Dois tempos distintos – ANÁLISE TÁTICA SPORT 0 X 1 PALMEIRAS

O técnico Luiz Felipe Scolari e seu auxiliar Paulo Turra, da SE Palmeiras, durante partida contra o Sport, válida pela vigésima sexta rodada, do Campeonato Brasileiro 2018, na Ilha do Retiro.

romaImagem: César Greco/Palmeiras
Seguindo sua maratona fora de São Paulo, o Palmeiras foi até Recife e conquistou uma importante vitória sobre o Sport, pelo placar mínimo de 1 X 0, gol anotado por Willian Bigode. Como vem acontecendo nas últimas rodadas, o técnico Felipão levou a campo um time misto e viu um primeiro tempo fraquíssimo tecnicamente e sem variações táticas.

O Alviverde começou no 4-2-3-1, o sistema defensivo formado por Jailson, Mayke, Luan, Gustavo Gomez e Victor Luís, com Thiago Santos e Felipe Melo, dois volantes de marcação, tendo o último mais liberdade para iniciar a saída de bola. A linha de três tinha Jean (pelo lado direito), Lucas Lima (pelo centro) e Hyoran (pelo lado esquerdo), além de Deyverson mais avançado. Os dois extremos do verdão tiveram dificuldades em dar profundidade ao time e quebrar a linha de marcação do Sport, deixando os visitantes sem jogadas efetivas pelos lados do campo.

Na primeira etapa, os dois times erraram muitos passes, com isso não impuseram seu estilo. O Palmeiras precisou sair da sua zona de conforto e propor o jogo, tendo 55% de posse de bola, porém não conseguiu criar jogadas e forçou muitos lançamentos do sistema defensivo em direção ao centroavante Deyverson, entretanto sem efetividade e sem ganhar a segunda bola. Isso impossibilitou ao verdão pressionar e encurralar o adversário em seu campo defensivo. O meia Lucas Lima saiu lesionado, no seu lugar entrou o venezuelano Guerra, mesmo assim foram somente duas finalizações nos 45 minutos iniciais.

photogrid_1537753125384Imagem: SofaScore
  • Às duas equipes erraram muitos passes, fazendo uma primeira etapa fraquíssima tecnicamente. Poucas oportunidades e lançamentos ineficazes.

O sistema defensivo do Palmeiras esteve sólido, às linhas de marcação estavam compactadas, o adversário teve apenas três finalizações, sendo duas bloqueadas antes de chegar na meta palmeirense. Uma das virtudes da Era Felipão é uma defensa que corra poucos riscos, como aconteceu na etapa inicial. É necessário destacar o entrosamento da dupla Luan e Gustavo Gomez, juntos os dois conseguiram doze cortes, duas interceptações e venceram dez duelos em toda a partida.

Vídeo: Canal Premiere

  • O Palmeiras demonstrou de novo a força do sistema defensivo. Os zagueiros Luan e Gustavo Gomez destacaram-se no confronto.

No segundo tempo, o Alviverde retornou de forma distinta, pressionando muito o adversário no setor ofensivo, encurtando o espaço do portador da bola e explorando os buracos na defesa do Sport, com infiltrações, profundidade e volume, criando boas oportunidades. O meia Guerra flutuou pelo campo, achou espaços para infiltrar e incomodou o time pernambucano, os dois volantes passaram a chegar ao ataque, dando superioridade numérica.

screenshot_20180924-014828Imagem: Canal Premiere
  • O volante Thiago Santos tem boa visão de jogo, enquanto Guerra consegue fazer a infiltração e quase abre o placar.

screenshot_20180924-014828Imagem: Canal Premiere
  • Seguindo sua pressão, dessa vez foi Felipe Melo que começou a jogada, entretanto Deyverson desperdiçou boa oportunidade. O Palmeiras tinha superioridade numérica no meio-campo.

Após essa blitz, o Palmeiras adotou uma postura reativa e viu o Sport com 59% de posse e bem agressivo, incomodar nas jogadas áreas e ter quatro finalizações de fora da área, dando trabalho ao goleiro Jailson.

screenshot_20180924-014828Imagem: Canal Premiere
  • O Palmeiras tinha superioridade na cobrança do escanteio, mas não venceu o duelo de cabeça e deixou um atleta adversário livre na segunda trave, porém o Sport não aproveitou a bobeada defensiva do verdão.

Vídeo: Canal Premiere

  • O Sport arrisca saiu rápido no contra-ataque e arriscou de longe, para grande defesa de Jailson. O verdão conseguiu recompor rápido, impossibilitando que o adversário penetrasse seu sistema defensivo.
Por abrir suas linhas e fazer uma marcação alta, os pernambucanos proporcionaram espaços ao sistema ofensivo palmeirense, que concluiu sete vezes. O jogo tornou-se franco, ambos pressionavam intensamente, encontravam espaços e desperdiçavam grandes chances. O técnico Scolari lançou a campo o extremo Dudu, na vaga de Hyoran, buscando mais profundidade e jogadas individuais.

Ao passar do tempo, o empate persistia e foi aonde aos 32 minutos, o treinador colocou o atacante Willian Bigode e tirou o volante Jean (que fazia a função de extremo pela direita), ganhando força ofensiva. O Palmeiras teve um escanteio, Willian tinha acabado de entrar e iria ficar no rebote, mas obedecendo ordem do auxiliar técnico Paulo Turra, trocou de posição com Thiago Santos e fez a função do primeiro homem dentro da área. Depois da cobrança, a bola sobrou justamente nos pés de Willian que no seu primeiro toque na bola, fez o gol da vitória Alviverde. Todos dededicaram os méritos ao auxiliar Paulo Turra. “O gol foi do Paulo que mandou o Willian entrar para o lugar do Thiago. Isso dá prazer de trabalhar nesse grupo”, disse Felipão, em sua coletiva, após a partida.

  • O atacante Willian Bigode fez o gol do triunfo Alviverde, mostrando que os treinos deram resultado.

Finalmente o Palmeiras tinha conseguido furar a defesa adversária e seguiu de forma reativa, marcando muito forte, inclusive com o auxílio dos extremos e do centroavante, garantindo o resultado positivo. O Sport abalou-se e saiu de forma desesperada, mas não obteve sucesso. No geral, foi uma partida muito disputada, mas com pouca qualidade técnica, muitos lançamentos e marcação centrada no meio-campo, o Palmeiras venceu graças a inteligência de sua comissão técnica. Com o triunfo, os paulistas assumiram o 2° lugar do torneio e seguem com sua invencibilidade fora de casa, enquanto o Sport permanece na zona do rebaixamento e afundando-se cada vez mais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s