Zhi

O típico camisa 9 de área. Com os seus 1,87m de altura, Xiao Zhi é muito forte no jogo aéreo e tem capacidade para receber bolas diretas do goleiro ou defensores do Guangzhou R&F. A força no alto e dentro da área compensam a pouca técnica que Xiao Zhi tem para gerar jogo fora da área adversária.

Os números: Pode se notar a força de Xiao Zhi em fazer gols sendo que 12 de seus 20 gols no período analisado foram marcados de cabeça. Números que o levaram a estrear na Seleção Chinesa em 2017 com 32 anos de idade.

ata

Lü Wenjun

Um jogador de extrema versatilidade: pode atuar na referência, como extremo em ambos os lados do campo, como segundo atacante ou meia armador e até como interior ou segundo volante (mas nestes últimos dois casos pode gerar desequilíbrio e perda de físico no meio-campo).

Os números: Lü Wenjun seria digno de um prêmio de “melhor 12º jogador” ou “melhor substituto”. Dos 78 jogos que fez nos últimos três anos na Super Liga da China, o camisa 11 veio do banco de reservas em 48 oportunidades (61,54%). Em 2018, Lü Wenjun teve a sua temporada mais goleadora desde que passou a disputar a Super Liga em 2013.

ata

E se alterássemos a forma de exibição e ao invés dos números absolutos utilizássemos a média de participações direta por jogo? Pouco mudaria no Top 6. Os quatro primeiros seriam os mesmos, mas Xiao Zhi e Lü Wenjun abririam espaço para Tan Long, meia-atacante do Changchun Yatai, que tem 14 gols e nove assistências em 58 jogos feitos na Super Liga da China. A grande diferença é que Tan Long só disputou as edições 2017 e 2018 da competição.

Dados: WhoScored.com

@HartungLeo

Anúncios

Um comentário sobre “Os chineses que decidem com gols

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s