Botafogo de Paquetá vence, mas não convence: ANÁLISE TÁTICA BOTAFOGO 1×0 CHAPECOENSE

Por Guilherme Serafim 

Marcos Paquetá surpreendeu na escalação contra a Chapecoense e mudou a equipe do último jogo, que foi superada pelo Flamengo no clássico carioca por 2 a 0. O esquema com três volantes deu lugar ao 4-2-3-1, com dois pontas abertos e Rodrigo Lindoso e Matheus Fernandes como meias de marcação. Gilson, lateral esquerdo de origem, foi o escolhido para atuar na ponta da mesma faixa de campo, e Marcinho começou como titular na lateral direita, no lugar de Luis Ricardo.

bot (2) (Foto: Reprodução/GloboEsporte.com)

As mudanças surtiram efeito e o Botafogo saiu vitorioso pela primeira vez com Paquetá no comando, entretanto, a atuação não foi nem um pouco convincente. Com a defesa ainda desorganizada, muitos erros de passe, movimentação e criação, a equipe deixou a desejar.

DIFICULDADE NA MOVIMENTAÇÃO E FALTA DE ATAQUE AOS FLANCOS

A saída de jogo botafoguense teve seus defeitos na partida. Com muita liberdade e posse de bola dos zagueiros Igor Rabello e Joel Carli, e uma transição da defesa para o ataque com algumas falhas – graças a movimentação inadequada na maioria das vezes – o Botafogo apelava para lançamentos e cruzamentos que não surtiam efeito. Foram 51 tentativas de passes longos e apenas 31 certos, o que representa 38% de aproveitamento.

Os erros de passes e no posicionamento das linhas no momento da saída de bola trouxeram perigo para a defesa botafoguense. Em alguns momentos a superioridade numérica na zona da bola e a pressão da Chapecoense contribuíram para que isso ocorresse.

Na imagem abaixo, por exemplo, Igor Rabello inverte o posicionamento com Moisés, mas Rodrigo Lindoso não faz a cobertura no lado esquerdo, já que ambos os defensores haviam se adiantado. A pressão na zona da bola feita pelos jogadores da Chape causou um erro de passe de Valência, onde a bola sobrou para Leandro Pereira com a defesa desarrumada. Na sequência do lance o centroavante conseguiu finalizar, mas Saulo fez uma boa defesa.

bota (2)(Foto: Reprodução)

O Botafogo teve dificuldades na criação de jogadas, muito pela partida feita por Léo Valência. O chileno até criou algumas chances – inclusive participou do lance do gol – mas assim como os defensores, o meio campista arriscou alguns passes longos e cruzamentos que não foram efetivos, além dos chutes bloqueados; acertou apenas dois cruzamentos das sete tentativas, e 50% das bolas longas.

leo (2)Estatística de Léo Valência na partida. Destaque para apenas um duelo vencidos nos 8 disputados. (Dados via SofaScore)

Ao contrário de Léo Valência, Matheus Fernandes foi o melhor jogador da partida. Além da marcação, que já é esperado do jovem jogador botafoguense, desde o ano passado o volante tem desenvolvido os aspectos ofensivos de seu jogo como movimentação, drible e finalização, e no jogo de ontem se movimentou muito bem, buscando os espaços no campo e finalizando.

matheus (2)Com ótimos números defensivos como seis duelos vencidos em nove e quatro interceptações, Matheus Fernandes ainda se saiu bem ofensivamente, com 100% de aproveitamento nas bolas longas e cruzamento. Destaque para a concretização dos três dribles que tentou na partida. (Dados via SofaScore)
botaum (2)Matheus Fernandes se movimenta até achar uma brecha entre as linhas defensivas da Chapecoense e finaliza com liberdade. (Foto: Reprodução)

Em um dos poucos momentos na partida em que o Botafogo evitou as bolas longas, se movimentou nos espaços disponíveis e acertou os passes no terço final do campo, chegou ao gol. O lance começou com o zagueiro Carli que evitou o lançamento precipitado, avançou a frente da linha do meio campo e achou Pimpão aberto na direita. Pimpão fez o passe e Léo Valência recebeu a bola – nesse momento Marcinho se movimentou no espaço criado pelo deslocamento do chileno – próximo ao bico na grande área e cruzou para Kieza, que escorou para a chegada do lateral.

carli (2)Carli aciona Pimpão na ponta direita. (Foto: Reprodução/Esporte Interativo)
pimpao (2)Pimpão faz o passe no espaço entre os defensores da Chapecoense e Léo Valência se desloca para receber. (Foto: Reprodução/Esporte Interativo)
valencia (2)Com a movimentação de Valência saindo do ponto A após receber a bola, Marcinho se infiltra no espaço criado. (Foto: Reprodução/Esporte Interativo)
FOGOApós Kieza receber o cruzamento e escorar, Marcinho finaliza no canto esquerdo do goleiro Jandrei. (Foto: Reprodução/Esporte Interativo)

O gol do alvinegro obrigou a Chapecoense a sair para o ataque, o que criou espaços na defesa da equipe catarinense, mas o Botafogo não conseguiu aproveitar. Em muitos lances, os jogadores da equipe carioca não se apresentavam, fato que contribuiu muito para os sucessivos cruzamentos e a falta de lances de perigo.

Paquetá poderia ter feito alterações mais pensadas para que os flancos fossem atacados de maneira efetiva. Ezequiel e Renatinho entraram durante a partida, mas não contribuíram muito. Leandrinho poderia ter sido uma opção melhor na criação e na busca pelos espaços em campo.

fogaum (2)Na imagem, há um grande espaço não aproveitado pelos Botafoguenses. Três jogadores próximos estavam em condição de chegar ao flanco existente, mas nenhum deles o fez, o que resultou em mais um cruzamento desnecessário e sem resultado para o ataque alvinegro. (Foto: Reprodução)

Na terceira partida sob o novo comando, o Botafogo conseguiu vencer. A atuação não convenceu e a torcida vaiou o time durante alguns momentos da partida. A oscilação da equipe após o retorno da Copa do Mundo está evidente. Marcos Paquetá estreou com uma perspectiva de um bom futuro pela frente, mas desde então teve uma queda no rendimento do plantel. Em um campeonato longo como o Brasileiro Série A, as atuações tem de ser mais sólidas, estáveis, para que a equipe consiga alcançar uma boa campanha ao final das 38 rodadas.

@GLSerafim

Anúncios

Um comentário sobre “Botafogo de Paquetá vence, mas não convence: ANÁLISE TÁTICA BOTAFOGO 1×0 CHAPECOENSE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s