ANÁLISE KEPA – PRIMEIRO GOL SOFRIDO DIANTE DO ARSENAL EPL 2018

O até então goleiro Kepa desconhecido para os menos apaixonados, era mais um goleiro comum, jogando na primeira divisão da Espanha. Muito se falou na sua contratação para o Real Madrid, mas seu destino acabou sendo Londres, o Chelsea achou o goleiro certo para estilo de jogo de Maurizio Sarri.

Com a bola nos pés Kepa se mostra confiante, os jogos na seleção da Espanha e pelo Atlético de Bilbao provam isso. Uma precisão e visão de jogo invejável para qualquer goleiro, mas e em suas ações habituais o que podemos dizer? Goleiro de bom posicionamento, biotipo longilíneo, jovem e com 23 anos. Tem muito a evoluir, com certeza uma ótima aposta dos “blues”. Passada a apresentação do goleiro, na vitória diante do Arsenal em casa por 3×2, nos chamou muita atenção o primeiro gol sofrido pelo jovem goleiro Espanhol: um chute forte de Mkhitaryan no canto direito do goleiro, em seu contrapé, até então mais gol normal a se sofrer. Porém a câmera de trás do gol entrega o que pode ter sido a diferença entre o gol e a defesa nesse lance, sem tirar os méritos do jogador do Arsenal que como mencionamos acertou um chute muito potente.

Como Goleiros e preparadores devemos acreditar que toda bola é defensável, é uma utopia pensar assim, somos cientes disso, mas é também o combustível para a eminente evolução que vivemos dentro do futebol e se somos a posição que mais evoluiu dentro do futebol muito se deve também à análise de onde podemos achar possíveis erros, montar nossos treinamentos para que os minimizá-los o máximo possível. Aproveito ainda a deixa para dizer que não quero estar certo do lance, quero expor o lance para todos os amigos e juntos compreendermos se minha opinião faz realmente sentido ou não.

Bem, vamos ao lance em questão, passe para trás Mkhitaryan de primeira acerta um forte chute no canto direito de Kepa, esse com a visão encoberta, reage, mas até reagir ele faz aquele “pulinho” para trás.

Pulo da discórdia.

Como toda ação do goleiro, não devemos nos basear somente na técnica e sim na sua eficiência, o pulo funciona, sim, em alguns casos. Manuel Neuer podemos destacar fielmente, é um dos adeptos desse pulo. É um movimento realizado muito em treinamentos de pliometria por exemplo, ou em lances onde a bola vai longe do alcance e acabamos usando para pegar o impulso, o que não foi esse caso. Aqui a ação que tem seus benefícios físicos acima citados e psicologicamente gera conforto e confiança ao atleta, não é assim tão vilão e sabendo a hora certa de usar pode ser benéfico. (a publicação continua após o vídeo)

Opinião do treinador

A percepção visual talvez não tenha sido a melhor por ali estar um jogador a sua frente, naturalmente, a altura do salto e velocidade do movimento com os braços, que acabaram indo muito para trás não coincidiram com a velocidade da bola, tanto que o goleiro encosta na mesma, mas sem a  força de que se estivesse somente na posição de expectativa realizando movimento reativo saltando e estendendo seus braços.

Concluímos então que novamente fica a máxima de que como preparadores de goleiros devemos sempre estimular, coibir, analisar e dar total feedback aos nossos goleiros sobre suas ações, quanto menos dúvidas tiver mais confiante será o goleiro, lembrando que erros são processos fundamentais no aprendizado do atleta, ainda mais quando se fala de iniciação, pontuamos novamente, que não queremos ter a razão do que aqui foi escrito, se concordar ou discordar, deixe abaixo seu comentário para que juntos possamos debater e juntos entender melhor assim o lance.

Agradecimento especial ao preparador de goleiros Alex Leal pela troca de informações.

@voagoleiro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s