Últimos ajustes – ANÁLISE TÁTICA TOTTENHAM 1 x 2 LIVERPOOL E PRÉ JOGO CONTRA O PSG.

Por Daniel Klabunde

Neste sábado o Liverpool enfrentou o Tottenham no estádio Wembley, pela 5º rodada da Premier League. Era o jogo mais esperado da rodada, com o Tottenham querendo se recuperar da derrota para o Watford na rodada passada, e o Liverpool querendo continuar com a sua invencibilidade na competição.

Pela 4º vez em 5 jogos, Klopp repetiu a escalação inicial, nestes 5 jogos houve apenas uma mudança, Henderson entrou no lugar de Keïta contra o Leicester, indicando assim, o time titular para o início desta temporada. A boa notícia ficou por conta de Fabinho, que no jogo contra o Tottenham, ficou disponível no banco de reservas.

ibra(Escalação inicial contra o Tottenham) Imagem: TacticalPad

Com menos de um minuto de partida, os Reds já chegavam ao gol, mas que fora anulado por impedimento de Mané, após cruzamento de Milner pela direita. E está foi a forma mais usada pelo Liverpool para atacar, utilizando muito os laterais, e se beneficiando do ponto fraco dos Spurs, pois já haviam levado 9 gols de jogadas pelas laterais nesta temporada.

E após mais uma jogada pela lateral, aos 40’ do primeiro tempo, Liverpool ganhou um escanteio pela esquerda, Milner cobrou e o goleiro Vorm afastou mal, a zaga ainda tentou afastar de cabeça, mas sobrou para Wijnaldum cabecear e abrir o placar. Gol que foi validado pelo chip da bola, pois Vorm ainda tenta rebater, mas a bola já havia ultrapassado a linha do gol.

Antes disto, Firmino, Mané e Salah, já haviam perdido boas chances de abrir o placar, a principal delas com Salah, que recuperou a bola em uma atrasada errada de Dier, colocando o Egipcio cara a cara com Vorm, mas o camisa 11 chutou mal, possibilitando a defesa.

Ponto este que deve ser destacado nesta última partida, foram inúmeras chances desperdiçadas pelos homens de frente, o principal deles foi Salah, demonstrando claramente uma certa pressa e ansiedade em marcar o gol, talvez porque até agora só marcou uma vez na competição, chegando a irritar Jurgen Klopp em uma jogada, onde a melhor opção seria passar para Sturridge, livre no meio da área, mas optou pela conclusão à gol, para defesa de Vorm.

ibra(Salah contra o Tottenham) Dados: SofaScore

Keita foi quem teve rendimento abaixo do normal na partida deste sábado, não tendo a mesma intensidade e qualidade demonstrados nas últimas partidas. Muito provavelmente pelo desgaste pós pré-temporada, a qual Klopp já havia comentado. Venceu apenas 2 duelos de 8 disputados, e errou alguns passes chaves no meio campo, propiciando contra-ataque para os Spurs.

E como estávamos destacando, as jogadas pelas laterais foram o ponto forte do Liverpool contra o Tottenham, mas suas finalizações sempre são de frente para o gol, ou seja, a jogada é trabalhada pelos lados, mas a conclusão na maioria das vezes é na frente da pequena área, muito pelo estilo de seus jogadores, tanto Mané quanto Salah, fazem o corte para dentro, assim utilizando o pé bom e tendo melhor ângulo para finalização.

ibra(As laterais foram as áreas mais usadas para atacar o Tottenham)
ibra(Posicionamento de frente para o goleiro, o mais usado para concluir à gol)
ibra(O maior número de finalizações foi dentro da grande área, aumentando a chance de converter em gol)

Dados: Whoscored

E foi pela lateral que saiu o segundo gol dos Reds, em boa jogada de Mané pela esquerda, que cruzou para Firmino concluir à gol depois de erros consecutivos de Vertonghen e Vorm.

Um ponto abaixo do esperado que vem acontecendo é a pressão pós perda dos Reds, antes tão elogiada por todos, neste início de temporada parece estar um pouco abaixo do normal, não havendo muitas roubadas de bola ainda no campo de ataque, ou até mesmo induzindo o adversário ao erro, e isto precisará ser muito usado no jogo desta terça contra o PSG, pela primeira rodada da Champions League, pois o time francês possui muita qualidade, e quanto antes a bola for recuperada, melhor será para os Ingleses.

Como podemos ver na análise do nosso colega Alif (@AlifOliveira14), o técnico Tomas Tuchel mudou a forma de Neymar atuar na sua equipe, acrescentando assim mais qualidade e velocidade no ataque parisiense.

Pudemos ver Neymar atuando nas entre-linhas, buscando os espaços entre os volantes e a frente dos zagueiros, praticamente como um armador.

E é aí que os Reds podem levar vantagem neste duelo, utilizando do seu pressing, induzindo os defensores do PSG ao erro, ou até mesmo forçando Neymar à voltar até o campo de defesa para começar as jogadas, tirando assim o atacante brasileiro de perto da área.

Claro que não podemos nos preocupar somente com Neymar, pois o PSG ainda conta com Cavani, Di Maria e Mbappé, e por isso o pressing será tão importante nesta partida, para manter a bola no campo de ataque dos Reds. Também precisaremos de muita atenção de Wijnaldum, pois Neymar irá atuar nas suas costas.

ibra(Imagem do nosso colega Alif, mostrando Neymar se movimentando entre-linhas)

Como o PSG também executa a pressão alta na saída de bola adversária, precisaremos muito dos laterais Robertson e Arnold, para saída de bola pelo chão, e para isso, Salah e Mané também deverão recuar um pouco, buscando a bola e iniciando as jogadas. Pelo meio, Firmino deve executar a sua tradicional movimentação, recuando para buscar a bola e atuando muitas vezes como um meia armador.

Será uma bela partida nesta primeira rodada de Champions, com os dois favoritos à se classificarem para a próxima fase se enfrentando em Anfield Road.

@DKtricolor

Anúncios

Deixe uma resposta