Mais uma noite de gala de Messi em Wembley – ANÁLISE TÁTICA TOTTENHAM 2 x 4 BARCELONA

Por Ícaro Caldas e Breno Barbosa

Pela segunda rodada da fase de grupos da Champions League, o Barcelona visitou o Tottenham e conseguiu o triunfo por 4 X 2, gols anotados por Coutinho, Rakitic e Messi (duas vezes), os ingleses marcaram com Kane e Lamela.

No papel, o Barcelona veio a campo no 4-3-3, entretanto demonstrou variações em seu esquema na primeira etapa.

Sem a posse da bola, os visitantes pressionaram o portador da bola e fecharam os espaços, marcando no 4-4-2, com Rakitic pelo lado direito, Busquets e Arthur na zona central e Coutinho no lado esquerdo, deixando Messi e Suárez na última linha, realizando a primeira pressão nos zagueiros do Tottenham.

barça ucl

O Barça teve 65% da posse de bola, porém de forma agressividade e com triângulações, confundindo a defesa adversária.

Logo no primeiro minuto, Lionel Messi movimentou-se atrás dos volantes e deu um belo lançamento para Jordi Alba, que infiltrou-se nas costas do lateral-direito Trippier, agredindo espaço deixado por Coutinho e tocando para atrás, o brasileiro apenas teve o trabalho de finalizar e abrir o placar.

MESSI 2 UCLL

Os visitantes seguiram seu processo de trabalhar a posse da bola, atuando no 4-3-1-2 uma trinca de meio-campistas (Rakitic, Busquets e Arthur), com Messi flutuando atrás dos volantes, Coutinho na extrema esquerda e Suárez mais a frente, fazendo a referência.

barça ucl 433

Os Culés finalizaram oito vezes, explorando as deficiências na marcação dos Spurs. O sistema ofensivo teve boa movimentação, e como o portador da bola não sofria uma marcação intensa, tinha liberdade para efetuar lançamentos atrás da uma linha defensiva do Tottenham. Messi explorou muito bem essas jogadas, sendo o desequilíbrio nesse primeiro tempo, o argentino teve 94,1% de precisão nos passes, duas finalizações, sofreu duas faltas, venceu quatro duelos e cinco lançamentos precisos.

O jogo do Barcelona fluiu pelo lado esquerdo, com Jordi Alba, Coutinho e Messi fazendo triângulações e jogadas em profundidade. Num desses lances, aos 28 minutos, o camisa 10 deu o passe em profundidade, Luís Suárez ajeitou para Coutinho que infiltrou-se e quase fez, na sobra o camisa 7 deu o passe para trás, o meio-campistas Rakitic agrediu o espaço vazio na intermediária ofensiva e acertou uma bela finalização.

messi

Um dos principais problemas da era Valverde é o sistema defensivo, entretanto no primeiro tempo não sofreu perigo, os mandantes tiveram apenas uma finalização. O principal destaque foi a marcação pressão, com os jogadores ofensivos ajudando na recomposição e fechando às linhas. O Barcelona teve o domínio completo dos 45 minutos iniciais.

barça pressing ucl

pressing barça ucl

O segundo tempo também começou de forma alucinante, o Barcelona acertou a trave em duas oportunidades com Messi, o camisa 10 seguiu com muita liberdade e flutuando entre as linhas, achando espaços para às conclusões. Aos 7 minutos, o Tottenham achou espaço na defesa adversária, o centroavante Kane fez a jogada individual e descontou para os Spurs. Mesmo com o gol sofrido, o Barcelona continuou frenético nas jogadas ofensivas, novamente em lance característico, aos 11 minutos, Messi carregou a bola vindo do lado direito em direção a parte central, o argentino achou novamente Jordi Alba agredindo a ponta esquerda, o lateral fez o cruzamento para dentro da área, Coutinho e Suárez fizeram o porta luz, enquanto Messi infiltrou-se e fez o terceiro gol.

messi gol ucl

O Tottenham que teve uma crescente ofensiva na segunda etapa, conseguindo oito finalizações, sendo seis de dentro da área, descontou novamente aos 21 minutos, dessa vez com Lamela, em lindo chute de longa distância. Em desvantagem no placar, os ingleses abusaram das jogadas aéreas e sufocaram o adversário, foram 9 cruzamentos e 23 lançamentos.

O técnico Valverde, preocupado em acertar suas linhas de marcação, colocou Rafinha e Vidal, nos lugares de Coutinho e Arthur, ganhando vigor físico e poder de marcação. Nos minutos finais, o Barcelona que finalizou cinco vezes, subiu suas linhas e recuperou a posse da bola, novamente Jordi Alba deu o passe, Luís Suárez de novo fez o porta luz e Messi decretou a vitória dos Culés, coroando uma exibição de gala do capitão barcelonista. O “ET” terminou o jogo com seis finalizações (dois gols e duas bolas na trave), dois dribles, 84,6% de precisão nos passes (foram 55 no total), quatro passes decisivos, sete duelos vencidos, sofreu três faltas e ainda teve dois desarmes.

O Barcelona segue 100%, enquanto o Tottenham perdeu seu segundo jogo, complicando no grupo. Uma grande partida, aonde os mandantes acordaram tarde e os visitantes tiveram um poder ofensivo incrível, contando com Lionel Messi em ótima noite, excelente vitória fora de casa dos Culés.

messi tdc

Um fato muito interessante da partida, Coutinho fechando na linha de 4 quando o Alba foi fazer pressão no portador da bola.

coutinho

@caldas_icaro e @12Brenobarbosa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s