Ma(x)i(s) três pontos- ANÁLISE TÁTICA FLUMINENSE 0 x 1 VASCO

Por Hugo Alves e Ricardo Leite

Semana cheia para treinar, precisando da vitória a qualquer custo, alguns retornos de jogadores como Rildo e Giovanni Augusto. Alberto Valentim prometia, durante a semana, um time ofensivo e com sede de vitória. Esse era o Vasco. Do outro lado, o Fluminense, poupando alguns jogadores, vindo de uma viagem e classificação no Uruguai extremamente desgastante, com a cabeça na Sul-americana e tranquilo no Brasileiro.

Em campo, o Fluminense se mostrou mais organizado, disposto e fez rapidamente as transições enquanto o Vasco parecia apenas observar o jogo do adversário. Como de costume, o cruz-maltino até começou tentando subir a marcação, mas com o passar dos minutos as linhas foram ficando distantes e a pressão, que já era pequena, deixou de existir.

amigas

Diferentemente da última partida, quando marcou no 4-1-4-1, o Vasco optou por jogar no 4-4-2 sem a bola desta vez. Fabrício e Maxi ficavam na frente.

amigas

Mais uma vez, o Vasco conseguiu não ficar em inferioridade pelos flancos, mesmo jogando com apenas dois volantes. Isso se deve a alguns fatores, a velocidade dos volantes, o acerto no posicionamento entre eles, pelo fato de Andrey e Maranhão serem um dos poucos do elenco com bom vigor físico, mas não menos importante, precisamos destacar o trabalho árduo na marcação de Marrony (pela esquerda) e Pikachu (pela direita).

Se pelos lados o Vasco não sofre tanto com a superioridade numérica do adversário, o time continua demonstrando muita passividade na marcação, e marcando boa maior parte do tempo à distância, aceitando o jogo do Fluminense, tanto pelo meio campo, como dando espaço para os laterais tricolores efetuarem cruzamentos.

amigas

A equipe tricolor, que utiliza a força de seus laterais como base de seu posicionamento ofensivo, usou – durante boa parte do primeiro tempo – a dobradinha Matheus Alessandro e Ayrton como principal válvula de escape para penetrar na defesa vascaína. Com o passar do tempo os espaços no meio, fruto da já citada passividade, também surgiram.

amigas

Para o segundo tempo, o Vasco voltou tentando ficar um pouco mais com a bola e a entrada de Galhardo fez com que o Vasco conseguisse segurar mais a bola no ataque e que Marrony fosse mais acionado, mas com as linhas distantes tanto no momento ofensivo como defensivo, o Vasco não tinha intensidade. De positivo apenas os desempenhos individuais do setor defensivo, destaque para Werley e Luis Gustavo, e de Martín Silva.

A vitória foi maiúscula, e imprescindível, mas o desempenho foi preocupante. Mais uma vez, após uma semana de treinamentos, o Vasco não demonstra evolução e oscila comportamentos durante as partidas. A equipe segue apresentando uma “Maxidependência”, onde as únicas jogadas da equipe acontecem com lançamentos ou cruzamentos para o argentino, que precisa dominar, e pensar a jogada, até que chegue companheiros em condições de auxiliá-lo, isso acontece devido a distância entre os jogadores, e a dificuldade de ter um jogador pensante “vindo de trás” quem tem tido essa obrigação, é Andrey que fica sobrecarregado devido a falta de dinâmica de Fabrício.

Já para o Flu fica de aprendizado para a sequência na competição que não adianta ter o controle do jogo se esse controle não for revertido em oportunidades de gol. Essa é a segunda partida seguida que conta com um bom futebol da equipe de Marcelo Oliveira, talvez no momento certo para buscar um título na temporada. Falta ao tricolor, entretanto, material humano mais qualificado já que depender de nomes como Junior Dutra e Kayke não é nem de longe o ideal.

@_hugo1alves e @analisevasco

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s