D`ale brilha e tira São Paulo da briga pelo título – ANÁLISE TÁTICA INTERNACIONAL 3 x 1 SÃO PAULO

Por Luiz Juno e Pedro Galante

O Beira-Rio foi nesse domingo (14) palco de um jogo importantíssimo para a continuidade da temporada de Internacional e São Paulo. As duas equipes precisavam da vitória para se manter na briga pelo título.

O São Paulo mais uma vez sem Everton, veio postado em um 4-2-3-1 com Liziero na meia esquerda. A intenção era que o jovem camisa 31 cortasse para dentro, ajudando Nenê na criação e abrindo o corredor para Reinaldo. O São Paulo ia a Porto Alegre para executar sua estratégia padrão: buscar um gol no início, depois se defender pressionando e buscando o contragolpe.

Já o Inter, iniciou a partida em seu habitual 4-1-4-1, tendo D´alessandro entre os titulares, próximo a base, sendo o principal articulador de jogadas, mantendo o “tripé de meio-campistas”, que é a forma que sustenta o bom momento vivido pela equipe. Outra alteração importante, foi o deslocamento de Patrick para o corredor esquerdo e William Pottker para o lado direito, na tentativa de melhorar a marcação dos pontas adversários, que são uma das principais opções de ataque do time paulista. Nico foi posicionado como centroavante de mobilidade.

jairD´alessandro, sem pressão, posicionado pelo lado esquerdo do 4-1-4-1 colorado, mantendo a estrutura que colocou o time na disputa pelo título. (Fonte: Instat/Pedro Galante)

O gol saiu logo aos dois minutos. Liziero participa da jogada pela esquerda, e corta para o meio, Reinaldo recebe de Jucilei no corredor e cruza para Liziero completar. A primeira parte da estratégia estava cumprida.

jairMomentos antes do gol do São Paulo. Liziero parte da ponta, abre o corredor para Reinaldo e infiltra no meio dos defensores colorados. (Foto: Instat/ Pedro Galante)

Naturalmente, o São Paulo baixou suas linhas. Só que o time não conseguia entrar em combate pela bola ou pressionar o portador, pois o Internacional tinha superioridade no meio, principalmente com as movimentações de D`Alessandro. Os colorados conseguiam chegar a linha de fundo e cruzar sem muita dificuldade, mas a falta de um centroavante com características de bola aérea, dificultava a finalização das jogadas. Nico López é um jogador de maior mobilidade e sentia dificuldades na função e pouco tocou na bola, muito em função do pouco espaço na entrelinha adversária e a falta de entendimento de um melhor jogo de costas, sentindo-se confortável partindo de frente com a bola dominada.

jairA mobilidade de D`Alessandro fazia com que o Inter tivesse superioridade no meio campo. A pressão tricolor era vencida facilmente. (Foto: Instat/ Pedro Galante)

E o tricolor paulista não conseguia encaixar contra-ataques pois sempre rebatia a bola de qualquer forma. Nos raros momentos onde a segunda bola poderia ser aproveitada, os jogadores do Inter estavam atentos para intervir.

jairCruzamento na área do São Paulo e três jogadores do Inter prontos para brigar pela segunda bola. (Foto: Instat/ Pedro Galante)

Com a lesão de William Pottker, a entrada de Damião foi a solução encontrada pelo técnico Odair Hellmann, para mudar o panorama do jogo. Neste momento da partida o volume ofensivo colorado começou a ser intensificado, com Damião sendo preciso ao segurar os zagueiros, abrindo e espaçando as linhas defensivas do São Paulo, tendo Nico, agora em seu melhor posicionamento, flutuando atrás dos volantes, improvisando e alterando entre idas ao fundo no lado direito ou partindo para o centro.

jairEntrada de Damião, fez Nico retornar para o posicionamento e função que ele melhor rende (fonte: Instat/Pedro Galante)

Depois de vários cruzamentos e muitos sustos para a torcida são-paulina, o Inter chegou ao gol no final do primeiro tempo. Nico Lopez cruzou e Damião marcou.

Os colorados foram muito intensos na primeira etapa. O intervalo seria essencial para Diego Aguirre corrigir a postura do time. Designar alguém para marcar D`Alessandro, subir um pouco as linhas, tentar esfriar o jogo.

Só que o São Paulo voltou para a segunda etapa totalmente perdido. Os primeiros cinco minutos do segundo tempo foram dominados pelo Inter, a defesa tricolor foi sufocada, o gol era questão de tempo apenas. E aos sete minutos Damião mais uma vez surgiu na área para marcar.

Só depois de estar perdendo que o São Paulo mudou sua postura. O Inter é quem estava confortável agora, podia se defender e buscar o contra-ataque. O tricolor paulista mostrava sua habitual dificuldade em jogar com a bola. Afim de oferecer outras alternativas, Aguirre fez duas substituições aos 21 minutos: Trellez e Carneiro no lugar de Nenê e Liziero.

A ideia era preencher a área e apostar no jogo aéreo. Com a bola, Trellez e Carneiro apareciam na área, Diego Souza ficava mais solto, mas a bola não chegava com qualidade pois Hudson e Jucilei mais uma vez mostraram muita dificuldade em ter a bola no pé. Tirar Liziero foi um erro grave. Foram 12 cruzamentos na segunda etapa, só dois certos.

jairSão Paulo após alterações. Trellez e Carneiro a frente, Diego mais móvel. Perceba a distância entre o meio e o ataque. (Foto: Instat/ Pedro Galante)

Já pelo lado colorado, por motivos de cansaço e sentindo-se cada vez mais confortável na partida, D´alessandro deu lugar a Wellington Silva, dando indícios que o Inter apostaria cada vez mais em um jogo de contra-ataques. Outra alteração por motivos de lesão, foi a entrada de Klaus no lugar de Emerson Santos, mas que não teve nenhuma alteração significativa na partida, devido a ser realizada nos acréscimos.

O Inter ainda chegou ao terceiro gol depois de pênalti sofrido por Damião e convertido por Nico Lopez.

É uma derrota que muda as ambições do São Paulo no campeonato. O título já não parece mais viável. Agora é preciso corrigir os problemas e lutar pela melhor posição possível.

@Pedro17Galante e @ojunomartins

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s