Um jogo morno – Análise Tática de Corinthians 1 x 0 Paraná Clube

Por Michel Felipe e André Ribas

Em uma partida muito abaixo do que pode apresentar, o Corinthians conquistou os três pontos após 4 jogos sem vencer no Brasileiro, mas não encantou. Já o Paraná fez um bom primeiro tempo, competiu, mas caiu de rendimento na segunda etapa. É hora de analisar o jogo.

Osmar Loss tinha o desfalque do Romero que havia sido expulso na partida anterior contra o Fluminense, diante disso escalou o Corinthians no 4-2-3-1 com a volta de um 9 de origem no comando de ataque. O Corinthians foi a campo com a seguinte escalação:

IMAGEM.jpg

Como dito, foi mais uma exibição ruim do Corinthians, o time ainda se mostra desorganizado em vários momentos e displicente, errando passes bobos e sofrendo contra golpes pelo fato de errar passes. Outro fator para o mal desempenho pode ser explicado também na má fase de alguns jogadores, em especial do lado esquerdo alvinegro. Danilo Avelar e Clayson não vivem bons momentos na temporada, o primeiro tomando muitas decisões errados e errando passes que geram situações perigosas e o segundo não consegue ter confiança no que faz, não busca o duelo 1×1 que é seu forte e resultado da falta de confiança é tocar a bola para trás, atraindo o adversário para seu campo.

Já o Paraná, em seu tradicional 4-2-3-1, fez um grande primeiro tempo sob o comando de Claudinei Oliveira. Marcando em bloco médio, o Tricolor foi agressivo ao se defender. Assim que o Corinthians tentava passar do meio-campo (ou quando seus volantes recebiam a bola), um jogador chegava para pressionar e incomodar o portador da bola. O time teve mais a bola em relação ao seu último jogo fora de casa, construiu muito bem, mas seguiu errando na tomada de decisão, principalmente no último terço do campo.

Boa construção pelo lado esquerdo, mas falha no último passe, na tomada de decisão. Grampola era a melhor opção. 

Sem a bola, principalmente quando marcava em seu próprio campo, o time Paranista se posicionou de duas formas: na primeira etapa no 4-1-4-1 e na segunda no 4-2-3-1, com Grampola mais adiantado e dois jogadores (Vilela e Alex Santana) entre as linhas. Quando adiantava suas linhas, Caio Henrique fica mais perto de Grampola, alterando o desenho tático.

A equipe ocupou bem o meio, fechou os espaços e teve um bom controle do jogo mesmo sem a bola. Raphael Alemão e Silvinho, os extremos do Paraná, foram importantes e contribuíram muito no momento defensivo, mas erraram muito ofensivamente.

screenshot_2018_08_27_21_46_23
Paraná no 4-1-4-1.
screenshot_2018_08_27_21_21_41
Paraná no 4-2-3-1.

O ponto negativo ficou por conta do erro de marcação na bola parada. É importante destacar que, no lance o abaixo, o Paraná marca em zona a bolada parada e não individualmente. Em sua coletiva, Claudinei falou sobre o erro e diz que vai trabalhar muito esse tipo de jogada, que é um dos pontos fracos do Tricolor. 

Já no segundo tempo, o Paraná caiu de rendimento. Perdeu em intensidade e abusou dos erros. Não ganhou mais a disputa pela primeira e segunda bola, cometeu erros nas saídas de trás e praticamente não criou nada.

A partir dos 20 minutos, o Corinthians deu mais campo para o Tricolor e procurou proteger sua área, apostando mais nos contra-ataques.  Mesmo assim, o Paraná teve dificuldades para propor e não acertou na tomada de decisão.

Em organização ofensiva, o Corinthians não apresentou melhora, na fase de construção continua trocando vários passes em forma de U, sem objetividade e como já citado anteriormente erra muitos passes quando pressionado pelo adversário. Na zona de criação tem dificuldades na transição quando a bola estão sob posse dos volantes, Ralf não tem muita qualidade para fazer um passe vertical ou diagonal e o Douglas que no seu inicio no Corinthians aparentou acabar com esse problema, não vem fazendo essa saída e não está associando com o Jadson, então essa fase sobra para o Jadson, que apresentou um bom futebol diante do Paraná, ditando o ritmo de jogo e carregando o piano no meio campo.

Na zona de finalização, o Corinthians demonstrou mais uma vez inoperância, Clayson não vive seus melhores dias, Pedrinho pouco participativo e o Roger sentiu a falta de entrosamento, porém foi o que mais lutou, mas faltou técnica muitas vezes para o centro avante corintiano.

Na transição ofensiva, o Corinthians alternou, ia de acordo com o que se podia fazer, às vezes buscava verticalizar e progredir rápido e às vezes temporizava e buscava sair da zona de pressão.

Falando agora sobre organização defensiva o Corinthians melhorou em relação aos últimos jogos, pouco sofreu no jogo e não tomou gol. Alguns pontos sobre organização defensiva:

  • Marcação Zonal como de praxe;
  • Funil protegido, o Ralf protege muito bem esse setor;

ti.png

  • Pedro Henrique. Não vinha fazendo bons jogos, porém nesse conseguiu se impor sobre os atacantes e demonstrou está mais confiante;
  • Descompactação.

tii.png

Em certos momentos do jogo o Corinthians estava na plataforma 4-1-4-1, o que fez com que fechasse o espaço entre as linhas deixado pela descompactação corintiana.

Assim como a transição ofensiva, a transição defensiva não tem uma ação estabelecida como padrão, depende do momento do jogo, ora pressiona após a perda da posse ora temporiza e fecha os espaços.

De um lado, uma vitória importante para retomar a confiança e deixar o clima mais tranquilo para trabalhar de olho na Libertadores. Do outro, um primeiro tempo animador, mas um segundo tempo de queda de rendimento. Claudinei precisa encontrar o equilíbrio para que o Paraná possa voltar a vencer no Brasileiro.

 

Vídeos e fotos: Instat/Premiere

@andre_frehse e @michelfellipe10

 

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s