Fim de festa – ANÁLISE TÁTICA VASCO 1 x 1 CEARÁ

Por Ricardo Leite

Num jogo que marcava a semana do aniversário de 120 anos do Club de Regatas Vasco da Gama (21/08), o Gigante da Colina enfrentou o Ceará em Sao Januário, e deixou a torcida com aquele clima de fim de festa e “pistola” como seu novo mascote. Com a obrigação da vitória e a saída de Jorginho, era esperado um Vasco mais vibrante e ofensivo, até pela escalação que Valdir Bigode levou a campo.

Inclusive, precisamos falar primeiramente desta escalação, onde Bigode optou por sacar o melhor jogador de linha da equipe ao lado de Pikachu: Andrey. O jovem volante era responsável pela maioria dos desarmes no meio campo. Era ele que iniciava as transições ofensivas, seja com sua força vertical, ou com saída de bola pelo jogo apoiado. Além disso, pisava na área adversária para finalizar e participar de outras ações ofensivas. Após isso optou por Bruno Silva no lugar do Ricardo na zaga. Essa alteração permitiu que Castan fizesse sua estreia do lado certo da zaga, o esquerdo. Era preocupante pois além da falta de entrosamento, Bruno poderia apresentar falta de ritmo de jogo. Não foi o caso. Ele fez partida bem segura e não comprometeu.

No ataque, Maxi fez sua estreia diante do Palmeiras, mas não tinha demonstrado muitas coisas. Pesado e sem tempo de bola, ele pouco participou das ações ofensivas diante do alviverde. Andrés Rios parecia mais preparado e sua escalação parecia mais justa. Mas o fato é que o argentino conseguiu agregar boas coisas ao ataque diante do Ceará. Falta muito ainda, é verdade, mas o Vasco ganha em referência, pivô, estatura e experiência. Maxi demonstrou boa mobilidade e participou bastante, mas foi prejudicado pela falta de criatividade da equipe que abusou dos cruzamentos. No total foram 30 tentativas e apenas 9 acertos.

Sobre o jogo em si, como esperado o Vasco começou tendo a posse de bola e com o time (inclusive os zagueiros) bem adiantados. Quando perdia, mesmo que timidamente tentava adiantar a marcação (normalmente com Maxi, GA e Pikachu).

corVasco sobe o seu bloco de marcação e gera dificuldades na saída do Ceará.
corNesse lance, o ataque vascaíno marca as saídas  curtas e o goleiro do Ceará é obrigado a sair no chutão.

Com apenas Desábato na contenção, Thiago Galhardo era quem mais recuava para compor e para fazer a saída de bola pela faixa central ou pela direita. Wagner, Pikachu e GA se movimentavam e trocavam de posição entre si. Neste quesito, a equipe cruzmaltina demonstrou mais diálogo entre os meias, mesmo que não tenha sido efetivo no ataque.

corA imagem mostra Desábato entre os zagueiros auxiliando a construção, Galhardo como meia mais recuado e laterais dando amplitude visando a marcação adversária e gerar espaços no meio.

Diferentemente do usual, Pikachu não se limitou a ficar na extrema direita, se movimentou por diversas vezes como um meia interior, e via um de seus companheiros de setor abrir na direita. O artilheiro do Vasco no ano, aliás, fez partida apagadíssima e recheada de equívocos. Giovanni Augusto, que talvez seja o mais talentoso do setor, mais uma vez é o que menos participa ativamente e o que mais se mostra desligado, em outro ritmo do que o jogo pede. Ainda tem o agravante de que perdeu a chance do jogo em cabeçada e rebote posterior. Ao contrário da era Jorginho, GA aparecia também na esquerda, inclusive tentando auxiliar Ramon ma marcação.

Com muitos toques e pouca criatividade para infiltrar, o Vasco chegava principalmente através do pivô de Maxi Lopez ou cruzamentos. A melhor chance vascaína na primeira etapa veio da bola pararada. Wagner bateu falta no lado direito e obrigou o goleiro adversário a fazer bela intervenção.

Após a metade da primeira etapa, o Ceará começou a manter a posse e progredir no campo vascaíno. Sem ser incomodado pelo passivo meio campo vascaíno, a equipe cearense conseguia se aproximar da área ou da linha de fundo sem grandes problemas. O Vasco até fazia a recomposição, marcando praticamente num 4-5-1, com apenas Maxi na frente, mas se limitava a cercar e atuar no fechamento de espaços. Com isso o adversário cresceu na partida e foi para o intervalo sendo mais organizado e efetivo que o Vasco.

corVasco formando quase uma linha de 5 no meio. Mas mesmo em superioridade não dá o bote. Resultado de uma marcação passiva.

Na volta para a segunda etapa, o Vasco adiantou seu time e na base da imposição, sem organização, foi tentando buscar seu gol. E foi assim que ele saiu. Após falha do zagueiro do Ceará, Maxi só rolou para Wagner estufar as redes. O gol parecia que iria dar uma tranquilidade ao Vasco, que ainda teve outra chance claríssima. Pikachu acertou excelente cruzamento ns cabeça de GA, que acertou o goleiro e no rebote viu a bola passar por baixo do seu pé esquerdo.

E como castigo, poucos minutos depois, numa jogada de escanteio, Thiago Alves subiu mais que todo time vascaíno e empatou a partida. Após o gol de empate O Ceará melhorou e foi superior até a expulsão Samuel Xavier. O Vasco ainda tentou chegar o abafa, mas o nervosismo, a cera e a limitação impediram o gigante da colina de sair com a vitória. Lennon ainda fez sua estreia e apesar de jogar apenas 10 minutos, deixou impressão positiva. Demonstrou certa velocidade, tranquilidade, acertou os 6 passes que efetuou e teve êxito em 3 dos 4 cruzamentos que tentou.

O vascaíno pode dizer pouco sobre Valdir Bigode, mas uma das coisas é que ele tem grande parcela de responsabilidade neste empate em casa diante do Ceará. O clube precisa ter um alvo e buscá-lo com consciência do que realmente quer no campeonato. O elenco tem qualidade suficiente para fazer um ano tranquilo, mas a pressão já bate na porta, o cenário político é desfavorável, a posição na tabela já incomoda. Esses fatores juntos, normalmente atrapalham qualquer receita. Por mais simples que elas sejam.

@analisevasco

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s