ANALISANDO A ESCASSEZ DE CLEANSHEETS DO INTER

Por Rafael Maciel

Há um mês atrás, analisamos a instabilidade do desempenho colorado (link) e já havíamos identificado que praticamente toda oscilação se resumia à perda da solidez defensiva, que era uma das principais virtudes da equipe.

De lá para cá, já se passaram 9 jogos que o Inter de Odair vem sofrendo gols consecutivamente! Na verdade, essa sequência iniciou após a vitória de 1 x 0 diante do Grêmio, lá no longínquo 09/09/2018.

Montamos um Raio-X desses 9 jogos, que complicaram muito as chances de título para o Inter:

bb fut

Esses problemas no sistema defensivo, fizeram com que o aproveitamento do Inter no Brasileirão caísse de 68% para 62%! Só para termos uma noção, nesses últimos 9 jogos, o aproveitamento colorado é de míseros 48%.

No último texto (link), indicamos que a causa da queda de desempenho defensiva, estava relacionada principalmente com a questão dos desfalques dos titulares do setor defensivo.

Porém a equipe apresentava as mesmas instabilidades, mesmos nos jogos em que o sistema defensivo estava completo. Por isso fizemos uma análise mais aprofundada, analisando o desempenho individual de cada um dos jogadores que compõem a defesa colorada. Todos os jogadores de linha que fazem parte da estrutura defensiva, sofreram uma queda considerável de desempenho. O zagueiro argentino, Victor Cuesta, foi o que obteve menor oscilação nestes 9 jogos, e mantém uma média muito elevada de desempenho (um dos melhores do campeonato).

bb fut

Trata-se de um problema sistêmico: uma equipe limitada tecnicamente, bem treinada e organizada, onde as ações defensivas eram priorizadas e muito bem sincronizadas. As peças ajustadas, com pouca rotação (desfalques), mantinham um alto nível de coesão e entrosamento. À partir do momento em que essa equipe passa à se destacar no campeonato, os adversários passam à estudar formas de quebrar essa estrutura. Soma-se à isso, o fato da equipe não ter qualidade nas reposições destas peças…

Traduzindo:

– Moledo e Cuesta, ainda estão entre os melhores zagueiros do campeonato, porém o zagueiro brasileiro sofreu uma série de problemas físicos nesta reta final do campeonato e isso refletiu no desempenho do atleta.

– Patrick era o maior símbolo da dinâmica da equipe, com pressão de alta intensidade no adversário e muito fôlego para perseguir e recompor, sempre apoiando no ataque e liderando as transições ofensivas, com muita força e velocidade. De alguma forma, Patrick foi anulado, e não consegue mais fazer associações de qualidade pelo corredor esquerdo e muito menos vem se destacando nos momentos defensivos do jogo.

Durante alguns jogos o Inter variava muito entre o 4141 e o 4231, mas que na prática, o grande diferencial destes esquemas, estavam na busca por reajustar a função do Patrick.

No 4141, Patrick pode atuar como Interior Esquerdo, ao lado de Edenilson, porém também pode atuar como Extrema, deixando D’Ale como interior, para construir desde a defesa e qualificar a saída (como no último jogo, diante do Ceará).

bb futPatrick na Extrema Esquerda – 4141

No 4231, na maioria das vezes, Patrick atua aberto pela esquerda na linha de 3, deixando Edenilson posicionado ao lado de Dourado. A melhor atuação do Patrick com a camisa do Inter foi com esta formação, porém o Pantera atuou ao lado de Dourado, como um segundo volante (praticamente um box-to-box). Este jogo diante do Vasco, representou tudo que Patrick tinha de melhor:

– fez gol e deu assistência (chegada como surpresa no ataque);

– foi o jogador com mais desarmes (intensidade de marcação);

– foi o jogador com mais dribles (velocidade na transição e vitória pessoal);

A recuperação do desempenho de Patrick, com toda certeza irá refletir em uma maior estabilidade defensiva. Por ser um jogador que depende muito da explosão e potência física, talvez ele esteja lidando com o desgaste natural de fim de temporada (2º com mais minutos jogados na temporada), porém cabe a Odair encontrar uma solução para potencializar o pouco de energia que resta do atleta ou encontrar um substituto que possa dar a consistência que a equipe necessita no momento.

bb fut

Para fechar essa análise, vejamos o balanço total da (ótima) temporada colorada:

bb fut

@rafaellomaciel

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s