Vitória em Dalian e liberdade para Roger Guedes

Por Leonardo Hartung

Surpreendido por uma derrota para o lanterna da Super Liga da China no sábado, o Shandong Luneng viajou a Dalian para o jogo de ida das semifinais da Copa da China. Além de buscar um bom resultado fora de casa, a equipe dos brasileiros Gil, Diego Tardelli e Roger Guedes almejava se recuperar do tropeço no sábado e fazer um jogo melhor do que o apresentado em Guiyang.

Li Xiaopeng manteve o Shandong Luneng em seu tradicional 4-4-2 (um 4-4-1-1, caso prefira). Sem Diego Tardelli, Roger Guedes formou o trio estrangeiro da equipe com Gil e Graziano Pellè. Mas o técnico chinês trouxe uma mudança na disposição “padrão” do Shandong.

Diego Tardelli costuma orbitar ao redor de Graziano Pellè, mas embora tenha sido substituído por Roger Guedes coube a Jin Jingdao jogar ao redor do centroavante italiano. Enquanto isso, Roger Guedes foi aberto no lado esquerdo.

DALIAN YIFANG x SHANDONG LUNENG ROGER GUEDES NA ESQUERDA

A mudança de Li Xiaopeng visava dar espaço a Roger Guedes. Caso fizesse a “função Tardelli” atrás de Graziano Pellè, o brasileiro correria grandes riscos de ficar encaixotado entre a dupla de zagueiros e volantes do 4-2-3-1 do Dalian Yifang (o que aconteceu na derrota para o Guizhou fora de casa). Vale lembrar que o Shandong joga muito em função dos pivôs de seu atacante italiano, sendo assim natural que Pellè atraia a marcação para perto de si.

Aberto na esquerda, Roger Guedes receberia o pivô ou a segunda bola tendo espaço para seguir à linha de fundo ou cortar para dentro e chutar com o pé direito. Não foi surpreendente que o ex-Galo tenha finalizado três vezes em 15 minutos executando o mesmo movimento: puxando da esquerda para dentro do campo e finalizando com a direita.

ROGER GUEDES CHUTE

Após o gol de Jin Jingdao aos 14 minutos de jogo (e que seria o gol da vitória do Shandong Luneng), Li Xiaopeng fez nova mudança. Desta vez o retorno ao “padrão”. Jin Jingdao foi jogar aberto na esquerda (aliás, os extremos Jin Jingdao e Wu Xinghan trocam de posição em todo o jogo) e Roger Guedes virou o 2º atacante atrás de Graziano Pellè.

DALIAN YIFANG x SHANDONG LUNENG ROGER GUEDES ORBITANDO

Outra mudança que visava dar espaços a Roger Guedes. Com o resultado contrário e jogando diante de sua torcida, o Dalian Yifang passaria a ficar mais com a bola para correr atrás do prejuízo. Naturalmente, a equipe da casa ficaria exposta aos velozes contra-ataques do Shandong Luneng, onde Roger Guedes encontraria mais espaços para atacar e utilizar de seu potencial nas jogadas individuais.

Além disso, Jin Jingdao aberto garantiria uma melhor recomposição e ocupação de espaços pelos lados do campo. O Shandong Luneng baixou suas linhas de marcação e viu a posse de bola do Dalian Yifang passar dos 60% a partir de então. Mas os comandados de Bernd Schuster não conseguiram furar o forte bloqueio defensivo da equipe visitante.

Na frente, Roger Guedes se destacava. Municiado por Jin Jingdao, o brasileiro teve ao menos três chances claras de ampliar o marcador tanto na primeira quanto na segunda etapa. Mas não foi hoje que saiu o primeiro gol de Roger Guedes em terras chinesas.

Ao final, o Shandong Luneng venceu o Dalian Yifang por 1×0 e saiu com vantagem para o jogo de volta em casa. Roger Guedes acabou por fazer o seu melhor jogo desde que chegou à China e o Shandong se recuperou do tropeço na Super Liga.

@HartungLeo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s