O melhor jogo da copa?: PRÉ-JOGO BRASIL x BÉLGICA

Por Ícaro Caldas, Juan Carlos Moura e Rafael Lima

Brasil
Depois de loucas oitavas de finais, após o Brasil passar pelo México e a Bélgica passar pelo Japão, de virada, no ultimo minuto, ambos se enfrentarão amanhã, às 15 horas, na Arena Kazan.
O Brasil tem a melhor defesa do Mundial, ao lado do Uruguai, e a Bélgica tem o ataque mais positivo da copa, além das 4 vitórias, ou seja, está invicta e tem a melhor campanha da competição.
Depois de duas partidas fora de campo por causa de uma lesão nas costas, o Marcelo volta à equipe titular.

buldogue2

Será a mesma equipe que começou como titular no jogo contra a Sérvia e Costa Rica, com a entrada de Fernandinho no lugar do suspenso Casemiro.

brasiltri

Brasil deverá explorar o lado direito dos belgas.

Com a possível entrada do Chadli no lugar de Carrasco, será ainda mais importante a compensação do William no lado direito, pois Fagner não conseguirá anular o Hazard e Chadli.

william

William vindo até a linha de fundo brasileira marcando o Kostic.

Um dos melhores jogadores do time, que está suspenso e não enfrentará a Bélgica, é o volante Casemiro, após levar o segundo cartão amarelo no Mundial.

casemiro

Enquanto o William e Fagner fazem pressão no jogador que está com a bola, o Casemiro faz a cobertura e fecha a linha defensiva.

Quando não tivermos a bola, vamos variar entre o 4-4-2 com o Neymar e Coutinho à frente e o Jesus na ponta esquerda, e o 4-1-4-1 com Fernandinho entre as linhas e o Jesus à frente da linha de meio campo.

brazucadefe1

brazuca442.png

Bélgica

A geração de ouro belga vai a campo no dia 06 de Julho pelas 4° de final com a sua mais importante missão derrotar a poderosa equipe penta campeã mundial.

Olhando para as 8° de final a Bélgica teve mais trabalho do que se esperava contra o Japão, teve que suar sangue para derrotar os orientais. E por incrível que pareça, isso foi ruim para o Brasil.

Desde o início do trabalho do técnico Roberto Martinez, a equipe é estruturada no 3-4-2-1.

juan

Porém apresenta sérios problemas defensivos veja aqui.

A dúvida que está posta na cabeça do técnico é mudar ou não o sistema, usar uma linha de 4, que ele não utilizou em momento algum:

4-2-1-3

Courtois – Meunier, Alderwireld, Kompany, Vertogen – Witsel, Fellaini – De Bruyne – Hazard, Mertens- Lukaku.

Não acredito nesse cenário, Roberto Martinez deve mexer em dois aspectos principais:

1° A postura dos atletas, o time da Bélgica tecnicamente é muito forte, qualidade de sobra do “goleiro ao ponta esquerda”, mas a equipe tem sido passiva especialmente sem a posse de bola. Poucos jogadores correm pra trás para fazer a recomposição, tendo em vista que a equipe não exerce o pressing.

pressingbel.png

2° A troca de 2 jogadores parecem certas: Chadli no lugar de Carrasco e a entrada de Fellaini no lugar de Mertens. O sistema com 3 zagueiros deve ser mantido, porém com um meio campo mais povoado 3-5-2.

Courtouis – Alderweireld, Kompany, Vertonghen – Meunier (ala), Fellaini, Witsel, De Bruyne, Chadli (ala) – Hazard, Lukaku.

Essas duas mexidas têm 4 objetivos:

1) Fortalecer o lado esquerdo defensivo. Carrasco quebrava a linha de 5 a todo momento, Chadli vai em tese melhorar a recomposição sem a bola, evitando que Vertoghen saia toda hora para fazer a cobertura na ala esquerda.

2) Povoar mais o meio campo, Fellaini é mais forte e vai oferecer maior agressividade sem a bola para os belgas, pode inclusive ficar a frente de Witsel e De Bruyne, pressionando Fernandinho dificultando a saída de bola do Brasil.

3) Aumentar o poderio aéreo da equipe com Fellaini, obviamente o técnico Roberto Martinez sabe que o Brasil não tem nenhum jogador de linha acima de 1,90 enquanto os belgas tem 2 jogadores Lukaku (1,91) e Fellaini (1,94) e que além de tudo são excelente cabeceadores.

4) Por fim, dar mais liberdade para Kevin De Bruyne, o craque belga tem sido bastante irregular na Copa, um dos motivos é estar jogando distante do gol.

kdbstatusCom a entrada de Fellaini a tendência é o astro do City ter essa liberdade de circular o campo todo e pisar mais na área.

Roberto Martinez com essas mudanças (comportamentais e técnicas) deve formar uma equipe bem diferente para enfrentar o scret canarinho. O capitão Vincent Kompany em entrevista coletiva disse que se a partida fosse um duelo de individualidades a Bélgica não teria chance alguma. Elevou o tom e disse que tem que ser uma equipe forte, coletiva e de atitude. Um claro recado para sua própria equipe.

A Bélgica ainda terá Mertenz como opção de velocidade e mobilidade, Batshway para elevar o poderio aéreo, Januzaj como opção de bons passes e finalização de fora da área e Dembelé para reforçar o meio campo.

Opções e artilharia pesada a Bélgica tem, a questão comportamental apenas o jogo vai dizer se foi solucionada.

@caldas_icaro, @10juancarlitos e @rafjoga101983

Anúncios

2 comentários sobre “O melhor jogo da copa?: PRÉ-JOGO BRASIL x BÉLGICA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s