No topo da tabela – ANÁLISE TÁTICA LIVERPOOL 1 x 0 BRIGHTON

Por Daniel Klabunde

Neste sábado, o Liverpool enfrentou o Brighton, em Anfield, pela 3º rodada da Premier League. Jogo no qual os Reds buscavam se consolidar no topo da tabela, e aguardando os outros resultados para liderar a competição, enquanto o Brighton buscava repetir a boa partida que tiveram diante do Manchester United, a qual venceram por 3×2.

Podemos dizer que, em parte, ambas as equipes tiveram seus objetivos alcançados, o Brighton segurando um pouco o ímpeto do Liverpool, tanto que a derrota foi de apenas 1×0, e o Liverpool conquistando a vitória, à qual lhe deixou na liderança do campeonato.

Os Reds iniciaram com a sua formação de costume, no 4-3-3, e com Klopp repetindo os mesmos jogadores das duas primeiras partidas do campeonato.

mwFormação inicial. Imagem: TacticalPad

A partida iniciou em alta velocidade pelo Liverpool, como de costume, mas desta vez com menos apoios pelo lado esquerdo com Robertson, diferente do que aconteceu na partida contra o Crystal Palace, onde foram utilizados muito bem ambos os lados, e este foi um ponto importante que ficou abaixo na partida, com o time tendo que construir as jogadas mais pelo meio, ou arriscando alguns lançamentos, jogada que não é da sua característica.

pal

palComparação entre Robertson e Arnold, sendo Arnold mais utilizado pelo lado direito

Dados: SofaScore

Mas o que não muda é o habitual pressing dos Reds na defesa adversária, e foi novamente assim que saiu o gol da vitória, com marcação alta do trio ofensivo, apoiados por Milner que roubou a bola e proporcionou o contra-ataque para Firmino dar assistência para Salah marcar.

Mohamed Salah que chegou ao seu 29º gol em 29 jogos no estádio de Anfield.

mw

Uma questão importante que está surgindo é o questionamento sobre Firmino, muitos cometam que ele está abaixo do esperado pós copa do mundo, mas isto tem uma explicação, e não é porque ele não está rendendo, sim uma simples correção de posicionamento entre ele e Keita.

Como no Leipzig Keita era acostumado a pisar muito na área, quase como um meia armador, esta sua movimentação está “tirando” um pouco do espaço de Firmino na sua área de ação, que é na frente da área adversária, trabalhando quase como um armador, apesar de ser o camisa 9 dos Reds.

mwKeita ocupando o “espaço” de Firmino
mwNa mesma jogada, Keita percebe e sai para buscar a bola, deixando Firmino na sua área de ação

Esta questão provavelmente será corrigida por Klopp nos treinamentos, talvez não recuando um pouco Keita, tirando-o da sua característica, mas treinando a movimentação entre ele e Firmino, fazendo com que o apoio ao ataque seja ainda mais intenço.

@dktricolor

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s