Joe Cole: uma estrela ofuscada pelas táticas de sua Era

Na história da história da Premier League, poucos jogadores ingleses mostraram o talento natural, o improviso e a instintividade de Joe Cole, que anunciou sua aposentadoria dos gramados nesta terça (13). Ao longo dos seus 20 anos de carreira, ele recebeu os elogios de várias lendas do futebol mundial, como Pelé, que declarou que o meia possuía as habilidades de um brasileiro.

Quando surgiu no West Ham no final da década de 1990, Joe Cole foi instantaneamente inclinado à grandeza como o mais talentoso jovem inglês de sua época. Seu futebol emergiu de forma meteórica, mas o ápice de sua carreira, só veio quando o meia se transferiu para o Chelsea.

Joe-Cole-ChelseaInglês chegou ao Chelsea em 2003

Joe Cole viveu o seu melhor momento em 2006, ano em que defendeu a seleção da Inglaterra na Copa da Alemanha. Atuando como titular, Cole formou um quarteto de meio-campistas de respeito ao lado de David Beckham, Frank Lampard e Steven Gerrard.

jcenglandO sistema tático da Inglaterra na Copa de 2006

Ainda naquele mundial, o meia marcou o gol mais bonito de sua carreira. Pegou a sobra de bola e bateu com raríssima felicidade de perna direita para anotar um golaço no empate em 2 x 2 com a Suécia, ainda válido pela fase de grupos.

 

Mas porquê o meia tem seu nome ofuscado se comparado a outras estrelas? Afinal, Cole acumula três “canecos” da Premier League, três da Copa da Inglaterra e dois da Copas da Liga, todos pelo Chelsea de José Mourinho.

Vamos aos principais motivos. O mais latente deles e talvez o mais importante sejam as constantes lesões sofridas por Joe Cole. No Chelsea, as ausências em boas partes das temporadas 2006/2007 e 2008/2009 impediram que Cole chegasse à forma física ideal.

jclesaoPelo Chelsea, Joe Cole sofre com lesão

Em 2010, Cole escreveu um novo capítulo de sua carreira, deixando Londres para defender o Liverpool. Com 29 anos, o meio-campista chegou com ótimos predicados aos Reds. Em Anfield Road, voltou a reeditar dupla com Gerrard, com quem teve sucesso defendendo os Três Leões.

Man U_2Com Cole, o Liverpool de 2010

Mas, àquela época,  seu futebol já declinava mais que o previsto. Outra razão para a queda de rendimento foi a reformulação que o futebol inglês passou no início desta década. Cole atuou boa parte de sua carreira jogando como “winger”, atuando aberto pelo lado esquerdo, posição que perdeu sua importância com a implantação do 4-2-3-1 e a chegada de nomes como Mesut Özil, David Silva e Juan Mata à Premier League.

No início de 2013, Joe Cole voltou para casa e assinou com o West Ham. Disputou 37 jogos e marcou cinco gols, mas voltou a sofrer com lesões sucessivas. Deixou Londres par atuar pelo Aston Villa, onde também teve passagem tímida. Em 2015, atuou pelo Coventry City na terceira divisão inglesa.

jcoleCole com a camisa do Coventry

O meio-campista encerrou sua carreira no Tampa Bay Rowdies, dos Estados Unidos. Na Terra dos Ianques, Cole trabalhou como assistente técnico e deve ingressar na carreira de treinador de futebol. É esperar para ver.

@holandareporter

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s