O Campeonato alemão está de volta – ANÁLISE TÁTICA BAYERN 3 x 1 HOFFENHEIM

Por Gustavo Johnson

pal(@FCBayern)

A Bundesliga começou nesta sexta-feira (24) com um grande jogo. Bayern, atual campeão alemão, recebeu na Allianz Arena o Hoffenheim que vem de uma grande temporada onde terminou na terceira posição da liga, se classificando direto para a fase de grupos da Champions League. Bayern vinha de grande vitória na Supercopa da Alemanha e em seu segundo jogo no comando, Niko Kovac conquistou 3 pontos em sua estreia na Bundesliga. Pelo Hoffenheim, Julian Nagelsmann enfrentava um tabu, de seu time nunca ter vencido o Bayern em Munique e contava com muitos desfalques para a partida.

mwBayern no 4-1-4-1 e Hoffenheim no 3-1-4-2 (TacticalPad)

O time de Munique no 2-3-2-3 na fase ofensiva, tomou conta da bola no primeiro tempo mesmo tendo algumas dificuldades para progredir em campo. Trocando de posição constantemente e com muita mobilidade, principalmente de Ribery e Muller, o Bayern achava espaços apenas pelas beiradas do gramado, enquanto o Hoffenheim recuava os alas para a primeira linha e se defendia no 5-3-2, dificultando a entrada do time adversário na área.

mwLinha defensiva do Hoffenheim e liberdade de Ribery para se movimentar.

Mesmo sem criar grandes chances, o time da Baviera abriu o placar em cobrança de escanteio forçando o time azul e branco sair mais para o jogo. Com a pressão pós perda muito intensa do time de Nagelsmann, o Hoffenheim criou uma grande chance para empatar o jogo, desperdiçada por Joelinton. Não desistiram de pressionar a saída de bola do Bayern e apostaram nas transições ofensivas rápidas para tentar marcar o gol, que só veio no segundo tempo após boa jogada do zagueiro Bicakcic e falha de marcação de Boateng.

mwHoffenheim avança a marcação e tenta forçar o erro do Bayern

A equipe de Kovac conseguiu neutralizar os dois jogadores de meio do adversário, dificultando sua criação. Thiago participou bastante das ações do jogo, com muita movimentação, era responsabilidade dele aproximar os setores e fazer com que a bola chegasse no ataque, muitas vezes realizando diagonais para os jogadores de lado, procurando o 1×1. Com um gol e uma assistência, Muller jogou próximo a Lewandowski, sempre infiltrando e pisando na área.

mwMuitas diagonais/viradas de jogo buscando o 1×1

O jogo terminou 3 a 1 para o time da casa e teve duas intervenções do VAR, que estreou na Bundesliga. Foi apenas a primeira rodada, mas o Bayern já confirma ser um dos favoritos ao título, vai em busca do heptacampeonato, ao mesmo tempo que o Hoffenheim mostrou que dará muito trabalho nesse último ano de Nagelsmann no comando técnico da equipe, pois está acertado com o RB Leipzig para a próxima temporada. Só o tempo mostrará se Niko Kovac conseguirá manter o alto nível que o time de Munique está acostumado a atuar.

@gujohnson03

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s